Ir para conteúdo

Fabrício Biguá

Administrador
  • Total de itens

    12.776
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    60

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Carrão em Duvida Sirn ou Barcelos...   
    Amigos, me perdoem...Algumas coisas retratam a realidade, outras não. De qualquer forma, as dicas são sempre válidas.
     
    A região amazônica, assim como o resto do planeta, vem sofrendo constantes bruscas mudanças climáticas a cada ano. Em um ano se tem seca logo no começo da temporada (setembro), enquanto q no outro ano as águas permanecem altas por toda a temporada, então, essa questão sobre o nível das águas é algo totalmente imprevisível.
    Em 2012 pescando em SIRN, dos 04 rios q são pescáveis por lá, 2 deles estavam sequíssimos enquanto q os outros 2 estavam bufando. Detalhe, a boca/foz destes 4 rios não distam 50Km entre elas.
     
    Em SIRN existem 4 rios pescáveis. Jurubaixi, Aiuanã, Uneiuxi e Téa, sendo q este último, apesar de ter Terra Indígena na margem esquerda, ainda é aberto para a pesca.
     
    Em SIRN existe apenas 1 único grande operador q permanece por lá durante toda a temporada...Já os outros passam apenas metade da temporada por lá e depois descem para operar juntamente com outros 40 grandes operadores em Barcelos. 
     
    Barcelos tem sim, a enorme vantagem de ter mais rios "pescáveis", e em margens opostas, o q permite terem rios com cabeceiras distantes umas das outras em mais de 1000 Km, ou seja, a influência climática de uma cabeceira pode ser totalmente diferente da outra, permitindo uma escolha mais acertada de nível.
     
    Barcelos é mais perto de Manaus, com muito mais vôos diários, maior rede hoteleira, insumos mais baratos (comida, combustível, M.O, e etc)...Já em SIRN tudo é difícil e mais caro.
     
    Bem, são muitas diferenças mas uma coisa eu garanto...em qualquer um dos dois lugares vc poderá pegar um tucunaré de 10kg, 11kg a qualquer momento....Agora, se o pescador acertar a mão na escolha da semana, seja em qualquer um dos dois lugares, te garanto q em SIRN em pegará o dobro ou o triplo de troféus. Isso pq lá ainda sofre menos pressão de pesca que Barcelos.
     
    O mais importante é acertar a mão, seja em Barcelos, seja em SIRN.  ::tudo::
  2. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Cristiano Rochinha em Barcelos: medida CPRM e máxima ideal. Pesquisa   
    Cuca blz pura?!?!
    O bom deste assunto é q ele não se esgota nunca...rsrs
    Temos um tópico bem interessante sobre este assunto q pode ser lido clicando no link abaixo. Trata-se de um estudo dos gráficos dos anos anteriores do Rio Negro na região de Barcelos.
    https://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/41614-histórico-do-nível-do-rio-negro-em-barcelos/?page=5
    E aqui uma foto atual do gráfico com nível.

    E o q eu percebo nestes anos pescando por lá?!?!
    Que o nível ideal gira nos 3 metros...ficando perfeito, nos 2.5m / 2m...tb acho q abaixo disto, a água esteja muito baixa e quente, prejudicando demais a pescaria.
    Outra coisa q percebi nestes anos é que:
    - nunca o nível q você pega num ano, será igual no ano seguinte;
    - dois afluentes na mesma margem podem ter níveis completamente diferentes;
    - com nível alto, e água subindo, você pode SIM, pegar bons peixes;
    - com nível baixo, e água abaixando, você pode NÃO pegar bons peixes (claro q é muito difícil isto ocorrer, mas já pesquei em situações assim...mas este é o cenário ideal);
    - "cabeçada" de água descendo vai atrapalhar sua pescaria, não importa se está chovendo aonde você está ou não;
    - chuva atrapalha?!?! só se o nível estiver muito baixo e volume de chuva esfriar muito a água do rio;
    - calor atrapalha?!?!  só se for demais, e o nível estiver muito baixo. Os peixes grandes somem nesta situação;
    - o guia me ligou dizendo q o nível está top....Cuidado, ele pode estar precisando de dinheiro e está mentindo pra você;
    - início de temporada é melhor?!?! Mentira, a melhor pescaria que fiz foi no final da temporada. De dezembro a março a pressão de pesca diminui exponencialmente.
     
    Só sei que já vi de tudo. Vi pescarias fantásticas ocorrendo com água em 6m (e secando forte) e todos do barco pegarem muitos, mas muitos peixes grandes. Fui pra lá com nível em 5m, água também secando, mas não tão forte, e pegamos bem menos.
    Já subi num afluente famoso e não peguei nada....e, na semana seguinte, subi outro afluente e todos do barco pegaram muito peixe grande.
    Então é isso...estar na amazônia pescando tucunarés é uma grande dádiva q temos, não importa o nível da água. Uma hora acertamos a mão, em várias outras erramos, mas, de uma hora pra outra, somos presenteados com uma cena fantástica e um peixe grande....mas o melhor mesmo que arrecadei pescando por lá nestes últimos 15 anos, além de cenas incríveis, foram as centenas de grandes amigos e histórias que nunca esquecerei.
  3. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em Carteira de Pesca Definitiva   
    Seu tópico estava na sala Informações de caráter geral do FTB e foi movido para a sala Sala do Bate Papo
    Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  4. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Cristiano Rochinha em Barcelos: medida CPRM e máxima ideal. Pesquisa   
    Cuca blz pura?!?!
    O bom deste assunto é q ele não se esgota nunca...rsrs
    Temos um tópico bem interessante sobre este assunto q pode ser lido clicando no link abaixo. Trata-se de um estudo dos gráficos dos anos anteriores do Rio Negro na região de Barcelos.
    https://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/41614-histórico-do-nível-do-rio-negro-em-barcelos/?page=5
    E aqui uma foto atual do gráfico com nível.

