Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Fabrício Biguá

Administrador
  • Total de itens

    14.049
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    84

Histórico de Reputação

  1. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Breno Rabelo Carneiro em Torneio de pesca esportiva no Lago Paranoá - Brasília   
    Blz pura, Leonardo...Seja muito bem vindo ao FTB. Prazer tê-lo por aqui.
     
    Sobre o torneio em BSB, particularmente, acho-o muito pouco divulgado (desde sempre). Mas respondendo suas perguntas:
    1 - tilápia e tucunaré...mas já foram vistos cacharas e outros peixes.
    2 - onde tem menos gente e embaixo dos decks.
    3 - onde quiser, desde que não vá arremessar nas pessoas ou locais proibidos (tipo áreas do Governo/PR/VicePR).
     
    Mas pra mim, alguns problemas são recorrentes quanto ao nosso torneio aqui no DF.
    Depois do torneio não se tem uma repercussão interessante que motive os pescadores a voltarem, e a convidarem novos pescadores para o ano seguinte.
    Premiação (q sempre é complicado conseguir, ainda mais nesta crise), mas tb é pouco atrativo.
    Peixes, que é objetivo principal, tb é em baixo número e de tamanho não muito atrativo.
    Lago Paranoá durante o final de semana é repleto de grandes embarcações, o que dificulta muito a pesca e contato pescador vs natureza. 
     
    Sei que organizar um torneio é complexo e exige muita dedicação. Tiro o chapéu para quem dá a cara para bater neste tipo de evento...mas acredito q com um pouco mais de divulgação e ajuste, ele pode sim, se tornar mais atrativo.
     
    😉
  2. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Leonardo Barbosa Jacomini em Torneio de pesca esportiva no Lago Paranoá - Brasília   
    Blz pura, Leonardo...Seja muito bem vindo ao FTB. Prazer tê-lo por aqui.
     
    Sobre o torneio em BSB, particularmente, acho-o muito pouco divulgado (desde sempre). Mas respondendo suas perguntas:
    1 - tilápia e tucunaré...mas já foram vistos cacharas e outros peixes.
    2 - onde tem menos gente e embaixo dos decks.
    3 - onde quiser, desde que não vá arremessar nas pessoas ou locais proibidos (tipo áreas do Governo/PR/VicePR).
     
    Mas pra mim, alguns problemas são recorrentes quanto ao nosso torneio aqui no DF.
    Depois do torneio não se tem uma repercussão interessante que motive os pescadores a voltarem, e a convidarem novos pescadores para o ano seguinte.
    Premiação (q sempre é complicado conseguir, ainda mais nesta crise), mas tb é pouco atrativo.
    Peixes, que é objetivo principal, tb é em baixo número e de tamanho não muito atrativo.
    Lago Paranoá durante o final de semana é repleto de grandes embarcações, o que dificulta muito a pesca e contato pescador vs natureza. 
     
    Sei que organizar um torneio é complexo e exige muita dedicação. Tiro o chapéu para quem dá a cara para bater neste tipo de evento...mas acredito q com um pouco mais de divulgação e ajuste, ele pode sim, se tornar mais atrativo.
     
    😉
  3. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Valtolino em Bateria para elétrico e partida   
    Eu uso Moura Boat. Uma das minhas baterias tem 4 anos, e funciona muito bem.
     
    Pelo que entendi a Moura Boat une o q tem de melhor entre a estacionária e a automotiva.
     
    Pode ir sem medo de ser feliz. 
  4. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guilherme Oliveira Barion em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  5. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Guilherme Oliveira Barion em Qual o papel real das agências e agenciadores de pacotes na Amazônia   
    O Marcel foi perfeito...
     
    Caso o responsável/formador do grupo tenha plena condição de resolver estes "B.Os", eu vou pescar com ele sem o menor problema. Ele está ganhando a free?!?!? Não me importa, gerenciar pessoas dá sempre trabalho e, se o formador do grupo já esteve 1000 vezes naquele local, certamente a experiência dele conta E MUIIITTTOOO. O mínimo é ele ganhar alguma coisa por isso, afinal, ele trocou a pescar por lazer, pela pesca como trabalho (q fica muito mais chata).
    Eu, quando confio no operador e sei q mesmo no caso de falhas ele irá reparar $$$$ o problema, não tenho medo de contratar diretamente.
    Agora, quando tenho 1% de suspeita de que o operador é "complicadinho" e que poderá fazer da minha pescaria um inferno, vou lá em contrato a agência...pois, como disse o Marcel, será corresponsável pelo contrato.
     
