Ir para conteúdo

Fabrício Biguá

Administrador
  • Total de itens

    14.241
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    110

Histórico de Reputação

  1. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Vagner em PEscaria em RORAIMA atraz dos grande Tucunares Açus   
    E ai pescadores , passando aqui pra um rápido relato de uma pescaria realizada em Roraima atrás do grandes tucures açus do rio Anaua
    Pescaria Realizada entres dias 01 a 08 de outubro 2021 ( vou mandar algumas fotos se gostarem curti ai que nao custa nada rsrs)
    Organizada pelo nosso agora amigo e parcero Gilson (loja Sugoy ) Telefone 11 960849232
    Voo ate Boa Vista e micro ônibus ate Caracarai
    Éramos em 16 pescadores , miha turma 4 sairia de Campinas pois somos do interior de Sp e eu do Parana,  depois de todos embarcados no avião em Viracopos esperamos em torno de 1h dentro do avião e veio a noticia do vôo cancelado , no fim acabamos embarcando em Guarulhos a Brasília posando em Brasília e chegando em boa vista apenas no dia posterior ai teve taxi a mais ate uma cidade pra frente de caracarai e um novo pagamento de trnslado do porto ate onde se encontrava o barco hotel , chegamos anoite no barco hotel
    Sobre a pescaria, barco super confortável suítes com bom espaço , comida boa, já o nível do rio estava alto com os peixes ainda enfiados na mata, mesmo assim peixes de bom porte e quantidade rasuavel, em isca de superfície tive produção apenas no Popper , hélice e stick zara não peguei nada, peguei peixe na casa de 60 a 70 cm , maior peixe da pescaria foi de 76,5cm, outras operações ocorreram no mesmo período da nossa mas em diferentes locais de pesca pelo ri branco , me passaram pescaria difícil tendo ações de tucunas de menor porte
    Fora tucunae nossa turma pegou Matrinxans, bicudas, cachorras pintado barbado Pirarara Pirarucus, minha turma (4) não dedicou a pesca de peixe de couro no rio branco, fizemos em torno de 1h desta pescaria sendo bem farta de peixes e ações,
                   
                        

  2. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Marcelo Terra em Pesquisa - Melhor horário para pesca do Tucunaré   
    Beserra....boa pergunta.
    Muita coisa está envolvida nesse "horário".
    Em represas de água clara, acredito q esse horário do início da manhã e do final da tarde sejam realmente os melhores. Isso pq o sol estará "deitado" no horizonte, dando reflexo na água, não deixando q vejamos muito fundo. Isso ocorre ao contrário tb, ou seja, o peixe não nos vê tão facilmente e não se acha tão vulnerável.
    Com o sol de meio dia, a luz incide direto na água. Conseguimos ver nitidamente o fundo com 3m, 4m de profundidade... e isso torna o peixe mais vulnerável (q se esconde mais e se movimenta menos).
    Com os peixes mais "cismados", eles andam mais encardumados...e é aí q o macho alfa, ou o grandão do grupo, fica mais alerta. Acho q por isso pegamos os maiores do cardume. A grande maioria dos peixes grandes que peguei estavam fora deste horário mais promissor.
    Já para os tucunarés do norte...a coisa muda um pouco. Lá a água é muito, mas muito turva. 30cm são suficientes para vc não conseguir mais ver o peixe sob a linha dágua.
    Como os lagos são muito rasos (1.5m e média, ou menos), a água esquenta muito nos horários mais quentes...e é aí q o peixe grande vai para centro do lago e pontos mais fundos. 
    Na AM se pega peixes grandes durante todo o dia, mas entre 9h e 16h é o horário mais promissor....sendo de 11h às 14h, o horário em q fico mais agoniado esperando uma porrada monstra no meio do lagos ou nas sombras estratégicas...rsrsr
    Tudo o q digo acima é fruto de observação e achismos...rsrs...blz?!?!
    Estou partindo do pré suposto de que todos os outros fatores estão favoráveis, como nível, temperatura, pouca pressão de pesca, peixe ativo e por aí vai. 
  3. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guilherme Oliveira Barion em Tucunaré com mais de 10 kg   
    Arthur...sem dúvida hoje o melhor ponto para se capturar um grande peixe é a região de SIRN.
    Todavia, não se iluda. Pesco na região há 14 anos...E nesses 14 anos estive explorando os 4 afluentes de lá, em média, por 30 dias por ano...Alguns anos com mais dias, e em outros por menos dias. Em 2019 e 2020 não estive por lá...
    Fato é que tenho 6 peixes acima de 22lbs, inclusive. Tendo o privilégio de ter pego um com 26.5lbs, outro de 23.5lbs e os outros de 22lbs....
    Peguei 5 peixes grandes em SIRN e apenas 1 em Barcelos...ocorre q tenho 30 semanas de pesca em SIRN e apenas umas 6 em Barcelos...E digo mais, o maior peixe perdido nestes anos, foi no Aracá.
    Agora, sem dúvidas, tentaria estar em SIRN. Mas não se iluda, destas 30 semanas por lá, só acertei a mão umas 6 vezes. Em cheio mesmo, apenas 2007, 2010, 2013 e 2015. Em 2016 foi muito boa tb. Saíram monstros.
    Ou seja, você tem q estar no lugar certo, com a turma certa, e no momento certo.
    Na pescaria de 2015 muitos voltaram de lá falando q não dava pescaria, q barco não entrava nos afluentes e tals, mas insistimos e fizemos uma pescaria memorável.
    Sobre a operação?!?!
    Se conseguir ir em barquinho regional ou com menos pescadores, as chances aumentam (mas não quer dizer q é fundamental), em 2015 mesmo, todos os 16 pescadores tiveram a chance de pegar peixe acima de 22lbs...mas com barco muito grande e turma diversificada demais, com pescadores de grupos diferentes, as chances de seguirem para um local "coringa" para agradar todos é maior (peixe de couro, quantidade e etc, atrapalhando o resultado final = qualidade). 
    Ah, e já pesquei várias vezes nas cabeceiras dos afluentes garimpando peixe grande, mas perdi as contas de quantos peixes de 22lbs foram pegos a 1h, ou menos de voadeira, do porto de Barcelos ou de SIRN....rss.
     