    E o q eu percebo nestes anos pescando por lá?!?!
    Que o nível ideal gira nos 3 metros...ficando perfeito, nos 2.5m / 2m...tb acho q abaixo disto, a água esteja muito baixa e quente, prejudicando demais a pescaria.
    Outra coisa q percebi nestes anos é que:
    - nunca o nível q você pega num ano, será igual no ano seguinte;
    - dois afluentes na mesma margem podem ter níveis completamente diferentes;
    - com nível alto, e água subindo, você pode SIM, pegar bons peixes;
    - com nível baixo, e água abaixando, você pode NÃO pegar bons peixes (claro q é muito difícil isto ocorrer, mas já pesquei em situações assim...mas este é o cenário ideal);
    - "cabeçada" de água descendo vai atrapalhar sua pescaria, não importa se está chovendo aonde você está ou não;
    - chuva atrapalha?!?! só se o nível estiver muito baixo e volume de chuva esfriar muito a água do rio;
    - calor atrapalha?!?!  só se for demais, e o nível estiver muito baixo. Os peixes grandes somem nesta situação;
    - o guia me ligou dizendo q o nível está top....Cuidado, ele pode estar precisando de dinheiro e está mentindo pra você;
    - início de temporada é melhor?!?! Mentira, a melhor pescaria que fiz foi no final da temporada. De dezembro a março a pressão de pesca diminui exponencialmente.
     
    Só sei que já vi de tudo. Vi pescarias fantásticas ocorrendo com água em 6m (e secando forte) e todos do barco pegarem muitos, mas muitos peixes grandes. Fui pra lá com nível em 5m, água também secando, mas não tão forte, e pegamos bem menos.
    Já subi num afluente famoso e não peguei nada....e, na semana seguinte, subi outro afluente e todos do barco pegaram muito peixe grande.
    Então é isso...estar na amazônia pescando tucunarés é uma grande dádiva q temos, não importa o nível da água. Uma hora acertamos a mão, em várias outras erramos, mas, de uma hora pra outra, somos presenteados com uma cena fantástica e um peixe grande....mas o melhor mesmo que arrecadei pescando por lá nestes últimos 15 anos, além de cenas incríveis, foram as centenas de grandes amigos e histórias que nunca esquecerei.
  5. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Cristiano Rochinha em Barcelos: medida CPRM e máxima ideal. Pesquisa   
    Cuca blz pura?!?!
    O bom deste assunto é q ele não se esgota nunca...rsrs
    Temos um tópico bem interessante sobre este assunto q pode ser lido clicando no link abaixo. Trata-se de um estudo dos gráficos dos anos anteriores do Rio Negro na região de Barcelos.
    https://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/41614-histórico-do-nível-do-rio-negro-em-barcelos/?page=5
    E aqui uma foto atual do gráfico com nível.

    E o q eu percebo nestes anos pescando por lá?!?!
    Que o nível ideal gira nos 3 metros...ficando perfeito, nos 2.5m / 2m...tb acho q abaixo disto, a água esteja muito baixa e quente, prejudicando demais a pescaria.
    Outra coisa q percebi nestes anos é que:
    - nunca o nível q você pega num ano, será igual no ano seguinte;
    - dois afluentes na mesma margem podem ter níveis completamente diferentes;
    - com nível alto, e água subindo, você pode SIM, pegar bons peixes;
    - com nível baixo, e água abaixando, você pode NÃO pegar bons peixes (claro q é muito difícil isto ocorrer, mas já pesquei em situações assim...mas este é o cenário ideal);
    - "cabeçada" de água descendo vai atrapalhar sua pescaria, não importa se está chovendo aonde você está ou não;
    - chuva atrapalha?!?! só se o nível estiver muito baixo e volume de chuva esfriar muito a água do rio;
    - calor atrapalha?!?!  só se for demais, e o nível estiver muito baixo. Os peixes grandes somem nesta situação;
    - o guia me ligou dizendo q o nível está top....Cuidado, ele pode estar precisando de dinheiro e está mentindo pra você;
    - início de temporada é melhor?!?! Mentira, a melhor pescaria que fiz foi no final da temporada. De dezembro a março a pressão de pesca diminui exponencialmente.
     
    Só sei que já vi de tudo. Vi pescarias fantásticas ocorrendo com água em 6m (e secando forte) e todos do barco pegarem muitos, mas muitos peixes grandes. Fui pra lá com nível em 5m, água também secando, mas não tão forte, e pegamos bem menos.
    Já subi num afluente famoso e não peguei nada....e, na semana seguinte, subi outro afluente e todos do barco pegaram muito peixe grande.
    Então é isso...estar na amazônia pescando tucunarés é uma grande dádiva q temos, não importa o nível da água. Uma hora acertamos a mão, em várias outras erramos, mas, de uma hora pra outra, somos presenteados com uma cena fantástica e um peixe grande....mas o melhor mesmo que arrecadei pescando por lá nestes últimos 15 anos, além de cenas incríveis, foram as centenas de grandes amigos e histórias que nunca esquecerei.
  6. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Carrão em Para a turma de Brasília: onde descer com o barco no lago?   
    Acho que aqui dá hein...
    Final do Lago Norte, estrada de terra logo depois da Paróquia Pai Nosso... (mas eu nunca tentei, não é certeza)
    Espero que ajude!
    Valeu!
     
  7. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Luciano Lopes em Não arremessa bem. Shimano Scorpions DC 7   
    Hehee....engraçado. Eu comprei uma do Jorel para testar...e ó....vou falar pra vcs q gostei muito, mas muito da carretilha.
    Todos sabem q só uso Zillion na AM...mas o Jorel vendeu barato essa carretilha e comprei. Usei apenas em 1 ocasião. Arremesso de Jig.
    E vou te falar, foi a melhor carretilha pra essa função q usei até hoje. Arremessava muito, mas muito mais longe q as minhas Zillions (e olha q elas são aleijadas para arremessar)....mas a Scorpion mandava mais longe, sem cabeleiras e tals.
    Depois acabei negociando a carreta em outra coisa, mas pq acho muito dinheiro parado para arremessar apenas jigs...Mas a minha impressão foi muito boa. 
  8. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Luciano Lopes em Não arremessa bem. Shimano Scorpions DC 7   
    Hehee....engraçado. Eu comprei uma do Jorel para testar...e ó....vou falar pra vcs q gostei muito, mas muito da carretilha.
    Todos sabem q só uso Zillion na AM...mas o Jorel vendeu barato essa carretilha e comprei. Usei apenas em 1 ocasião. Arremesso de Jig.
    E vou te falar, foi a melhor carretilha pra essa função q usei até hoje. Arremessava muito, mas muito mais longe q as minhas Zillions (e olha q elas são aleijadas para arremessar)....mas a Scorpion mandava mais longe, sem cabeleiras e tals.
    Depois acabei negociando a carreta em outra coisa, mas pq acho muito dinheiro parado para arremessar apenas jigs...Mas a minha impressão foi muito boa. 
  9. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Armando Ito em Carretilha Aldebaran 31 / 51 e BFS ???   
    31 e 51 são iguais ... só muda o carretel MGL na 31 ...
    a BFS tem carretel ( mais ) aliviado ( e raso ) e freio magnético ...
  10. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Marcos Ide em Histórico do nível do Rio Negro em Barcelos   
    Barcelos marcando 3,43. No período medido, só em duas temporadas o Rio Negro em Barcelos estava mais baixo. Há um mês atrás, com 6,3, era o maior nível verificado. 
    Sábado estaremos lá. 😄 
    sds
     
