Ir para conteúdo
Diogo Puga

tucunaré Enquete!

Posts Recomendados

Boas Galera,

quero a opinião de vocês...capturei esses dois peixes em balbina, um em 2013 e outro agora em agosto. Percebam a coloração deles, o que voçes acham:

 

-seria uma anomalia genética

-seria uma doença patológica

- seria uma nova especie

- seria uma fase de vida

 

 

segundo o guia é uma fase de vida do Vazzoleri , mas não acreditei muito na versão...examinei os dois peixes e eram aparentemente saudáveis. 

abs

 

 

 

 

10391451_592661974184716_19169135741854711921707_804504329667145_580642682956280

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que Não é nada.

 

Talvez em algum momento o ambiente se altere levando o peixe a mimetizar para esse padrão.

 

Como relatado, os peixes eram saudáveis, então não poderia ser uma anomalia ou doença.

É só uma mudança de pigmentação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião essa alteração no padrão de cor se enquadra perfeitamente na teoria evolutiva das espécies de Charles Darwin...Na "luta" pela vida, organismos com variações favoráveis ás condições do ambiente onde vivem têm maiores chances de sobreviver, quando comparados aos organismos com variações menos favoráveis.  Simplificando, é  a adaptação destes tucunas ao meio ambiente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bem elucidado pelo Renato Barreto, estão se adaptando e evoluindo...Mas será que para ficarem completamente pretos? Como este açu:

 

rzzn5VM.jpg

 

Vejam esse que encontrei num outro tópico, muito diferente!!!

 

8xnfUvs.jpg

 

Tópico muito interessante  ::tudo::

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

conversei com Roberto veras do ecolodge, ele me disse que ja pegou uns Pinimas desta forma meio "enferrujado".Ele acredita que seja uma doença(fungo ou bacteria na pele)como vcs podem ver na minha primeira foto , a nadadeira caudal e dorsal sofre uma despigmentação tornando meio opaco e esbranquiçado. Acredito tambem que seja uma patologia onde os tucunas conseguem exercer suas atividades normais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

conversei com Roberto veras do ecolodge, ele me disse que ja pegou uns Pinimas desta forma meio "enferrujado".Ele acredita que seja uma doença(fungo ou bacteria na pele)como vcs podem ver na minha primeira foto , a nadadeira caudal e dorsal sofre uma despigmentação tornando meio opaco e esbranquiçado. Acredito tambem que seja uma patologia onde os tucunas conseguem exercer suas atividades normais.

É muito pouco provável Diogo.

 

Essas lesões esbranquiçadas na cauda podem ser Saprolegnia , um fungo. MAs a sua incidência na Amazonia é pouco provável pois ele ataca em águas de temperatura mais baixa, até no máximo 25cº.

São comuns nas criações intensivas de tilápias durante o inverno.

 

E Mesmo que fosse uma saprolegniose, ela não é uma doença que cria essas manchas escuras na pele.

 

Alías, pesquisando em meus livros de patologia de peixes , não encontrei nenhuma doença que crie esse tipo de pigmentação.

 

Não há isso de patologia assintomática onde o peixe viva normalmente. Se há um patógeno foi porque as defesas do organismo sucumbiram e a infecção se  instalou. Como é o próprio meio ambiente aquático o grande reservatório de patógenos, qualquer diminuição da imunidade vai gerar alguma doença. NA grande maioria das vezes o peixe vai morrer por causa da doença, ou virar comida de um predador.

 

Também não iria na tese de ser uma outra espécie, vez que para se reconhecer que seja outra espécie é necessário mais elementos morfo-fisiológicos que permitam qualificar um grupo de indivíduos. Só a pigmentação não é suficiente.

 

Também parece haver uma difusão desses indivíduos "enferrujados" por vários ambientes e diferentes bacias, umas bem distantes das outras. Então não seria um novo grupo ou sub-espécie endêmico. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É muito pouco provável Diogo.

 

Essas lesões esbranquiçadas na cauda podem ser Saprolegnia , um fungo. MAs a sua incidência na Amazonia é pouco provável pois ele ataca em águas de temperatura mais baixa, até no máximo 25cº.

São comuns nas criações intensivas de tilápias durante o inverno.

 

E Mesmo que fosse uma saprolegniose, ela não é uma doença que cria essas manchas escuras na pele.

 

Alías, pesquisando em meus livros de patologia de peixes , não encontrei nenhuma doença que crie esse tipo de pigmentação.

 

Não há isso de patologia assintomática onde o peixe viva normalmente. Se há um patógeno foi porque as defesas do organismo sucumbiram e a infecção se  instalou. Como é o próprio meio ambiente aquático o grande reservatório de patógenos, qualquer diminuição da imunidade vai gerar alguma doença. NA grande maioria das vezes o peixe vai morrer por causa da doença, ou virar comida de um predador.

 

Também não iria na tese de ser uma outra espécie, vez que para se reconhecer que seja outra espécie é necessário mais elementos morfo-fisiológicos que permitam qualificar um grupo de indivíduos. Só a pigmentação não é suficiente.

 

Também parece haver uma difusão desses indivíduos "enferrujados" por vários ambientes e diferentes bacias, umas bem distantes das outras. Então não seria um novo grupo ou sub-espécie endêmico. 

Boa Rodrigo!

Na verdade nenhuma explicação me convenceu de fato.Gde abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Diogo

Já peguei um desse jeito,estava no barco junto com um biologo especialista em peixes,ele me disse que era fungo...

 

Valeu!!!

BOa Miron

Fiquei Analisando o peixe um bom tempo, e na verdade esse ultimo que eu peguei tbm insinuou que seria um fungo devido as lesões na pele, mas elas diferem e parece que nao há relação com a coloração propriamente distinta. Enfim, muito estranho, pra mim um mistério ainda rs

Valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×