    Resumindo, não há fórmula de sucesso. 
  4. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Arthur Perrucci Junior em Tucunaré com mais de 10 kg   
    Arthur...sem dúvida hoje o melhor ponto para se capturar um grande peixe é a região de SIRN.
    Todavia, não se iluda. Pesco na região há 14 anos...E nesses 14 anos estive explorando os 4 afluentes de lá, em média, por 30 dias por ano...Alguns anos com mais dias, e em outros por menos dias. Em 2019 e 2020 não estive por lá...
    Fato é que tenho 6 peixes acima de 22lbs, inclusive. Tendo o privilégio de ter pego um com 26.5lbs, outro de 23.5lbs e os outros de 22lbs....
    Peguei 5 peixes grandes em SIRN e apenas 1 em Barcelos...ocorre q tenho 30 semanas de pesca em SIRN e apenas umas 6 em Barcelos...E digo mais, o maior peixe perdido nestes anos, foi no Aracá.
    Agora, sem dúvidas, tentaria estar em SIRN. Mas não se iluda, destas 30 semanas por lá, só acertei a mão umas 6 vezes. Em cheio mesmo, apenas 2007, 2010, 2013 e 2015. Em 2016 foi muito boa tb. Saíram monstros.
    Ou seja, você tem q estar no lugar certo, com a turma certa, e no momento certo.
    Na pescaria de 2015 muitos voltaram de lá falando q não dava pescaria, q barco não entrava nos afluentes e tals, mas insistimos e fizemos uma pescaria memorável.
    Sobre a operação?!?!
    Se conseguir ir em barquinho regional ou com menos pescadores, as chances aumentam (mas não quer dizer q é fundamental), em 2015 mesmo, todos os 16 pescadores tiveram a chance de pegar peixe acima de 22lbs...mas com barco muito grande e turma diversificada demais, com pescadores de grupos diferentes, as chances de seguirem para um local "coringa" para agradar todos é maior (peixe de couro, quantidade e etc, atrapalhando o resultado final = qualidade). 
    Ah, e já pesquei várias vezes nas cabeceiras dos afluentes garimpando peixe grande, mas perdi as contas de quantos peixes de 22lbs foram pegos a 1h, ou menos de voadeira, do porto de Barcelos ou de SIRN....rss.
     
    Resumindo, não há fórmula de sucesso. 
  5. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Edu Garcia em Veloster + Mercury 250hp + FortCar. Completaço.   
    120 hrs?!!!!! Alô Banco do Brasil, me ajudaaaaa
  6. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Kid M em Tudo nos conformes e aparece um repiquete...   
    Acredito que quem vai com frequência à Amazônia, já deve ter passado por isso... 😞
    Depois de um planejamento criterioso feito com a devida antecedência é chegada a hora de ir pescar.
    Enfrentar a maratona de expectativa para chegar no destino, aqui incluindo o "transfer" final (sempre aquele que parece não terminar...) 
    E o tempo, ameaçador com nuvens pesadas ? O que se reportam os resultados da semana anterior ? Ansiedade a mil...
    Pela janelinha do avião já se pode ter uma ideia do nível do rio, seja com suas praias recortando as areias, seja pela vegetação dentro d'água.
    As evidências estão visíveis, mas ninguém as aceita e tome pergunta para os responsáveis da operação contratada...
    É muito difícil haver um mínimo de serenidade quando se chega à sonhada semana tão ansiosamente esperada e encontrar um contratempo desses...
    Claro que o posicionamento dos piloteiros (95% deles) é de que "vai dar para pegar uns peixinhos" ou "vamos correr atrás"...
    A grande verdade contudo é que não há muito como "virar esse jogo", e sim - no máximo - se adaptar a essa nova realidade... 
    Isso contudo não significa que a pescaria vá ser ruim, mesmo que aquém daquilo que esperávamos encontrar...
    Para essas situações (sempre climáticas) é preciso ter a maturidade de superar os fatos se adaptando a nossas opções.
    Quem sabe ainda se encontre algum lago menos afetado pela chegada da "água nova" e o peixe ainda esteja ativo...
    Partir para afluentes que possam estar em águas mais elevadas também é uma possibilidade (sempre de elevado risco de não funcionar)
    Pesca de fundo é outra opção, embora os peixes de couro também diminuam sua atividade de caça, respeitando o movimento das águas.
    Mas o que é a realidade que deixa o peixe tão "inapetente"? Pelo básico, convém lembrar que a água da chuva que gera a "inundação" tem a capacidade de mudar o "ph" da água, servindo de "sinal" para procriação de diversas espécies... (lembram das rabanadas nos ataques)?
    Fica sempre a realidade da necessidade de procriação das espécies, em épocas de cheia para aproveitarem a abundancia de alimentação que chega em conjunto... Mas isso é repiquete ? Na verdade o "repiquete" deve ser visto como um "alarme falso" na rotina dos peixes...
    Algumas espécies migram em cardumes rio acima, enquanto outras buscam sua procriação em ambientes mais tranquilos e com menor acesso dos predadores naturais (lagos ou ressacas), facilitando a mudança de estágio de suas larvas até o estágio de alevinos independentes...
    Todo esse ciclo se inicia nos sinais de mudança de clima (e nível das águas), mesmo que não tenham continuidade... pela época em que ocorrem...
    O problema é restabelecer o comportamento anterior dos peixes, vez que após a chegada da "água nova" e o término de novas chuvas nas cabeceiras dos afluentes, há necessidade de uns cinco a seis dias para as águas se nivelarem e retornarem sua tendência de vazante.
    Sempre insisto com meus amigos que pescam, que peixe é para ser visto como um "item a mais", pois a pescaria é a celebração da amizade dos participantes. Lembrem-se (mesmo sob forte chuva) que sempre será um lugar de magia, principalmente se assim for entendido.
    Não tem jeito, é aprendizado e renovação de propósito em buscar na próxima temporada uma melhor sorte e peixe na linha...   
     

  7. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Bruno Rodrigo Nogueira em Dúvida sobre Licença de Pesca   
    Reinicializa a senha dele no gov.br que dá certo!!
  8. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guilherme Lima em Tucunaré amazônico - o que aprendi na primeira vez   
    Show de bola, Guilherme...Parabéns pela abordagem.
     
    Infelizmente uma boa parte dos que se aventuram por lá é para pegar o próprio recorde. Claro q respeitamos quem faz isso, e lá é local de bater mesmo, o próprio recorde. Ocorre que é uma região muito sensível e com grande probabilidade de errar a condição ideal de pesca. Como resultado, muitos se irritam, irritam os amigos de pesca, reclamam de tudo, colocam a culpa até na cerveja muito gelada, e depois saem falando mal pelos cotovelos.
     