     
    2007/8
    2008/9
    2009/10
    2010/11
    2011/12
    2012/13
    2013/14
    2014/15
    2015/16
    2016/17
    2017/18
    2018/19
    Média
    9-set
    6,3
    6
    6
    5,2
    4,2
    5,4
    6,3
    6,7
    5,8
    5,7
    4,8
    7,1
    5,79
    16-set
    5,8
    5,1
    4,9
    4,8
    3,5
    5
    6,1
    6
    5
    4,8
    4,4
    6,7
    5,18
    23-set
    5,2
    4,9
    4,2
    4,5
    3,3
    4,9
    5,8
    4,9
    4,5
    4,3
    3,9
    6,3
    4,73
    30-set
    5
    4,6
    3,9
    4
    3,2
    4
    5,5
    4,6
    3,5
    4,3
    3,8
    5,8
    4,35
    7-out
    4,7
    4,4
    3,6
    3,4
    3,4
    3,8
    5,2
    4,3
    3
    4,2
    3,76
    5,12
    4,07
    14-out
    4,4
    4,2
    3,6
    2,9
    3,4
    3,8
    4,8
    3,7
    1,8
    4,1
    4,12
    3,98
    3,73
    21-out
    4,2
    4,1
    3,7
    2,5
    3,5
    3,5
    4,1
    4
    1,9
    4,2
    4,45
    3,43
    3,63
    28-out
    4,2
    4,3
    3,7
    2,5
    3,5
    3,3
    3,8
    4,5
    2,1
    4,1
    4,35
     
    3,67
    4-nov
    4,1
    4,4
    3,8
    2,6
    3,3
    3,5
    3,3
    4,5
    2,4
    4
    4,27
     
    3,65
    11-nov
    3,9
    4,4
    3,6
    2,4
    3,3
    3
    3
    4,4
    2,6
    4
    4,14
     
    3,52
    18-nov
    3,5
    4,2
    2,5
    2,5
    3,4
    2,8
    3,4
    4,3
    3
    3,75
    3,9
     
    3,39
    25-nov
    3,5
    4,1
    2
    3,6
    3,9
    2,6
    3,9
    4,1
    2,8
    3,5
    3,72
     
    3,43
    2-dez
    3,5
    4,2
    1,7
    3,8
    4
    2,7
    4,2
    4,3
    2,8
    3,2
    3,36
     
    3,43
    9-dez
    3,4
    4,4
    1,4
    4,1
    4,1
    2,5
    4,3
    3,8
    2,8
    3,68
    2,9
     
    3,40
    16-dez
    3,1
    4,9
    1,5
    4
    4,1
    2,4
    4,1
    3,2
    2,2
    3,5
    2,55
     
    3,23
    23-dez
    3,5
    5
    2
    3,9
    3,9
    2,5
    4,2
    3
    2
    3,7
    2,66
     
    3,31
    30-dez
    4,1
    5,2
    2,7
    3,9
    4
    3
    4,3
    2,8
    2,1
    4,38
    3,12
     
    3,60
    6-jan
    4,5
    5,6
    2,5
    3,9
    4,3
    3,2
    3,8
    2,9
    2,5
    4,86
    3,53
     
    3,78
    13-jan
    5
    5,9
    2
    4
    4,7
    3,5
    4
    2,8
    2,7
    5,5
    3,7
     
    3,98
    20-jan
    5
    6,2
    1,6
    4,1
    5
    3,2
    4,2
    3,1
    2,1
    6
    3,64
     
    4,01
    27-jan
    4,8
    6,7
    1,7
    4
    5,1
    2,8
    4,1
    3,5
    1,9
    5,8
    3,7
     
    4,01
    3-fev
    4,5
    6,7
    2
    3,9
    5,1
    2,2
    3,7
    4
    1,3
    5,54
    4,05
     
    3,91
    10-fev
    4
    6,5
    2,1
    3,8
    5,2
    2,2
    3,4
    4,2
    1
    5,32
    3,98
     
    3,79
    17-fev
    3,5
    6,4
    2,1
    4,1
    5,5
    2,8
    3,6
    4
    1
    5,4
    3,62
     
    3,82
    24-fev
    4
    6,2
    2
    4,2
    5,8
    3,7
    3,7
    3,9
    1,3
    5,3
    3,4
     
    3,95
    3-mar
    4,4
    6
    1,9
    4,2
    6,1
    4,9
    3,7
    3,9
    1,6
    5,12
    3,56
     
    4,13
    10-mar
    5
    5,8
    2
    4,3
    6,3
    5,8
    3,8
    4
    2
    5,2
    3,08
     
    4,30
    17-mar
    5
    5,7
    2,1
    4,7
    6,5
    6,1
    4,3
    4,2
    2,8
    5,8
    2,76
     
    4,54
    24-mar
    5,2
    5,8
    2,2
    5
    6,7
    6,1
    4,7
    4,5
    2,7
    6,14
    2,4
     
    4,68
    31-mar
    5,3
    6
    2,8
    4,9
    7
    6
    5
    5,1
    2,8
    6,8
    2,28
     
    4,91
    7-abr
    5
    6,84
    3,5
    5
    7,8
    5,9
    5,5
    6
    3,6
    6,5
    3,23
     
    5,35
    14-abr
    4,3
    7,04
    4,2
    5,1
    8,3
    5,7
    5,9
    6,1
    4,3
    6,8
    4,3
     
    5,64
    21-abr
    4,4
    7,11
    5
    5,7
    8,6
    5,5
    6
    6
    4,8
    7
    4,84
     