    Analise o custo x benefício e desencane com o resto. 
  6. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em Qual o papel real das agências e agenciadores de pacotes na Amazônia   
    O Marcel foi perfeito...
     
    Caso o responsável/formador do grupo tenha plena condição de resolver estes "B.Os", eu vou pescar com ele sem o menor problema. Ele está ganhando a free?!?!? Não me importa, gerenciar pessoas dá sempre trabalho e, se o formador do grupo já esteve 1000 vezes naquele local, certamente a experiência dele conta E MUIIITTTOOO. O mínimo é ele ganhar alguma coisa por isso, afinal, ele trocou a pescar por lazer, pela pesca como trabalho (q fica muito mais chata).
    Eu, quando confio no operador e sei q mesmo no caso de falhas ele irá reparar $$$$ o problema, não tenho medo de contratar diretamente.
    Agora, quando tenho 1% de suspeita de que o operador é "complicadinho" e que poderá fazer da minha pescaria um inferno, vou lá em contrato a agência...pois, como disse o Marcel, será corresponsável pelo contrato.
     
    Analise o custo x benefício e desencane com o resto. 
  7. Thanks
    Fabrício Biguá deu reputação a Marcel Werner em Qual o papel real das agências e agenciadores de pacotes na Amazônia   
    Perfeito, mas podemos acrescentar mais. Eu sou operador e optei por aceitar o convite de uma agência para trabalhar na minha agenda. 
     
    Agências não devem ser confundidas com formadores de grupos. 
     
    Agências são empresas constituídas, que irão responder solidariamente em caso de problema que deva ser resolvido em via judicial. Ao comprar numa agência, você tem 2 empresas se responsabilizando pela sua viagem. Exija sempre contrato com a agência - e a agência também tem (ou deveria ter) contrato com a operadora. 
     
    Uma agência que conhece todos os requisitos legais para funcionamento de cada operação de pesca e cobra de todos os seus operadores que cumpram todas as etapas. Você ficaria surpreso de saber a proporção dos pescadores que estão vindo pra Amazônia, por exemplo, com risco de suas pescarias serem interrompidas ou mesmo não acontecerem devido a uma fiscalização. Caso a agência te venda um pacote de um operador e aconteçam problemas, por exemplo: “a operação é ilegal, não tem CNPJ nem as 5284 licenças necessárias, é fechada pela fiscalização e você já pagou” a agência deve ser responsabilizada sozinha. Exija contrato, sempre. 
     
    Caso a operação tenha algum problema técnico ou administrativo (já houve casos em que o barco-hotel virou, outro pegou fogo, empresas que faliram às vésperas da temporada, operador que morreu etc.), a agência fará o possível para que os clientes sejam realocados pra outra estrutura (caso assim o queiram), a fim de aproveitarem a data, os voos já pagos, a expectativa e tudo mais que foi programado com antecedência. Depois, a agência vai resolver com o operador nos bastidores, o que importa é o cliente ser atendido!
     
    A comissão média pedida pelas agências no Brasil é de 10% do preço do pacote. O cliente não paga nada a mais. O operador é que está pagando para:
    1- ter acesso a clientes que ele não teria diretamente 
    2- dar ao cliente uma segurança maior
    3- ter uma segurança extra em caso de problemas que o agente possa ajudar. 
     
    O formador de grupo é um cliente que reúne mais pessoas até formar o grupo do tamanho que a operação comporta, compartilhando a experiência dele de já ter ido antes, ratificando a qualidade da operação de maneira informal, e só. Não se responsabiliza por nada e não tem condições de resolver problemas complexos. Geralmente, o formador de grupo ganha a pescaria dele, vai grátis, o que pode significar até mais do que uma agência cobraria. 
     
    O formador de grupo, se for alguém que agrega conhecimento (que é a única coisa que ele pode fazer), pode ser útil a alguém que está indo pela primeira vez. Eu mesmo, quando pesquei pela primeira vez na Serra da Mesa fui com um grupo, no Lago do Peixe fui com um grupo, em Barcelos fui com um grupo, tudo isso em 2012, daí aprendi o suficiente para me virar sozinho e fechei as próximas pescarias sempre direto, além das vezes que fui pescar sem operador - sim, para que eu pudesse aprender como me tornar um. 
     