    Parabéns mais uma vez pela abordagem e pescaria é isso, é observação, contemplação, é isolamento, é reflexão, e tb, estar com a isca na água para o caso de um peixe grande querer abocanha-la...rsrs
     
    Abs...😉
  9. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Marcelo Terra em Bateria para Eletrico   
    Com certeza, um casco liso sem qualquer tipo de arrasto garante economia e não é só no elétrico... eu tinha um Johnson 15hp que gastava mais que a Bass Trick 480 de um amigo com Mercury 125hp Optimax kkkkkkkk
  10. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Ricardo Fey Neto em OPERAÇÕES DAS "GRINGAS"   
    Perfeito Fabricio. A verdade é que os gringos dão um show nos brasileiros nesse ponto. Eles investem pesado em estrutura SUSTENTÁVELe na comunidade com o objetivo de ter o retorno pretendido, e isso é mais do que justo. A Untamed é um baita exemplo a ser seguido. Espero que empresas brasileiras se inspirem neles e torne a pesca "premium mais acessível para o menos "endinheirados" rsrsrsrsr
  11. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Kid M em Artificiais Diversas, Anzois Gamakatsu e Linhas   
    Guilherme boa noite,
    Uma das regras de postagem de itens à venda é que os mesmos sejam exibidos em imagens.
    Essa é uma forma encontrada pela Equipe de Moderação de gerar uma melhor visibilidade dos produtos ofertados.
    Existia também uma outra regra (temporariamente suspensa) que impedia os recém admitidos no FTB viessem a postar produtos à venda.
    Na verdade esse posicionamento era direcionado (à época) à turma que só aparecia para comércio, e não como participante do Fórum.
    Isso hoje já parece ter sido superado, até como consequência desse período atípico em que nos encontramos.
    Reconheço que a necessidade de imagem de cada um dos itens é coisa trabalhosa, mas termina funcionando positivamente juntos aos potencias interessados.
    Tire um tempo, fotografe os itens e os poste, que a liberação não demorará a ser concedida. Sucesso !
  12. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Marcelo Terra em O DESENVOLVIMENTO DO TUCUNARÉ AZUL   
    Bom dia pessoal! 
     

     

  13. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Natan Jr em Prendedor de Varas   
    Bom dia Pessoal devido ao alto custo de importação dos produtos resolvi desenvolver alguns produtos para minha lancha.
     
    Segue o prendedor de varas...logo logo coloco o arreador para vocês verem também...
     
     

  14. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Rafael Takahiro em TOCANTINS 2020 - Lago do Peixe e Rio Tocantins - A 1 vez de um iniciante nos rios e lagos!   
    Turma, boa noite!
    Espero que estejam todos se cuidam, da saúde física e mental nessa pandemia. Não está fácil pra ninguém, sorte de quem tem um hobby como esse e pode se apegar a expectativa de futuras pescarias ou tem boas lembranças de uma pescaria passada, como essa que vou relatar!
     
    Ano passado não foi fácil, pra quem trabalha com eventos como eu.

    Em 4 amigos, sendo que um nunca havia arremessado uma carretilha, partimos pra Tocantins, Pousada Rancho do Kojak, com a promessa de uma grande experiência.
    Como tbm me considero iniciante, pesco em rios há menos de 6 anos, sempre tento levar amigos que não pescam em minhas aventuras, acredito que a pescaria pode transformar realidades, descansar a cabeça e proporcionar experiências inesquecíveis.
     
    Combinamos de pescar 5 dias, sendo 2-3 dias no lago do Peixe-Angical e 2-3 dias no rio Tocantins, sendo minha segunda vez nessa pescaria viciante que é das Cachorras na superfície.
     
    Ano retrasado pesquei 1 dia e meio no rio e como só tinha levado equipamento leve (14lbs), sofri demais nas Cachorras e Bicudas, não consegui embarcar quase nenhuma, na vdd só uma, dessa vez levei varas de 17 e 20 lbs também.
     
    A expectativa da turma era grande, iam Cocão e Akira, já pela 2 ou 3 vez no Kojak comigo e o Raffa Igor, que pescaria pela primeira vez em rios e lago, e a primeira vez com carretilha. Por ser mais próximo do Igor, fui a dupla dele nos 5 dias!
     

     
    1º dia -  já fomos pro rio, que estava seco. As notícias no lago também não eram muito boas, muito seco e peixe manhoso, mas quanto mais difícil, mais legal, né?
     
    Meu amigo logo no começo, já pega o jeito da carretilha, como não tem vícios, muito fácil aprendizado! Ele opta pela hélice e meia água enquanto bato as popper e sticks/zara.
    Logo no primeiro ponto, nos primeiros arremessos, já estoura na corredeira uma bela cachorra larga! No Popper da Yara e garatéias reforçadas! Briga boa, olho pro céu e agradeço a Deus e a família por estar ali. Só eles mesmo!
     

     
    Poucas ações, e bate peixe que acaba não entrando ou ficando na garatéia, normal pra cachorras e bicudas.
     
     
    Num ponto de bicudas, estoura uma enorme na Hélice dele, que trava, fica sem ação, não enrolava, nem mexia na vara, parecia o piripaque do Chaves, o peixe salta, vem na direcção do barco e escapa......aaaaaaaaaaaaaah, o primeiro susto dele.....hahaha, muito bom e as pernas tremiam. Estava picado pelo bichinho da superfície. Da artificial. Do rio. Da viagem pra pesca (Até então ele só pescava em pesqueiro).
     
    Mudamos de ponto e meu amigo de isca, como era primeira vez com artificiais, esse primeiro dia, fiz questão dele experimentar todo tipo de isca, ´ra não se acomodar na meia água, afinal, eu queria ele experimentando a explosão de superfície. Ele batendo uma zara da Heddon que ele comprou no escambo sem conhecer, estoura uma caranha que bate duas vezes, toma linha, abre a garatéia e escapa.....hahaha, o menino estava doido! E eu doido tentando entender uma caranha numa zara! 
     
    Eu insistindo num remanso atrás de uma pedra e um baita estouro no popper, briga limpa, força, mas não era Cachorra, nem bicuda, nem apapá, um belo azul, briguento e forte veio pra foto!

     
    Das 10h até umas 15h, as ações foram devagar, almoçamos tranquilos, meus parceiros n tinham conseguido embarcar nada e meu parceiro estava ansioso. Sua hora ia chegar!
     
    Fim do dia já, braços cansados de bater hélice, mais recolhia que trabalhava....rsrs, e estoura uma bicuda enorme! Dessa vez ele firma, briga, vamos descendo a corredeira, adrenalina a mil!!! Abre freio, fecha, segura, dá ponta de vara, levanta, troca de lugar, vai pro fundo do barco e finalmente, ela cansa e vem pra foto! Olha o tamanho da Bicuda! Imaginem a força desse bicho no meio da corredeira. Fiquei muito feliz com isso! E reparem na marca de ataque de peixe no dorso dela, pqp, imagina!
     

     
    Dia 2 - Lago do Peixe
     
    No segundo dia, iríamos pro lago, onde as notícias não estavam boas entre os outros pescadores da pousada. Mas a gente queria mesmo era achar uns cardumes e fazer meu amigo se divertir nos tucunarés! E bóra treinar ele na zara e stick!
     
    Realmente bem poucas ações, muito quente, peixes batiam pra afugentar e difícil definir padrão de alimentação dos azulões.
     