    5,90
    28-abr
    4,8
    7,18
    5,8
    6
    9
    6
    6,1
    6,3
    5,2
    7,3
    5,46
     
    6,29
    5-mai
    5,6
    7,2
    6,5
    6,5
    9,3
    6,6
    6,6
    6,6
    6
    7,6
    6,09
     
    6,78
    12-mai
    6,1
    7,2
    7,4
    7
    9,7
    7,3
    7,3
    7,3
    6,6
    7,9
    7
     
    7,35
    19-mai
    6,5
    7,3
    8,1
    7,8
    10
    8,1
    8
    7,4
    6,9
    8,1
    7,7
     
    7,81
    26-mai
    7
    7,2
    8,5
    8,6
    10
    8,4
    8,2
    7,6
    7,2
    8,3
    8,26
     
    8,11
    2-jun
    7,7
    7,22
    8,5
    8,9
    9,8
    8,6
    8,5
    7,9
    7,4
    8,3
    8,7
     
    8,32
    9-jun
    8,4
    7,3
    8,4
    8,4
    9,5
    8,7
    8,4
    8,2
    7,6
    8,1
    9,04
     
    8,37
    16-jun
    8,7
    7,9
    8,5
    9,2
    9,2
    8,8
    8,4
    8,3
    7,8
    8
    9,22
     
    8,55
    23-jun
    9
    8,4
    8,6
    9,4
    8,9
    8,9
    8,5
    8,4
    8
    8
    9,3
     
    8,67
    30-jun
    8,9
    9,1
    8,6
    9,4
    8,5
    8,8
    8,6
    8,5
    8,1
    8
    9,42
     
    8,72
    7-jul
    8,8
    9,4
    8,6
    9,5
    8,4
    8,6
    9
    8,5
    8,1
    8,2
    9,6
     
    8,79
    14-jul
    8,7
    9,1
    8,6
    9,3
    8,2
    8,3
    9,7
    8,5
    8,2
    8,3
    9,64
     
    8,78
    21-jul
    8,6
    8,8
    8,4
    8,9
    8,4
    8,1
    9,8
    8,4
    8,4
    8,3
    9,6
     
    8,70
    28-jul
    8,5
    8,5
    8
    8,5
    8,5
    7,9
    9,8
    8,3
    8,5
    8,2
    9,54
     
    8,57
    4-ago
    8,3
    8,1
    7,6
    7,9
    8,4
    7,7
    9,6
    8
    8,4
    7,96
    9,49
     
    8,31
    11-ago
    8
    7,8
    7
    7,4
    8
    7,5
    9,1
    7,6
    8,2
    7,65
    9,36
     
    7,96
    18-ago
    7,5
    7,3
    6,5
    6,9
    7,6
    7,1
    8,6
    7,3
    8
    7,13
    9,11
     
    7,55
    25-ago
    7
    6,8
    6
    6
    6,8
    6,8
    8,2
    6,9
    7,4
    6,38
    8,7
     
    7,00
    1-set
    6,5
    6,5
    6,4
    5,8
    5,5
    6
    6,5
    7,8
    6,3
    6,6
    8
     
    6,54
     

    nivel Rio Negro Barcelos 2007 2018 ano a.xlsx
  11. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Celso Mendonca em SIRN-1958,Foto Histórica   
    Q massa, Celsão...
    E o q tu andas fazendo (pescando) de bom?!?! srs.
    Some não.
  12. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Celso Mendonca em SIRN-1958,Foto Histórica   
    Hoje recebi essa foto fantástica de 1958.O presidente JK,na companhia do  Bispo do Alto Rio Negro,Dom Pedro Massa,em frente a Santa Isabel.
    Imagina o tamanho das lapas que moravam por ali......hehehehe 

  13. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guto Pinto em Bassboat - rodada a mais de 160Km/h...   
    ...não foi com a gente......ainda não tenho braço nem motor para chegar nesta velocidade ainda. ☺️
    Vídeo editado:
     
    Mas o fato aconteceu com o nosso amigo Walter Andreis e com o @Elias Neto. O vídeo do barranco foi feito pelo Juninho. O cara quase morreu do coração quando viu o barco rodar e jogar aquela água toda para o alto. No dia estávamos acompanhando os testes e puts, passamos vários minutos tensos até descobrirmos que todos estavam bem. O Juninho fez um pescador regional parar o que estava fazendo para leva-lo de rabetinha até o barco acidentado. 
    Fato que o barco estava a 102mph, ou 164Km/h quando a traseira do barco saiu da água (blowout). 🤪 
    O piloto vai subindo o trim, subindo o trim, até que a hélice "sai" da água, perde pressão, e o casco "cai" na superfície da água.
    Quando isso acontece, a quilha do barco toca na água (antes estava totalmente fora) e "sem" força para empurrar pra frente e "tirar" novamente a quilha da água, o piloto vira passageiro e o barco roda.
    Isso é mais comum de acontecer do que vcs imaginam...Já perdi a traseira do barco algumas vezes, em velocidade menor, claro...mas a pior q ocorreu conosco foi no torneio de Corumbá IV no ano passado. O meu irmão perdeu a traseira do barco a mais de 80mph na largada do torneio. Rodamos e, por competência dele, conseguimos voltar sem q o barco desplainasse e não fomos jogados na água. Imagine o sufoco de "curvarmos" a mais de 100Km/h e voltamos na contra mão dos barcos q estavam acelerando tudo!?!?!? hehehee...
    Voltando ao blowout do amigo...Todos dois foram jogados na água e, por sorte, nada de grave ocorreu com eles. Apenas alguns hematomas e a cueca melada...rsrs...brincadeira, o prejuízo maior ficou só no material mesmo.
    Vídeo completo: 
     