  8. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Rodrigo de Souza Gonçalves em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  9. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Henrique Rossini em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  10. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Edmar Alves em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  11. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Octávio Amaral em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  12. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Eder Nascimento em Três Marias Espetacular, Dezembro/2019 – Para fechar o ano com chave de ouro – Guia Jaida Machado   
    Puts....só placa, hein, Eder?!?!
    Parabéns pela bela pescaria e por compartilhar sua aventura conosco. 👏
  13. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Eder Nascimento em Três Marias Espetacular, Dezembro/2019 – Para fechar o ano com chave de ouro – Guia Jaida Machado   
    Três Marias Espetacular, Dezembro/2019  – Para fechar o ano com chave de ouro – Guia Jaida Machado
     
    Nos últimos dias 12, 13 e 14 de Dezembro realizamos uma pescaria surreal no Lago de Três Marias.
    Abastecido pelas águas do Rio São Francisco o Lago de Três Marias tem água cristalina e nesta época do ano apresenta uma cor esverdeada com azul turquesa incrível, que em alguns pontos você se sente no Caribe.
    E é nessas águas que mora o famoso tucunaré azul, Cichla piquiti, mais conhecido como azulão de Três Marias, além do valente e muito briguento tucunaré amarelo, Cichla Kelberi. Muitas outras espécies também são encontradas no lago. Mas para os amantes das tomadas de linha os destaques são esses dois, além das traíras que por muitas vezes também fazem a nossa alegria.
     
    A viagem
     
    Partimos para Três Marias no dia 11, sempre bom ir um dia antes para organizar tudo. Meu grande amigo Igor Toniato pousou em Confins bem no início da manhã e eu o outro grande amigo Rogério Lima fomos buscar ele no aeroporto e de lá mesmo partimos para estrada.
    Viagem tranqüila, muito bate papo e risadas lembrando das nossas aventuras na Amazônia, é cada história que chegamos em Três Marias em um piscar de olhos.
    Tudo organizado e era apenas esperar o outro dia para pescar, as notícias eram muito boas, desde o torneio a pesca estava muito produtiva, com grandes exemplares.
     
     
    Primeiro dia de pesca
     
    Logo pela manhã bem cedo após um bom café da manhã partimos para o ponto de encontro no Lago, utilizamos a estrutura do Guia Helder para embarcar. Helder é um cara super do bem e também um excelente guia que oferece uma estrutura muito boa.

    Eder, Igor Toniato e Rogério Lima
     
    Descendo a rampa nosso guia já estava lá, e era nada mais nada menos do que um dos caras que mais admiro dentro da pesca esportiva, o amigo Jaida Machado, conhece muito de pesca e um grande apaixonado por tudo que esta relacionado à pesca esportiva.
    Mesmo com muito vento pela manhã acertamos bons peixes e por volta das 11h da manhã Rogério acerta o troféu do dia, um belo azulão de 59.5 cm. O peixe brigou bonito e depois de embarcado sessão de fotos e peixe liberado.
    Durante a tarde muitos peixes de pequeno e médio porte, alegria garantida e mesmo com vento tivemos um bom dia de pesca.

    Bela traíra capturada pelo Rogério.
     

    Belo azul de 59.5cm 
     

    Muitos amarelos deste porte de valentia incrível
     
    Segundo dia de pesca
     
    Que dia senhores, que dia!
    Água parada, zero de vento e muito peixe.
    Depois de alguns pequenos tucunas Rogério acerta o primeiro 60up da pescaria, 61cm de uma bela briga.
     

    Que placa senhores! Que placa!   61cm
     

    Jaida Machado
     
    Pouco tempo depois eu avisto um casal na praia de não penso duas vezes, arremesso preciso e o machão entrou na isca, a fêmea saiu para o fundo. Briga no limpo e macho de 59cm embarcado.Nesse momento Jaida Machado mostrou sua experiência, colocou o macho no viveiro, que ficou muito bem oxigenado e nos instruiu a continuar batendo isca subindo a praia e que voltaríamos batendo isca descendo a mesma praia que a fêmea estaria lá esperando o macho. E foi dito e feito, depois de cerca de 15 minutos descendo a praia Igor acertou a fêmea que também brigou no limpo com seus 57cm.
    Depois de uma bela briga soltamos os namoradinhos juntos que saíram bonitos um ao lado do outro, cena linda de se ver.