    De manhã só umas 2 ações, Arremesso num raseiro de, no máximo 30cm, e uma estoura na minha bonnie, ele cobre (sim, o bicho até cobrindo já estava com a zara dele) e pega tbm! Dublê!!!!! Não eram grandes, mas a satisfação que tive ao pegar esse dublê com ele é imensurável!!!
     

    Primeiro tucunaré da vida do Raffael!
     
    Bem poucas ações no dia, mas foi bom pq treinamos muito as ações das iscas pra ele ficar acostumado!
     
    Fim do dia, despretenciosamente arremessando pro meio do lago uma pop queen que eu nunca tinha usado, já que mal usava popper (comecei nas cachorras), estoura uma bela azulona!!
     

     
    49cm, mas brigava como um 60tão! rsrsrs, como diz o Beiçola, nosso piloteiro, não importa o tamanho, mas como a gente pegou o peixe!
     
    Dia difícil, mas show de dia!
     
    Dia 3 - Era rio de novo! Estava melhor lá, optamos por ir pro rio e a outra dupla ficou no lago!
     
    Agora sim, devidamente treinado, era dia do Raffa aproveitar melhor a pescada!
     
    Dia beeeem dificil também, insistimos na superfície, tivemos poucas ações, num ponto de Cachorras, consegui o meu trofeú da viagem, num popper antigo da Zagaia, que ganhei!
     

     

     
    83 cm de emoção! Cara, nunca pesquei um açu, mas será que a briga é tão boa quanto de uma cachorra dessa na corredeira?

    Mudamos um pouco pra meia água, o Raffa embarcou uma piranha preta....rsrs, jogou no meio dos rebojos das Cachorras e entrou uma! 
    Como era tudo novo pra ele, nos divertimos!!!
     
    Fim do dia, batendo a tal da famooosa Pop Queen, mais stickando que poppando, estoura um belo peixe na minha linha!
     
    Briga surreal, muita força e velocidade!
     

     

     
    Não medimos a bicuda, pq ela ficou muito estressada e estávamos com medo de perde-la. Solta com sucesso.
    Mais um dia de muito aprendizado!
     
    Tínhamos mais dois dias e eu e o Raffa decidimos fazer mais um dia no rio e um no lago, no último dia.
     
    Dia 3 - Queríamos ir atrás dos lindos e esportivos apapás, também conhecidos como douradas. Não tínhamos visto nenhum cardume nos dias anteriores....mas queria pegar!
     
    Dia bem difícil também, muitos arremessos e poucas ações, e muita escapada também!
     
    Logo cedo, encaixei uma bela cachorra, minha terceira na viagem, média de 1 por dia, fiquei bem satisfeito, pq foi tudo na superfície!
     

     
     

     
    Pensa na briga boa de ter com peixe!!!!
     
    Avistamos alguns cardumes de apapás, mas estavam dificil, no jig tinha bastante ação, mas perdi meu único jig de 15g numa ação na corredeira e ne vi a cara do peixe!
     
    Fomos num ponto diferente, mais profundo, não via pedra, nem ponto de referência nenhum, até brinquei que parecia ponto de corvina....batendo stick e popper pros dois lados do barco, estoura uma apapá gigante na minha Pop Queen!!! Briga demorada, nunca tinha visto desse tamanho, na minha última eram apapás de, no máximo, 50cm.
     

     

     
    As fotos ficaram horríveis, uma pena, mas eu guardo na memória essa briga!
     

     
    72 cm de Apapá!!! Sé looooco!
     
    Fim do dia ainda fomos premiados com outra bitela apapá do meu parceiro, que definitivamente, ficou alucinado!
     

     
    Bitela também de 69cm!
     

     
    Eu peguei mais uma, logo depois da dele, menorzinha, mas saltou demais!!!
    Aaaah, o rio Tocantins, soltamos todos os peixes, espero que vcs sempre preservem esse templo sagrado!
     
    Estávamos mais que satisfeitos com a pescaria no rio! Raffa estava cheio de adrenalina, faltou a cachorra dele, mas não vai faltar oportunidade! Pegou piranha, bicuda, apapá e teve ação até de caranha na superfície!
     
    Dia 5 - Último dia era hora de relaxar no lago do peixe e tentar pegar o maior da viagem, já que não tinha saído nenhum azul maior de 50cm.
     
    De manhã, poucas ações, meu amigo engatou um trick na hélice (ele viciou em pescar de hélice haha).
     

    Trickão abusado!
     
    No almoço, meus amigos relataram que tinham pego um de 60cm e perdido mais dois ou três do mesmo porte, sendo que um levou jig e outro Bonnie limão dos parceiros....tristeza e felicidade juntos!
     
    Piloteiros ganhariam uma caixinha a mais pelo maior azulão, então meu piloteiro Sorriso (Kezin) ficou doido!! Disse que pegaríamos um maior, mesmo quase sem ação até dos tricks, e todos os dias que pesquei com ele (só tinha ido uma vez em 2018), eu tinha pego um 60up.
     
    Fim do dia, aquele ponto guardado pelo piloteiro pras emergências, como ele disse....haha
     

     
    No raseiro, já cantou um azul médio, estouro bonito!! Mas estava loooonge da troféu! rsrs

    17h e pouco já, hora de ir embora, resolvemos bater as iscas voltando no ponto....meu parceiro pegou um jig e eu uma Rapala Xrap, que tb só pra uso emergencial.....
     
    Sinto uma batida forte na meia água, travo a vara, briga comprida, limpa, gostosa....
     

     
    Não é possível!! Parecia grande, será que batia 60cm? Acho que não, mas era quadrado e bravo demaaaaais....medindo, coração a mil.....
     

     
    61,5 cravado! Hahahaha
     
    Último peixe, último arremesso, último dia.....
    Nem acreditei, fiquei até sem graça, parecia gol no VAR!
     
    Alguns peixes dos parceiros:
     

     

     

     
    A maior Cachorra foi deles, de 84cm! Cocão e Sorriso!
     

     
    Na frente meu parceiro, que pela primeira vez, esbanjou categoria, pescou demais, vantagem demais que ele ouve muito, aprendeu muito com os guias Sorriso e Beiçola (o rei do Tocantins!).
     
    Jornada épica! Gostei muito mais de ter levado meu amigo e ter feito ele conseguir uma experiência inesquecível do que pelos peixes, fizemos as contas e foi bem difícil dessa vez, com média de 3 peixes embarcados por barco por dia. Mas foi bem legal, pq entraram peixes de qualidade!!
     
    Equipamentos:
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Vara Black Mamba (1st) 17lbs 5´8
    Vara Major Craft SpeedStyle 14lbs 5´8
    Vara Black Mamba (2nd) 14lbs 5´8
    Carretilhas Venator SE, Black Widow e Curado
    Linhas 40 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Pop Queen 105, Jet 120, Zagaia Mintoauro, Yara Mambinha, Zara Heddon, Olhete KV, Rapala X-rap.
     
    Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida!
    Beiçola, Sorriso, Vera, Kojak, Rally, muito obrigado sempre pela recepção e dicas valiosas!! Viciei nessa pescaria de Cachorra, Bicuda e Apapás, uma pena essa pandemia afetar tanto a saúde de todos e nosso bolso também, esse ano será bem difícil retornar.

    Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP!
    Grande abraço rapaziada!

    Instagram @rafatako
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
  15. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Francisco Jr em Pescaria no B. Kalua em Barcelos-Am.   
    Olá Amigo Pescadores.
    Realizamos a pescaria em Barcelos-Am de 08 a 16 de Março.
    A equipe do ótimo Barco Kalua montou uma semana de pescaria de Amigos, que todos eram muito gente boa muitas risadas e fomos muito bem atendido por todos desde Manaus, a tripulação do barco e os Guias que batalharam para conseguir tirar os bocudos da água.

     
    Pegamos uma semana de muita chuva com todos os rios enchendo(repiquete ou inicio da cheia) desde o rio Jurubaxi até o Rio Aracá mas a equipe não poupou força de vontade e não economizou combustíveis em momento algum, saíram bons Tucunarés e peixes de couro.
     
     
     
     
        
     
         
     
       
     
     
     
     
     
     
     
       
     
      
    Grandes iscas customizadas Saad Lures, qualquer interesse estou a dispor para ajudar.
        
     
          
     
     
     
     
     
     
     
        
     
     
     
     
     

     
       
     

     
    Peixes de Couro que a Turma pegou.

     

     

     
     
     
       
     

     
     
     

     

     
    A equipe montando o Luau e é presenteado com essa beleza de Deus.

     

     
     
     

     
    Para finalizar o raiar e o por do Sol na nossa linda Amazônia.

     

     

     

     
    Obrigado a Direção do Kalua e Amigos.
     
    Abraço e até a próxima.
     
  16. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Carlos Sommer em Soltura de Tucunaré-Açu   
    Victor,
    Recentemente, um pesqueiro aqui do interior de SP abriu um lago apenas para pesca de tucunarés - pelo que me recordo, são 7 espécies no local, incluindo o Açu. Procure pelo pesqueiro 3 Irmãos Pesca e Lazer no Instagram. Eu conversei brevemente com um dos proprietários (que por sinal é muito gente boa), e ele comentou que inclusive já tem indício de reprodução dos tucunas por lá. Segundo ele, estudou muito sobre o assunto e talvez consiga te dar algumas dicas, se necessário.
    Pelo jeito, deu muito certo... tem vídeo do pessoal tomando paulada em hélice! kkkkk
    Vale a pena tentar!
     
  17. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Rafael Venturini em Pescaria Aracá Fev2021   
    Olá amigos!
    Pelo segundo ano consecutivo realizamos o acampamento no rio Aracá.
    Desta vez o acampamento foi realizado com mais pescadores, mais dias de pesca e uma área maior.
    Vou tentar relatar tudo com os mínimos detalhes para vocês leitores da Turma do Biguá.
     
    Relato completo, descrevendo como chegar em Barcelos, retorno a Manaus e total de tucunarés capturados diariamente. Só não descrevo neste relato os locais de pesca, como diz meu amigo Juliney, cantinho secreto (risos).
    Vale a pena lembrar que, como estamos numa “Pandemia”, todas as medidas de precaução foram tomadas. Todos pescadores e equipe Ney Pesca fizeram o exame, todos respeitamos a medidas de segurança, tanto na ida como na volta fomos direto para nossos destinos e graças a Deus todos envolvidos estão bem.
    Vale a pena também salientar as autoridades de Barcelos que possibilitam os testes dos operadores e colaborados, a fiscalização realizada no aeroporto e a orientação de como ambas as partes devem proceder.
     
     
    Dia 1 - 23/02/2021 – viagem para Manaus/Barcelos
    Os cinco pescadores desembarcaram em Manaus entre 10:00 e 11:30 da manhã, reunidos embarcamos no voo para Barcelos às 15:00, e às 16:30 já estávamos em Barcelos.
    Recepcionados pelo amigo Juliney e sua equipe fomos direto para o barco hotel Vitória de Deus, daí seguimos rio acima até o ponto inicial de nossa aventura.
     
     
    Dia 2 - 24/02/2021 – primeiro dia de pescaria
    Um pouco pra cima do repartimento Aracá, Demeni iniciamos nossa pescaria. Rafael, Flávio e Moreno, Bruno. Marcos e Edvan, Ney, Max e Gordinho, assim foram a duplas e piloteiros para os dias de pesca.
    Dia com muitas ações, muitos peixes, 02 70UP. Capturamos neste dia um total de 102 tucunarés. Se contássemos traíras, bicudas, jacundás e aruanãs este total seria o dobro.
     
     
     
     
     
     
    Dia 3 - 25/02/2021 – segundo dia de pesca
    Devido ao nível baixo do rio, o barco hotel Vitória de Deus, mesmo com seu calado de 60cm não conseguiu progredir muito, e em certo ponto do rio não teve profundidade para prosseguir, à partir daí começamos nossa subida com acampamento móvel, um barco grande e duas voadeiras de apoio, subimos pescando enquanto os barcos de apoio subiam com barracas, comidas, bebidas, etc.
    Dia farto, 6 70UP. Capturamos neste dia um total de 124 tucunarés.
    Este dia foi marcado pela captura do maior peixe da operação, que até o momento também é o maior peixe da região de Barcelos nesta temporada. O pescador Max conseguiu capturar um lindo açu de 86cm.
     
     
     
     
     
     
     
     
    Dia 4 - 26/02/2021 – terceiro dia de pescaria
    Após uma noite de descanso, alguns em barracas, outros em redes fomos para mais um dia de trabalho duro (rs).
    Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando.
    Mais um dia farto, 2 70UP. Capturamos neste dia um total de 160 tucunarés.
    Embora a captura de 70UP que era o objetivo não foi tão grande, todos os dias a captura de 60UP e borboletas na faixa de 55cm ocorriam com bastante frequência.
     
      
     
     
     
     
    Dia 5 - 27/02/2021 – quarto dia de pescaria
    Como de costume, logo cedo voadeiras navegando e nós atrás de nossos objetivos.
    Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando.
    Mais um dia farto, 5 70UP. Capturamos neste dia um total de 140 tucunarés.
     