    A ideia do Walter em ter divulgado o vídeo foi o de demonstrar como é perigoso navegar naquela velocidade.
    Fato é q o barco estava balançando um pouquinho (o q é "normal")...mas o ponto crucial foi ele ter tirado os olhos do horizonte para olhar a velocidade no celular q estava na mão do amigo ao lado, quando perdeu a concentração no que estava fazendo e merd@ aconteceu.
    Tudo o que era móvel foi arrancado com a força da porrada. Das tampas das caixarias, até o capô do motor foi pro fundo. A lateral tomou um porrada tão grande que parte foi perdida tb, assim como um dos cockpits... ....Mas o barco continuou seco e boiando como deveria, e por sorte dos amigos.  
    Como eu conheço este mercado de bassboats, o q não vai faltar é especulação de q isso aconteceu pq o casco é isso, é aquilo e blá-blá-blá-blá....mas quem entende de bassboat um pouquinho, sabe q isso pode acontecer COM TODOS OS MODELOS, seja do Brasil ou do mundo. Basta digitar BLOWOUT aí no Youtube para ver vários casos ocorridos.
    Como disse acima, já dei blowout em velocidades muito, mas muito menores do q esta...rsrs..então, não caia na lábia de vendedor que só pensa em comissão e nunca passou de 80mph....
    O tópico está aberto...e vamos trocando ideia aqui pra baixo...
  14. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guto Pinto em Bassboat - rodada a mais de 160Km/h...   
    ...não foi com a gente......ainda não tenho braço nem motor para chegar nesta velocidade ainda. ☺️
    Vídeo editado:
     
    Mas o fato aconteceu com o nosso amigo Walter Andreis e com o @Elias Neto. O vídeo do barranco foi feito pelo Juninho. O cara quase morreu do coração quando viu o barco rodar e jogar aquela água toda para o alto. No dia estávamos acompanhando os testes e puts, passamos vários minutos tensos até descobrirmos que todos estavam bem. O Juninho fez um pescador regional parar o que estava fazendo para leva-lo de rabetinha até o barco acidentado. 
    Fato que o barco estava a 102mph, ou 164Km/h quando a traseira do barco saiu da água (blowout). 🤪 
    O piloto vai subindo o trim, subindo o trim, até que a hélice "sai" da água, perde pressão, e o casco "cai" na superfície da água.
    Quando isso acontece, a quilha do barco toca na água (antes estava totalmente fora) e "sem" força para empurrar pra frente e "tirar" novamente a quilha da água, o piloto vira passageiro e o barco roda.
    Isso é mais comum de acontecer do que vcs imaginam...Já perdi a traseira do barco algumas vezes, em velocidade menor, claro...mas a pior q ocorreu conosco foi no torneio de Corumbá IV no ano passado. O meu irmão perdeu a traseira do barco a mais de 80mph na largada do torneio. Rodamos e, por competência dele, conseguimos voltar sem q o barco desplainasse e não fomos jogados na água. Imagine o sufoco de "curvarmos" a mais de 100Km/h e voltamos na contra mão dos barcos q estavam acelerando tudo!?!?!? hehehee...
    Voltando ao blowout do amigo...Todos dois foram jogados na água e, por sorte, nada de grave ocorreu com eles. Apenas alguns hematomas e a cueca melada...rsrs...brincadeira, o prejuízo maior ficou só no material mesmo.
    Vídeo completo: 
     
    A ideia do Walter em ter divulgado o vídeo foi o de demonstrar como é perigoso navegar naquela velocidade.
    Fato é q o barco estava balançando um pouquinho (o q é "normal")...mas o ponto crucial foi ele ter tirado os olhos do horizonte para olhar a velocidade no celular q estava na mão do amigo ao lado, quando perdeu a concentração no que estava fazendo e merd@ aconteceu.
    Tudo o que era móvel foi arrancado com a força da porrada. Das tampas das caixarias, até o capô do motor foi pro fundo. A lateral tomou um porrada tão grande que parte foi perdida tb, assim como um dos cockpits... ....Mas o barco continuou seco e boiando como deveria, e por sorte dos amigos.  
    Como eu conheço este mercado de bassboats, o q não vai faltar é especulação de q isso aconteceu pq o casco é isso, é aquilo e blá-blá-blá-blá....mas quem entende de bassboat um pouquinho, sabe q isso pode acontecer COM TODOS OS MODELOS, seja do Brasil ou do mundo. Basta digitar BLOWOUT aí no Youtube para ver vários casos ocorridos.
    Como disse acima, já dei blowout em velocidades muito, mas muito menores do q esta...rsrs..então, não caia na lábia de vendedor que só pensa em comissão e nunca passou de 80mph....
    O tópico está aberto...e vamos trocando ideia aqui pra baixo...
  15. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a João Renato em Problema mercury 200 hp pro xs   
    Pessoal, agradeço a todos pelas dicas, trocamos as bombas e até o momento não apresentou mais problema.
  16. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Custom by Marco em Coisas do misterioso Rio Negro! ( AM) compartilhando   
    Remexendo álbuns de foto de papel eis que....
    Compartilhando
    Minha primeira viagem nos anos 90, precisamente em 92, para a pesca dos grandes tucunaré na região de Barcelos Manaus.
    Isso no tempo que não existia piloteiro, eram os pescadores "turistas" que tinham que saber pilotar o Poupa e o elétrico e achar onde estava o peixe.🤪
    Reparem no barco regional da época, hoooo... barquinho pesado e difícil navegar com motorzinho 15, principalmente quando passava as balsas da Petrobras  hehehhehehe
    O mais interessante foi essas escritas e gravuras nas pedras, que no minimo tem milhares de anos!
    Exatamente apos uma tempestade de vento e chuva que me da arrepio até hoje só de lembrar 😟😟



  17. Like
    Fabrício Biguá deu reputação a Marcos Ide em Histórico do nível do Rio Negro em Barcelos   
    A atualização demorou mas voltou, em parte pela irregularidade da CPRM/ANA na coleta de informações  do nível do Rio Negro em Barcelos.
    Nas temporadas 15/16, 17/18 e 18/19 o retorno da cheia atrasou possibilitando pescarias em Março. Será que vai se tornar uma constante este atraso?
    sds
     
    PS, Quem quiser ver melhor a planilha é só importar no final deste post.
     