    Esse boné nunca falha em Três Marias - 59cm                                          57cm
     

     

     
    Um dia com muitos peixes.
     

     
    E o dia seguiu com muitos peixes, amarelos saltando ferozmente da água para acertar as iscas e diversão garantida.
    Numa pequena ilha puxei a minha isca de superfície que estava indo ficar presa em galho ao puxar a isca um amarelão salta todo para fora da água e erra a isca, que susto! Nesta hora olhei para minha direita e no final desta ilha em um parte muito rasa avistei um casal gigantesco de tucunaré azul. Porém fiquei calado, estava muito longe e não tinha certeza, não queria passar vergonha. Mas quando senti que conseguiria alcançar no arremesso eu fui preciso os peixes apenas ameaçarão a atacar a superfície, recolhi na velocidade da luz e passei a mão no conjunto que estava com a isca XT3.
    Mais um arremesso preciso que passou no meio do casal e o macho ataca primeiro, a briga mais linda da minha vida e a fêmea ao lado muito brava esperando a vez dela. Rogério jogou uma superfície e ela ameaçou. Gritei com eles para jogar isca de fundo, Rogério jogou a brutal e não acertou logo em segui orientei ao Igor jogar o spinner e ele foi certeiro, que duble! Detalhe que no dia que chegamos a Três Marias tinha orientado ao Igor para deixar um conjunto montado com spinner porque seria nele que sairia o 60up dele.
    63.5cm
    64.5cm

    63.5cm                                                                                                        64.5cm 

    Mais um duble para conta - Fazendo dubles com este parceiro desde 2017 no Trombetas.

     

     
    Depois disso ainda acertamos muitos peixes, alguns em cardume. O dia foi incrível.

     
    Terceiro dia de pesca
    Dia com muito vento, mas ainda assim pegamos uma quantidade boa de peixes eu ainda acertei um belo azul. Não fotografamos os menores neste dia.
     

     
    Bastidores
     

    Seu Alevino, pensa num menino bom de garfo.
     

    Descontração total no barco e aquela saudade de Camaiu Camp.           Momento do click.
     
    Atendimento do guia
     
    Preciso deixar uma menção honrosa para Jaida Machado, não apenas pelo belo Bass Bout Quest Angler com motor Yamaha 250hp. Mas sim pelo seu atendimento diferenciado, tudo feito com muito carinho para o pescador.
    Serviço de primeiríssima qualidade, café quente servido a qualquer momento do dia, equipamento disponível para emprestar para o cliente, iscas diferenciadas e até abacaxi gelado foi servido.
    Além de todo material fotográfico e de vídeo disponibilizado para o cliente, uma atendimento que ainda não tinha recebido em Três Marias e olha que já pesquei com alguns guias top por lá, mas com esse atendimento ainda não vi nada que chegue perto.
    Por isso deixo aqui os contatos e super indico para quem gosta de um atendimento de qualidade e um guia com muito conhecimento.
     

    Jaida Machado – (31) 93998272
    Instagran: @jaidamachado @machadopescaesportiva
    Facebook: Jaida Machado
     

    Uma pescaria que ficará registrada para sempre na minha memória não apenas pelos peixes, mas por esses caras ai principalmente.
     

    Teve até premio para quem pegou os maiores peixes.                                Os demais também ganharam, merecido pegaram bons peixes nos dias anteriores.
     
    Agradecimentos
    Em primeiro lugar agradeço a Deus pela minha saúde e pelos amigos que ele me deu através da pesca esportiva. Minha família que é compressiva na minha ausência e torce para que eu acerte a pescaria.
    Aos amigos que se deslocaram de longe para estar comigo e que confia em mim.
    Ao trabalho espetacular de Jaida Machado que fez a diferença.
     

    A isca dos gigantes e que mais pegou peixe.
  14. Thanks
    Fabrício Biguá deu reputação a Octávio Amaral em Redai encerrando as atividades?   
    O consumidor tem o maior poder nas mãos, o da escolha...
    Logo, se acha o produto/serviço caro demais, procure um mais barato...  ou vice e versa...
    Acho errado alguém julgar o preço de um produto/serviço... a final, definir preço no produto/trabalho dos outros é fácil demais...
     
  15. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Henrique Rossini em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Eu sou fã da PP para amazônia...agora, para os azuis aqui de Serra da Mesa (q podem passar dos 4Kg) eu super recomendo a Triump 40lb (4 fios). Pense numa linha resistente?!?! Ela é mais.
    Já usei de tudo...de linhas baratas, linhas 8 fios, linhas caríssimas, e etc...Essa Triump é imbatível.
     