     
     
     
     
     
     
     
    Dia 6 - 28/02/2020 – quinto dia de pescaria
    Neste momento já estávamos num ponto bem avançado do rio Aracá, chegar a esta localização somente com uma operação fora do normal, com uma maior quantidade de dias, um bom preparo e principalmente uma equipe disposta a tal façanha, aí vem o diferencial da equipe Ney Pesca & Aventura que nos proporcionou esta façanha, sempre com sorriso no rosto.
    Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando. Este foi o último dia de subida nosso, no final da tarde alcançamos nosso ponto final do rio Aracá, após percorrermos aproximadamente 300KM de navegação.
    O dia mais farto, 4 70UP. Capturamos neste dia um total de 101 tucunarés.
     
     
     
     
     
     
    Dia 7 - 01/03/2021 – sexto dia de pescaria
    Neste momento o cansaço já era visível, só não era maior que a vontade de pescar (rs).
    Assim foi, saímos mais um dia para capturar nossos sonhos, correr atrás dos nossos objetivos, a única diferença é que agora vamos iniciar nossa descida.
    O dia mais farto, 8 70UP. Capturamos neste dia um total de 170 tucunarés.
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    Dia 8 - 02/03/2021 – sétimo dia de pescaria
    Continuamos rio abaixo, descendo pescado, como agora estávamos pescando em regiões que havíamos pescado a dias atrás, podemos ir atrás daqueles gigantes que somente atacaram nossas iscas e não entraram e explorar as lagoas que ainda não exploramos na subida.
    Mais um dia farto, 5 70UP. Capturamos neste dia um total de 163 tucunarés.  
     
     
     
     
    Dia 9 - 03/03/2021 – oitavo dia de pescaria
    Pescar na Amazônia já é um sonho, fazer uma pescaria com os amigos deixa o sonho maior, pegar muitos peixes e grandes exemplares é o sonho perfeito de todo pescador.
    Assim foram todos os dias, e este não poderia ser diferente, 6 70UP. Capturamos neste dia um total de 110 tucunarés.
     
     
     
     
    Dia 10 - 04/03/2021 – nono dia de pescaria
    Último dia de pescaria, no final deste dia já estaríamos novamente a bordo do barco Vitória de Deus para retornarmos a Barcelos.
    Mesmo cansados de oito dias pescando na pauleira ainda conseguimos fazer um bom dia de pesca, 2 70UP. Capturamos neste dia um total de 76 tucunarés.
     
       
         
            
     
     
     
     
    Dia 11 - 05/03/2021 – retorno para Barcelos
    Este dia como não íamos pescar, acordamos um pouco mais tarde, enquanto o barco navegava destino a Barcelos desmontamos nossas tralhas e ficamos apreciando pela última vez nesta temporada a beleza exuberante da nossa grandiosa Floresta Amazônica.
    Para finalizar ainda tivemos uma costela preparada pelo amigo Bruno, após comer foi descansar no próprio barco para enfrentarmos a viagem de volta no dia seguinte.
     
     
    Dia 12 - 06/03/2021 – viagem para Manaus/retorno para casa
    As 06:00 todos prontos para o café, em seguida fomos para o aeroporto, próximo das 08:30 embarcamos e próximo das 10:00 estávamos em Manaus. A partir dai cada um pro seu destino, eu (Rafael) e Fávio para São Paulo, Bruno e Marcos para Brasília e Max para Santarém.
    Podemos dizer que aí finalizamos mais uma pescaria na modalidade acampamento organizada pelo grande Amigo Juliney e sua equipe. Mais uma vez muito bem sucedida e segura.
     
     
    O saldo total da pescaria foi o seguinte:
     
    Total de dias.................................................. 12dias
    Total de dias pescando................................   9dias
    Distância percorrida na pescaria................. 600km
    Total de tucunarés capturados.................... 1.146 exemplares
    Total de tucunarés de 70 a 79cm................. 34 exemplares
    Total de tucunarés 80up............................... 6 exemplares
    Maior tucunaré.............................................. 86cm
     
    Trouxemos na bagagem muitas histórias, fotos de peixes grandes e a satisfação de passar dias maravilhosos em companhia de pessoas sensacionais.
    Obrigado meu grande amigo Juliney e dona Jake por ter organizado tudo com tanto carinho, obrigado aos piloteiros, Moreno, Edvan e Gordinho, obrigado a cozinheira, Dalva, obrigado ao Gerente da Vitória Barata, obrigado ao prático Domingos e obrigado ao ajudante, faz tudo e um pouco mais, Ricardo, vulgo “Cebola”.
     
    Quer fazer uma igual? 
     
    Ney      (92) 9.9509-9576
     
    Rafael  (11) 9.8403-9864
  18. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Rogério Lucatto em Experiência hélices ORIGINAL x SARABO x MFX   
    Indiferente da potencia do motor esse tópico tem como objetivo relatar a experiência com diversas "marcas" de hélice para analisar qualidade e em que faixa de potencia começamos a ter realmente perca de desempenho por deformação das pás desde que utilizadas na mesmo equipamento barco x motor e claro peso médio.
     
    Ex.
    YAMAHA 25HP 2010
    Aceleração máxima
    Original 9x7/8x13 a 5000rpm 45km
    MFX 9x7/8x13 a 5100rpm 44km
    SARABO 9x7/8x13 a 5050rpm 45km
     
     
  19. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a João_Medeiros em Entrevista João Medeiros sobre pesca esportiva - Rede CNT - Programa Cidadão Tropical - 21.02.2021   
    Eala pessoal do FTB!
     
    Compartilho com vocês uma entrevista que concedi ao Programa Cidadão Tropical do apresentador Marcelo Militão. Foi ao ar no dia 21.02.2021 no canal CNT para Londrina/PR, Brasília/DF e Belo Horizonte/MG.
     
     
     
    Tentei passar um pouco do nosso hobby, da importância do peixe vivo e da pesca esportiva no geral.
     
    Fiquei muito honrado com o convite e oportunidade.
     
    Obrigado!
     
  20. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Octávio Amaral em Relato Atrasado - Alto do Rio Aracá - Pousada Tupanaçu - Barcelos - AM - Fevereiro 2020   
    Q show, Octávio...ver novamente essas imagens me fez relembrar o nosso acampamento de 2014 nessa mesma região, nesse mesmo "perrengue"...rsrs
     
    Essa subida de voadeira para a cabeceira do Aracá é bem sofrida, aff...Como tivemos q levar tudo nas voadeiras, só chegamos no acampamento base ao meio dia do terceiro dia de pescaria...rsrs.  Dormimos a primeira noite no Curuduri e na segunda noite no Igapé do Limão...rsrs... Como disse vc, é água.
     
     
  21. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Octávio Amaral em Relato Atrasado - Alto do Rio Aracá - Pousada Tupanaçu - Barcelos - AM - Fevereiro 2020   
    Bom dia, Boa tarde e Boa noite amigos do FTB!
     