    2007/8
    2008/9
    2009/10
    2010/11
    2011/12
    2012/13
    2013/14
    2014/15
    2015/16
    2016/17
    2017/18
    2018/19
    Média
    9-set
    6,3
    6
    6
    5,2
    4,2
    5,4
    6,3
    6,7
    5,8
    5,7
    4,8
    7,1
    5,79
    16-set
    5,8
    5,1
    4,9
    4,8
    3,5
    5
    6,1
    6
    5
    4,8
    4,4
    6,7
    5,18
    23-set
    5,2
    4,9
    4,2
    4,5
    3,3
    4,9
    5,8
    4,9
    4,5
    4,3
    3,9
    6,3
    4,73
    30-set
    5
    4,6
    3,9
    4
    3,2
    4
    5,5
    4,6
    3,5
    4,3
    3,8
    5,8
    4,35
    7-out
    4,7
    4,4
    3,6
    3,4
    3,4
    3,8
    5,2
    4,3
    3
    4,2
    3,76
    5,12
    4,07
    14-out
    4,4
    4,2
    3,6
    2,9
    3,4
    3,8
    4,8
    3,7
    1,8
    4,1
    4,12
    3,98
    3,73
    21-out
    4,2
    4,1
    3,7
    2,5
    3,5
    3,5
    4,1
    4
    1,9
    4,2
    4,45
    3,43
    3,63
    28-out
    4,2
    4,3
    3,7
    2,5
    3,5
    3,3
    3,8
    4,5
    2,1
    4,1
    4,35
    3,28
    3,64
    4-nov
    4,1
    4,4
    3,8
    2,6
    3,3
    3,5
    3,3
    4,5
    2,4
    4
    4,27
    3,21
    3,62
    11-nov
    3,9
    4,4
    3,6
    2,4
    3,3
    3
    3
    4,4
    2,6
    4
    4,14
    3,11
    3,49
    18-nov
    3,5
    4,2
    2,5
    2,5
    3,4
    2,8
    3,4
    4,3
    3
    3,75
    3,9
    3,05
    3,36
    25-nov
    3,5
    4,1
    2
    3,6
    3,9
    2,6
    3,9
    4,1
    2,8
    3,5
    3,72
    2,98
    3,39
    2-dez
    3,5
    4,2
    1,7
    3,8
    4
    2,7
    4,2
    4,3
    2,8
    3,2
    3,36
    3,3
    3,42
    9-dez
    3,4
    4,4
    1,4
    4,1
    4,1
    2,5
    4,3
    3,8
    2,8
    3,68
    2,9
    3,8
    3,43
    16-dez
    3,1
    4,9
    1,5
    4
    4,1
    2,4
    4,1
    3,2
    2,2
    3,5
    2,55
    4,28
    3,32
    23-dez
    3,5
    5
    2
    3,9
    3,9
    2,5
    4,2
    3
    2
    3,7
    2,66
    4,3
    3,39
    30-dez
    4,1
    5,2
    2,7
    3,9
    4
    3
    4,3
    2,8
    2,1
    4,38
    3,12
    4,3
    3,66
    6-jan
    4,5
    5,6
    2,5
    3,9
    4,3
    3,2
    3,8
    2,9
    2,5
    4,86
    3,53
    4,15
    3,81
    13-jan
    5
    5,9
    2
    4
    4,7
    3,5
    4
    2,8
    2,7
    5,5
    3,7
    3,66
    3,96
    20-jan
    5
    6,2
    1,6
    4,1
    5
    3,2
    4,2
    3,1
    2,1
    6
    3,64
    3,72
    3,99
    27-jan
    4,8
    6,7
    1,7
    4
    5,1
    2,8
    4,1
    3,5
    1,9
    5,8
    3,7
    3,72
    3,99
    3-fev
    4,5
    6,7
    2
    3,9
    5,1
    2,2
    3,7
    4
    1,3
    5,54
    4,05
    4,1
    3,92
    10-fev
    4
    6,5
    2,1
    3,8
    5,2
    2,2
    3,4
    4,2
    1
    5,32
    3,98
    4,15
    3,82
    17-fev
    3,5
    6,4
    2,1
    4,1
    5,5
    2,8
    3,6
    4
    1
    5,4
    3,62
    4,36
    3,87
    24-fev
    4
    6,2
    2
    4,2
    5,8
    3,7
    3,7
    3,9
    1,3
    5,3
    3,4
    4,43
    3,99
    3-mar
    4,4
    6
    1,9
    4,2
    6,1
    4,9
    3,7
    3,9
    1,6
    5,12
    3,56
    4,06
    4,12
    10-mar
    5
    5,8
    2
    4,3
    6,3
    5,8
    3,8
    4
    2
    5,2
    3,08
    3,7
    4,25
    17-mar
    5
    5,7
    2,1
    4,7
    6,5
    6,1
    4,3
    4,2
    2,8
    5,8
    2,76
    3,55
    4,46
    24-mar
    5,2
    5,8
    2,2
    5
    6,7
    6,1
    4,7
    4,5
    2,7
    6,14
    2,4
    3,76
    4,60
    31-mar
    5,3
    6
    2,8
    4,9
    7
    6
    5
    5,1
    2,8
    6,8
    2,28
    3,96
    4,83
    7-abr
    5
    6,84
    3,5
    5
    7,8
    5,9
    5,5
    6
    3,6
    6,5
    3,23
    4,1
    5,25
    14-abr
    4,3
    7,04
    4,2
    5,1
    8,3
    5,7
    5,9
    6,1
    4,3
    6,8
    4,3
     
    5,64
    21-abr
    4,4
    7,11
    5
    5,7
    8,6
    5,5
    6
    6
    4,8
    7
    4,84
     
    5,90
    28-abr
    4,8
    7,18
    5,8
    6
    9
    6
    6,1
    6,3
    5,2
    7,3
    5,46
     
    6,29
    5-mai
    5,6
    7,2
    6,5
    6,5
    9,3
    6,6
    6,6
    6,6
    6
    7,6
    6,09
     
    6,78
    12-mai
    6,1
    7,2
    7,4
    7
    9,7
    7,3
    7,3
    7,3
    6,6
    7,9
    7
     
    7,35
    19-mai
    6,5
    7,3
    8,1
    7,8
    10
    8,1
    8
    7,4
    6,9
    8,1
    7,7
     
    7,81
    26-mai
    7
    7,2
    8,5
    8,6
    10
    8,4
    8,2
    7,6
    7,2
    8,3
    8,26
     
    8,11
    2-jun
    7,7
    7,22
    8,5
    8,9
    9,8
    8,6
    8,5
    7,9
    7,4
    8,3
    8,7
     
    8,32
    9-jun
    8,4
    7,3
    8,4
    8,4
    9,5
    8,7
    8,4
    8,2
    7,6
    8,1
    9,04
     
    8,37
    16-jun
    8,7
    7,9
    8,5
    9,2
    9,2
    8,8
    8,4
    8,3
    7,8
    8
    9,22
     