    E o mais engraçado....a mesma Triump 60lb não presta para a amazônia.
     
     
  16. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Kid M em LIBERADA A PESCA ESPORTIVA 12 MESES POR ANO EM GOIÁS   
    Importante ter em mente que pescar de forma esportiva (com pesque e solte) é uma alavancagem positiva ao tema preservacionista.
    Claro que haverão aqueles que se sentirão "donos do pedaço" e desrespeitarão o processo educacional, mas mudança de cultura é assim mesmo, dia após dia, com pequenas vitórias sendo somadas a cada instante. Manter o segmento da pesca amadora ativa no centro do país é algo que me parece positivo demais, e certamente servirá de exemplo para outros estados acompanharem... Não estou falando apenas de pescar, mas tudo aquilo que está atrelado à essa atividade, desde fornecedores, hotéis, piloteiros, economia do local, enfim, coisa muita... Não tenho receio em afirmar que serão esses mesmo usuários que se tornarão os principais defensores das regras ribeirinhas em Goiás ! Isso é garantia de uma alternativa que antes era parcialmente anulada (ou represada) para a vida de todo esse conjunto de ações. Vamos esquecer de tirar o peixe (cota zero) para ser transportado (mesmo aquele para ser comido em casa...) e voltar mais vezes para o local da alegria, onde os cardumes irão crescer a cada piracema ou repovoamento das espécies.
    Parabéns àqueles que conseguiram VER e APROVAR essa "nova forma de manejo" pró-pescador amador ! Tem tudo a ver...  
  17. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Fabricio.Passos em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Q fera, Fabrício.
    Obrigado por compartilhar a sua aventura conosco...
    Belíssimos peixes...
  18. Thanks
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Vanderlei Alves em Red Pepper Magum, como trabalhar?   
    Vanderlei....sério...eu usei esta isca por 10 minutos e desisti...rsrs
    Primeiro q ela é super pesada....depois é q ela não é lá essas coisas não. 
    Já vi sim, no Jurubaixi, uns amigos pegarem 2 monstros (tipo 2 peixes de 9Kg) com a Red Pepper um pouco menor.
     
    Jamais trocaria uma Jumping Minow por uma Magnum. 
     
    Mas, respondeu a sua pergunta, ela trabalha como uma Firestick ou um stick qualquer...só q você tem q usar um cabo de vassoura para dar a afundada na isca...rsrs
     

  19. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Fabricio.Passos em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Bom meus amigos bora aproveitar o feriado para escrever o relato da melhor pescaria da minha vida. Devo muito ao fórum o sucesso desta viagem, pois aqui recebi a indicação da excelente Cabana Quatá. Cabe um elogio para a operação em geral (estrutura, cozinheira de primeira, guias excelentes, barcos novos e uma localização muito boa onde ficamos bem isolados e praticamente não vimos outros barcos.

    Na saída de Minas infelizmente tivemos um grande problemas com a LATAM e um atraso de mais de dez horas na chegada a Manaus. Enquanto a LATAM procurava nossas malas que tinham perdido, fui comer o tal KFC, Starbucks, tomar um choop e deu tempo até de jogar baralho.

     
    Chegando em Manaus já na madrugada do dia 16/10 ficamos no Hotel DaVinci e logo cedo já tomamos um café reforçado e partimos para o excelente passeio do encontro das águas, cidade flutuante e pesca do pirarucu.
    Turma uniformizada saindo do Hotel

    Pescaria do pirarucu é uma experiência sensacional

    Tomar uma cerveja num bar flutuante também foi bem diferente e divertido.

    A região de Presidente Figueiredo, caminho para Balbina, é muito famosa pelas belíssimas cachoeiras e paramos para almoçar em um restaurante bem ao lado de uma delas.

    Bora falar de peixe que é o que a turma gosta e graças a Deus teve de monte. No lago de Balbina habitam os tucunarés Cicla Vazorelli e são peixes muito fortes, mas que segundo tinham me falado dificilmente passam de 60cm. De acordo com alguns tucunarés acima de 50cm são considerados troféus e na maioria das vezes saem mais os pequenos.
    Na primeira manhã de pescaria já percebemos que realmente o peixe tem uma briga bruta e que exemplares acima de 50 não eram raros não. Até a hora do almoço já tinhamos capturados 12 peixes acima de 55cm e muitos peixes pequenos e médios em cardumes.