    Depois de longos anos sem fazer um relato por aqui, admito por pura preguiça, cá estou para relatar uma excelente viagem/pescaria, ocorrida em Fevereiro/2020, no alto do Rio Aracá - Barcelos - AM, na Pousada Tupanaçu.
     
    Antes de iniciar o relato, vou compartilhar algumas informações que pode ser útil a aqueles que tem vontade de conhecer a Pousada Tupanaçu mas não encontram muitas informações disponíveis...
    Falo isso pois na época que comecei a organização dessa pescaria, procurei muito e achei pouquíssimas informações.. bora lá!
    Aqui já vai um agradecimento especial ao @Fabrício Biguá e @Francisco Jr por me ajudarem com as informações que tinham na época... Muito obrigado!
     
    A Pousada Tupanaçu, como já dito anteriormente, fica no alto do Rio Aracá, afluente do Rio Negro, na região de Barcelos-AM, comporta até 10 pescadores, 5 suítes com AC, confortavelmente.
    É oferecido 2 opções de translado (Barcelos>Pousada).
    1ª - Hidro avião, Manaus > Pousada Tupanaçu e depois Pousada Tupanaçu > Manaus.
    - De Barcelos até a pousada, em linha reta, são apenas 80km, então eu acredito que Manaus>Pousada, dê em torno de 1:40 de voo no máximo.
    - O pequeno grande problema dessa opção é que, para valer a pena, financeiramente falando, é necessário "casar as penas" ou seja, o avião sempre voa levando e trazendo as turmas... o que pode ser difícil, pois nem sempre essa é a opção escolhida pela turma anterior e posterior a nossa.
     
    2ª - Translado feito por lanchas rápidas partindo de Barcelos até a Pousada Tupanaçu. 
    - São 360km ao total (partindo da escadaria da Igreja de Barcelos até a pousada) é chão, quer dizer, é agua... rsrs 
    - Essa opção de transfer, lancha rápida, está incluso no valor do pacote da pousada.
     
    Nossa turma escolheu ir de lancha rápida... no começo acharam que seria a pior parte da pescaria, mas recebi feedback de quase todos de que essa foi uma das melhores partes... 
     
    Com um pouco do contexto já fornecido, vou partir para melhor parte, na minha opinião, fotos seguidas de descrições...
     
    Essa pescaria ocorreu entre os dias 15/02 à 22/02/2020. (Pandemia chegando no Brasil e nem sabíamos de nada....)
     
    Fomos em 10 amigos... mas na foto abaixo, estávamos em 8, pois 2 só chegariam no dia seguinte...
    Demos aquele passadinha de leve, na famosa e deliciosa Cachaçaria do Dedé, ponto de reuniões estratégicas.. kkkkk
     

    Começando da esquerda para a direita...
    Marcão, Anivaldo, Tonho, Bah, Canalha, Eu, Anderson e Waltinho.
     
    Abaixo já estávamos com o time completo e todos prontos para o embarque em Manaus, com destino a Barcelos. 
    Fretei o aéreo pela Manaus Aero Taxi, tudo nos conformes!

    Agora com a presença de meus 2 grandes amigos Alexandre e Moacyr, a esquerda da foto...
     
    A foto clássica:

     
    Voo muito tranquilo, de 1:15 aproximadamente e pousamos em Barcelos as 7:30 AM.
    Fomos recepcionados no aeroporto de Barcelos pela Iara, responsável pela Pousada Tupanaçu e pegamos nosso transfer até a escadaria da igreja, onde duas lanchas rápidas nos esperavam para iniciarmos o pequeno translado rumo a Pousada Tupanaçu.
     
    Dividimos a turma em duas lanchas, 4 pessoas em uma lancha e 6 pessoas na outra... todos foram muito bem confortáveis, cadeiras macias e etc... 
    Eu, em frente a escadaria da igreja:

     

    Nos 4 (Eu, Canalha, Ale e Moacyr) devidamente acomodados e prontos para partir.
    Só pra ter uma ideia de como estávamos de bagagem:

     
    Nesse translado tivemos a nossa disposição bebidas geladas (Agua, cerveja, refrigerante) e comida (salgados, pães recheados e etc) ninguém passou sede nem fome, muito pelo contrário. rs
     
    Começamos nossa navegação exatamente as 8:00 AM, quando saímos de frente a igreja...
    O Rio Aracá estava absolutamente seco, torrado.... o que dificultava ainda mais nossa navegação...
    Até o repartimento Aracá / Demeni, nosso translado foi rápido, sem problema com os baixios do Aracá... Só parávamos para abastecer e esvaziar a agua do joelho... rs
    Do Demeni para frente a coisa mudou.... em determinados trechos do Aracá, havia cerca de 30 cm de agua no seu canal... já imaginou isso ?!
    Pois é... precisávamos diminuir a velocidade... e por muitas vezes o ajudante do piloto descia e ajudava na direção...
    Eles não deixavam de forma nenhuma nós desembarcarmos para ajudar... sempre muito preocupados com a nossa segurança...
     
    Bom... depois de tudo isso, quando bateu 17:00 horas no relógio nós chegamos... opa, pera.. chegamos no Acampamento avançado e não ainda na pousada... rs
     
    Isso já era sabido por todo o grupo...  
    Devido ao rio estar muito seco o que atrasava muito na navegação, eles nos sugeriram parar no acampamento avançado, nos instalarmos e descansarmos, para no dia seguindo saissemos pescando sentido a pousada... que ainda estava a umas 3 horas pra cima..
     
    Algumas fotos do acampamento:

     

     

     

     

     

     
    Esse barco que aparece nas fotos acima, possui 3 camarotes para 2 pessoas cada, todos os 3 com banheiros privativos, chuveiro, ar condicionado....
    Possuem também barracas e redes para os demais que optarem por essa opção. Na verdade sobrou até vaga no barco... eu dormi na barraca e os demais amigos que não optaram pelo barco, dormiram em redes na praia... 
     
    Jantamos, arrumarmos as tralhas e dormimos, já ansiosos para o próximo dia, que seria o primeiro dia de pesca...
     
    Como já dito, o Aracá estava bem seco e, graças a Deus, continuava a secar lentamente, o que é excelente para a pesca dos Tucunarés na Amazônia...
    No geral, saíram muitos Borboletas, Pacas e Açus.
    Deram as caras também as grandes Aruanãs, traíras e até Cachara na artificial....
    E claro, os troféus também deram as caras, para a alegria de todos! E não foram poucos!
     
    Vou compartilhar algumas fotos da pescaria de toda a turma.
    Primeiro peixe sempre vai pra foto, caso contrário, dá azar na pescaria:

     
    Canalha ficou com receito da zica pegar nele, e o primeiro também foi pra foto:

     
    Nesses dois padrões acima, saia de porrada... muito peixe, todos atacando iscas de superfície (zara, stick) e para nossa alegria as hélices.