    8,55
    23-jun
    9
    8,4
    8,6
    9,4
    8,9
    8,9
    8,5
    8,4
    8
    8
    9,3
     
    8,67
    30-jun
    8,9
    9,1
    8,6
    9,4
    8,5
    8,8
    8,6
    8,5
    8,1
    8
    9,42
     
    8,72
    7-jul
    8,8
    9,4
    8,6
    9,5
    8,4
    8,6
    9
    8,5
    8,1
    8,2
    9,6
     
    8,79
    14-jul
    8,7
    9,1
    8,6
    9,3
    8,2
    8,3
    9,7
    8,5
    8,2
    8,3
    9,64
     
    8,78
    21-jul
    8,6
    8,8
    8,4
    8,9
    8,4
    8,1
    9,8
    8,4
    8,4
    8,3
    9,6
     
    8,70
    28-jul
    8,5
    8,5
    8
    8,5
    8,5
    7,9
    9,8
    8,3
    8,5
    8,2
    9,54
     
    8,57
    4-ago
    8,3
    8,1
    7,6
    7,9
    8,4
    7,7
    9,6
    8
    8,4
    7,96
    9,49
     
    8,31
    11-ago
    8
    7,8
    7
    7,4
    8
    7,5
    9,1
    7,6
    8,2
    7,65
    9,36
     
    7,96
    18-ago
    7,5
    7,3
    6,5
    6,9
    7,6
    7,1
    8,6
    7,3
    8
    7,13
    9,11
     
    7,55
    25-ago
    7
    6,8
    6
    6
    6,8
    6,8
    8,2
    6,9
    7,4
    6,38
    8,7
     
    7,00
    1-set
    6,5
    6,5
    6,4
    5,8
    5,5
    6
    6,5
    7,8
    6,3
    6,6
    8
     
    6,54
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     

    nivel Rio Negro Barcelos 2007 2019.xlsx
     
  18. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Carocinho em Pré Estréia FISHING VIBES   
    Pessoal como pré estréia do meu canal (Fishing Vibes) lancei esse video para ja terem uma ideia de como vai ser ! 

    Foi uma manha de pesca de Kayak em Miami atras dos SailFishs, que não apareceu , mais tive uma outra surpresa ! Confiram e me passem o Feedback 
     
    Se gostou se de o seu Like e se inscreva no canal !
    Quarta - Feira lançamento Oficial Episodio Amazonia 
  19. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Jean.Posser em 10 Dicas de Ouro para se fisgar um tucunaré amazônico.   
    Matéria publicada na revista Turma do Biguá News - Edição Ago09

    Aqui as 10 Dicas de Ouro

    Pescar no médio Rio Negro é sempre uma grande experiência e uma grande aventura. Disso não temos dúvidas.
    O alto investimento no passeio e a enorme amplitude de variáveis climáticas que podem interferir na sua pescaria são os fatores principais a serem observados pelos novatos. A diferença entre o sucesso e o fracasso é tão pequena, que mesmo se cercando de enormes cuidados você não terá a certeza do sucesso. Imagine então, se a sua pescaria é realizada sem um bom planejamento prévio????

    Resolvemos nessa edição postar um conjunto de 10 Dicas de Ouro, para que a sua próxima pescaria por lá esteja muito bem encaminhada.

    Dica 01: Não seja mais inexperiente do que você já é.
    Jamais se aventure na região sem saber exatamente o que vc pode encontrar pela frente. Opte sempre em ir com pescadores que por lá já estiveram. Por mais experiente que você seja como pescador, você descobrirá que mesmo depois da sua décima pescaria na região do Rio Negro, você ainda sabe muito pouco sobre aquele lugar gigantesco. E olhe que conheço pessoas que já completaram 83 semanas de pesca por lá e continuam aprendendo.

    Dica 02: A escolha do rio.
    Comentamos muito sobre isso no fórum, mas se você quer qualidade de peixe, e não quantidade, deverá procurar um afluente que tenha a menor pressão de pesca da temporada e buscar a sua cabeçeira. De qualquer forma isso não garantirá a sua pescaria. Água muito baixa (e quente), pode ser pior que um repiquete.

    Dica 03: Escolha a melhor data.
    Aqui está uma das dicas mais importantes de todas. De nada adianta você observar todas as dicas anteriores (ou posteriores), se você ignorar essa daqui. Ela só não é a primeira dica de ouro, visto que um pescador experiente escolherá naturalmente a melhor data da temporada. O ideal seria você escolher a sua semana de pescaria faltando apenas 15 dias para a sua partida. Sabemos também que isso nem sempre é possível por conta da agenda dos operadores. A água está abaixando e, toda a turma da semana pegou peixe, arrume suas malas e parta pra lá.

    Dica 04: Roupas de Pesca.
    O Rio Negro não possui mosquitos e pernilongos. As suas ácidas águas cor de Coca-Cola não permitem que as larvas desses insetos fecundem, mesmo que em águas paradas, então, o segredo é levar roupas leves, boné, óculos escuros e muito protetor solar. Camisetas + bermudas/shorts + sandálias + boné + óculos escuros + protetor solar fator 50 = menos desidratação após um dia de pescaria sob um calor de matar, sobrando mais energia e disposição para o dia seguinte.

    Dica 05: A "tráia" de Pesca.
    Nunca subestime o tucunaré, nunca. Não entre nessa conversa que linhas finas (50lb pra baixo, inclusive), varinhas 17lb e 20lb, e garatéias fracas são suficientes para se capturar um monstro. Tudo deve estar em condições, tudo deve ser superdimensionado. Eu já vi dezenas de linhas 65lb, e até mesmo 80lb estourarem, varas de 25lb explodirem na porrada e já ouvi centenas de relatos de pescadores experientes que perderam o peixe de sua vida por não estarem preparados. Tb já vi enormes peixes serem pegos com pequenas iscas, que foram engolidas e fisgaram língua, guelrras e/ou interior da boca....mas e aí, vc irá arriscar a sorte sempre? Eu não.
    Varas são de 25lb, linhas de 65lb ou 80lb, carretilhas de boa marca e as garatéias e rings reforçados.

     Dica 06: A sua segurança.
    Esteja sempre preocupado com a sua segurança e com a de todos que estão com você. Ao ser detectada, por qualquer um dos membros do grupo, a menor falha ou falta de segurança na empreitada, PARE IMEDIATAMENTE e envide todos os esforços no sentido de sanar tal problema. Coletes salva-vidas, aparelhos GPS, telefone global, rádios walkie talk, rojões, mapas,
    óculos, etc...garantirão segurança ao grupo desde a sua partida, até o seu retorno. Um dos membros do grupo deve ser o responsável por apontar as prováveis falhas de segurança da viagem.

    Dica 07: A hora do almoço.
    Por mais incrível que possa parecer, o horário do nosso almoço é o mesmo dos grandes tucunarés. O melhor horário para fisgá-los vai de 9:30h até as 15:30h, portanto, tente pescar integralmente nesse horário. Faça um lanche rápido às 10h, e outro às 15h, mas não deixe de pescar no melhor horário.
    O comportamento dos peixes de lá é muito diferente dos nossos tucunarés azuis de reservatórios artificiais.

     Dica 08: Não exagere nas bebidas alcoólicas.
    99% dos acidentes que acontecem em pescarias são causados por bebuns, pé inchados e por aí vai. Beba, mas sem exageros. Uma garatéia fisgada no couro de um parceiro, um tombo dentro do barco, uma briga desnecessária, tudo isso é motivo para abortar a pescaria dos seus sonhos (e dos seus amigos também). Aquela que vc passou meses planejando. Exagere na água, na água e na água (a que passarinho bebe).

    Dica 09: Sorte ou Dedicação!?!?
    Sabemos que a sorte é um fator fundamental para o seu sucesso e devemos contar sempre com ela. Você pode pegar o peixe da sua vida no primeiro arremesso? Sim, pode, mas a probabilidade de que isso ocorra é de 01 em 01 zilhão, então meu amigo pescador, se você quer realmente fisgar um tucunaré com mais de 10Kg, arregasse as mangas da sua camisa e esteja preparado para caçá-lo. Dedique-se na empreitada e, nos 06 ou 07 dias da sua pescaria é melhor você correr atrás da sua sorte. Não pare nunca, não desista nunca. A sua isca deve estar sempre dentro da água.

    Dica 10: Mantenha o bom humor sempre.
    Todo novo pescador que se aventura na região amazônica acredita que logo em sua primeira pescaria irá sair de lá vitorioso e com o seu recorde pessoal batido. Calma, muita calma nessa hora. A maior parte dos grupos q se aventuram por lá, e que não pegam bons peixes, ao perceberem a dificuldade de acertar um grande peixe, começam a colocar a culpa no céu que está muito azul, na comida que está muito boa, na cerveja que está muito gelada e em pequenos detalhes que passariam despercebidos caso o grupo estivesse pegando muitos peixes grandes. As chances de você fracassar são muito maiores que a de ter sucesso, então, relaxe, pesque, fotografe, sorria, observe e, quem sabe, você não será presenteado? O importante mesmo é não estressar, estressar a tripulação, o seu parceiro e aumentar ainda mais as chances de você fracassar.


  20. Thanks
    Fabrício Biguá deu reputação a André V Shinzato em Mais um retrospecto do FTB   
    Muito legal o tópico....e em novembro fará 12 anos que estou ligado aqui. Apesar de ter poucos posts, sempre estive espiando e aprendendo muito aqui! Muita coisa mudou tb nesse tempo (casei, duas filhas, mudei de cidades, etc ), pesquei 6 vezes na Amazônia (sempre usando as dicas da galera mais experiente) e o acesso que antigamente era via computador hj eh soh via telefone...enfim, que venham mais muitos anos aprendendo aqui. Parabéns a todos!
    Abs!
  21. Thanks
    Fabrício Biguá deu reputação a Max em Mais um retrospecto do FTB   
    Eu ainda estou vivo 😄😄kkkk   ano excelente , fiz muito e muitos amigos ... e o melhor de tudo combinamos e fizemos muitas pescarias nos anos subsequentes ... agradeco demais ao fórum que me propiciou isso .... 
  22. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Paulo Pereira de Lima em Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção 2018   
    Boa noite amigos pescadores!
    Saiu a última edição do Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção 2018. Elaborado pelo Instituto Chico Mendes.
    Pra se ter uma ideia, não era lançada uma nova edição deste estudo desde 2008.
    Infelizmente 10% de nossa fauna está ameaçada de extinção☹️ Entre estes, muitos peixes: surubim, matrinchã, mandi moela...
    Notícia boa é que a piraíba e a pirarara não foram incluídos no estudo como ameaçados. (O que de modo algum nos autoriza a matar tais animais, e nenhum outro que não tenha sido citado no texto)
    Resolvi divulgar aqui pois acho importante que todos conheçam as espécies ameaçadas, que se fale sobre isto, que se divulgue. Estamos aqui entre conscientes protetores da natureza e devemos multiplicar esta consciência.
    Grande abraço!
     
    dcom_sumario_executivo_livro_vermelho_ed_2016.pdf
  23. Haha
    Fabrício Biguá deu reputação a Astra-Taranis em Um retrospecto do FTB   
    Kkkkkkkk lindinhhooo !!
  24. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Custom by Marco em De um cliente que se transformou em amigo ( Diego Juliana) membro bigua   
    🤩 O que podemos falar?
    Me faltam as palavras para descrever o sentimento de enviar algumas varas que pareciam medias, pra remontar e receber jóias de volta ateh minha esposa que nem sabia me agradeceu muito pela vara que recebeu de presente.
    O valor dentro do razoável, mas a dedicação não tem preço, nada como alguém que ama o que faz.
    Muito obrigado. Marcão, Bete e colaboradores da Custom By Marco.
    Começamos como clientes e saimos como amigos.
    Tudo de bom pra VCS. 
    Diego&Juh!!!
     
    Eu só senti não ter feitos fotos no estilo do Custom by Marco pois fiquei sem baterias carregadas e no dia seguinte o leo levou para uma pescaria a maquina ehehehheehhe
    Mas valeu muito mais sua visita junto com sua esposa.


  25. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de FabianoTucunare em Construção de barcos hoteis   
    Blz pura, Flávio?!?!? Seja bem vindo.
    Rapaz...a primeira coisa a se fazer é procurar um estaleiro próximo a cidade em que este barco vai ficar.
    Não adianta indicarmos um sem saber de onde ele irá partir, ou onde ele irá ficar. Muitas destes barcos não podem ser transportados.
×