     
    Meu primeiro peixe grande nessa pescaria, lindo Paca Açu:

     

     
    Guia Rafael, excelente profissional, conhecedor da região e sempre otimista, a cada arremesso.

     
    Anivaldo com seu belíssimo Açu de cupinzão!!!!

     
    Linda Aruanã.
    Mas reparem ao fundo, como estava seco o rio....

     
    Paca sempre garantindo aquelas explosões surreais!

     

     

     
    Anderson e seu lindo e comprido Paca!

     
    Mais um gigante capturado pelo Anderson... se ele estava feliz?! kkkk

     
    Por algumas vezes avistávamos um grande cardume de paca açu..... era a isca cair na agua e começava a pancadaria... 
    No cardume, peixes na média de 65~70cm... é top demais!

     
    Abaixo a dupla, Tonho (esq) e Marcão (dir) e um exemplo claro de como não se deve tirar foto... kkkkkk
    Rapaz... eu fiquei com uma dó enorme disso... 
    É um duplezão de respeito.... 81CM e 78CM e a foto do guia saiu assim... kkkkkkk

     
    Ou corta a cabeça deles, ou o rabo do peixe... kakakakak
     

     
    Olha o tamanho das naves.. Guia Sandrinho... Não pesquei com ele, mas virou meu amigo.. ótimo profissional, sempre, sempre mesmo disposto a ajudar.

     
    Pelo o menos uma do Marcão saiu boa kkkkkk

     
    Anderson continua com belos peixes....

     
    Beijo do Tonho... kkkk


     
    Mais um gigante... Dessa vez foi nosso amigo Ale:

     

     

     
    Linda coloração do Paca Açu!

     
    Outro gigante, dessa vez foi o Moacyr!!! Rapaz, é muito peixe grande !

     
    Nosso amigo Bah... pensa em um cara rabudo... por algumas vezes ele mesmo disse que quando a isca bateu na agua, antes de trabalhar, o peixe atacou... estava virado pra lua... kkkk

     

     
    Pensa em um cara que bateu hélice? Foi esse cara ai... o Canalha! 
    Linda foto, diga-se de passagem.. rs

     
    Lembram que falei da Cachara na artificial? Foi ele, o Canalha que fez o feito.. um cardume enorme passando por nós... o rio tinha uns 40cm de agua... cristalina... lindo de se ver!!

     

     
    Eu ainda fui agraciado com esse Acuzão!!
    As fotos não ficaram boas pois foram capturadas do vídeo da GoPro do Canalha... estava chovendo muito e não dava para tirar foto com a câmera fotográfica...

     
    É meus amigos, foi a semana de peixe grande...
    Ao total, contabilizamos na turma mais de 6 peixes acima de 80cm....
    Entre 70 e 79 foram pelo o menos uns 20 peixes pra mais...
    Fomos abençoados!!
     
    Todas as noites, ao retornar da pescaria, fazíamos aquela boa resenha, jogando um bilhar e tomando nosso relaxante muscular!

     

     
    Se teve luau? Claro que teve.
    Optamos por descer um dia antes e finalizar nossa viagem no acampamento e foi onde fizemos nosso luau...

     

     

     

     
    Se existe algo melhor, ainda desconheço!
     
    Algumas fotos do Rio Aracá e da Pousada Tupanaçu:

     

     

     

     
    Região do pedral... Lugar dos pacas malucos... 

     

     

     

     

     
    Como diz o ditado, para descer todo santo ajuda... nossa volta a Barcelos foi bem tranquila...
    Saímos as 7:00 do acampamento e quando era 15:00 horas já avistavamos Barcelos...
    Nos hospedamos no ótimo Hotel Amazonita e fizemos nosso jantar de despedida por lá mesmo...
     
    Ah... e teve monstrinho que ficou com piercing no beiço... rsrsrs

     
    Link do vídeo que mostra o que aconteceu:
     
     
    Agradeço a Deus por me dar saúde e oportunidade de me reunir com amigos e em lugar mágico que é a Amazônia!
    Agradeço a minha família por segurar as pontas nessa ausência em casa...
    Agradeço a toda família Tupanaçu.. para quem não sabe, na pousada trabalham: pai, mãe, filhas, genros... é um ambiente impar... em um lugar impar... agradeço em nome de todo o grupo!
     
    Espero que tenham gostado do relato, meio enferrujado de fazer relatos, mas vou voltando aos poucos!
     
    Estávamos com a semana pronta para irmos agora em Fevereiro/2021, mas por conta do C0vid decidimos postergar para Fevereiro/2022, e ainda temos 1 (uma) vaga para essa pescaria....
    Se gostou das fotos, do local, dos amigos, você está mais que convidado... me chame no pv.
     
     
    Abraços a todos e que todos estejam/fiquem bem!
    Octávio Amaral
  22. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Mozart em ARACU CAMP - VILANOVA AMAZON - OUTUBRO 2020   
    Show de relato, Eder...Parabéns pela aventura e obrigado por compartilha-la conosco.
    Muito top...👏
  23. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Carlos Sommer em AJUDA - Carretel Enrolando mais de um lado   
    Muito interessante a informação passada pelo Fabrício, também acontece muito comigo.
     
    Entendo que são dois casos diferentes:
     
    1 - Problema acontecendo ao abastecer a carretilha com a linha: Nesse caso, acredito que enrolar a linha com os freios apertados (sintonia fina e friccção), e sempre manter a vara reta e tensionada. Assim a linha vai entrar sempre de forma equilibrada. Caso mesmo assim aconteça, aí acredito que pode ser algum problema mecânico na carretilha.
     
    2 - Problema acontecendo durante a pescaria, conforme vai arremessando e recolhendo: Comigo acontece poucas vezes, e nunca descobri o motivo... se acontecer, vou testar a teoria do Fabrício.
  24. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Vagner em Pescaria Em Epitacio Realizada dia 9/10 janeiro 2021   
    Boa tarde Pessoal Aqui vai um Relato RApido de uma Pescaria realizada em Presidente Epitácio dias 9 e 10 janeiro 2021,
    Guia Lobão indicado Pelo João Medeiros
    Meu Parceiro de Pesca Crezinho
    Muito Peixe na Linha , Peixe Manhoso pra caramba mas saiu bastante azuis, segue algumas fotos
    Isca que matou a pau brava transparente , peixe so queria ela
    E saius os troféus acima de 50 up ate um amarelão saiu 48, pegamos mais azuis que os amarelos
    Guia Lobão excelente profissional, sempre achava os bitelos e deixava na cara do gol

















  25. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Mozart em ARACU CAMP - VILANOVA AMAZON - OUTUBRO 2020   
    Foi uma pecaria ÉPICA. Parabéns pela organização da pescaria Eder Fishing, você mandou bem demais. Que venha 2021!
×
×
  • Criar Novo...