    Debaixo de chuva e o pau tava quebrando

    Destaque para a grande quantidade de cardumes, dubles e triples que pegamos todos os dias












     
    Teve um intruso nas nossas iscas também

     
    Todo dia chegar da pescaria e sentar na mesa da varanda da pousada e comer aquele tira gosto que já estava preparado e contar das capturas, peixes perdidos, troféus, e bichos avistados


    Realmente foram cinco dias maravilhosos de muito, mas muito peixe, bate papo, alegria e satisfação de ver um lugar tão maravilhoso e preservado como aquele.
    Foto do grupo com os guias Nias e Eduardo que se tornaram grandes amigos depois dessa empreitada. De muitos lugares que já fui pescar, sem dúvida estes foram os melhores guias que já tive contato

     
    Agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade maravilhosa de estar na Amazônia, a minha esposa que ficou cuidando da minha pequena durante essa semana, ao Cristiano que fez de tudo para que eu fosse nessa viagem, aos amigos Kayro e Mateus que fizeram parte dessa empreitada e a toda excelente equipe da Cabana Quatá.
     
    Um abraço pessoal e boas pescarias.
     
     




     
     
     







  20. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Carlos Diego Train em [Tucunaré Borboleta] Recorde Mundial por tamanho - 72cm - Por Andrea Zaccherini   
    Agora foi a vez do Andrea bater o recorde do Tucunaré Borboleta.
    Em março o Andrea fez uma expedição para o Roçado. Em SIRN, pescando ainda no Negrão, o arrombado acerta este lindo borboleta com 72cm. 
     
    Lindo peixe, e parabéns pela homologação. 
     

     

     

     

     

     

     


  21. Upvote
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Rodolfo Amaro em Concorrente das Shimanos ?   
    Puts Grilha.
     
    Numa mesma semana @Victor Cedro e o@Luciano Lopes discutindo novamente por conta de carretilhas?!? Tá Fóda, hein.
    Claro q não é a carretilha em si, mas falta de tolerância de ambos os lados e, na primeira alfineta o outro resolve alfinetar mais pesadamente.
     
    Tá na hora de parar, né?!?!
    Já chamei a atenção de todos e peço mais uma vez, encarecidamente, parem de buscar a verdade real daquilo que é pessoal.
     
    Se alguém der a primeira alfinetada, recue. Recuar é sinal de maturidade.
     
    Reparem q a maioria dos tópicos é formado de mimimi. Assunto técnico ficou lááá pra trás.
     
    Ah, e eu poderia estar vendo o jogo, bebendo uma, ao invés de estar aqui mediando conflitos, né?!?
     
    Vamos dar um tempo das chatices?!?!
    👍
     
  22. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Rafael Takahiro em Atrás dos azulões goianos de São Simão-GO / Outubro de 2019   
    Turma, boa tarde!

    Instigado pela experiência em julho em São Simão/GO, e com a dica do amigo Tuênio de que a pesca era muito boa em setembro e outubro, resolvemos voltar pra São Simão/GO, dessa vez em 4 pescadores esportivos.
    Como disse em outro tópico, pescamos tucunarés esportivamente há três anos, desde outubro de 2016 e já estamos viciados na pesca de superfície desses lindos e vorazes peixes.
    São Simão possui o diferencial de oferecer diversos tipos de pesca esportiva, em diferentes modalidades, pois é banhada pelo rio Paranaíba e pelo reservatório de São Simão.

    Juntamos 4 amigos e partimos mais de 700km de sp até Goiás.
    Turma muito animada, saímos numa segunda-feira, com previsão de pescar terça, quarta, quinta e sexta!

    Fechamos tudo com o Tuenio pra pescar em dois barcos, com os guias Eder e Chereguini, dois dias na represa de São SImão e dois dias no rio Paranaíba, onde eu particularmente mais gosto, apesar de nunca ter pego bons exemplares lá.
    Chegamos bem no hotel e terça pela manhã já estávamos na água!

    O Eder - guia - tinha nos dito que a pescaria seria diferente, pois os azuis estavam de casal, com boa produtividade durante o dia todo, e baixa produtividade nos horrios de manhã cedo e fim de tarde.
    ´Não sou muito fã de pescaria no visual - caçando o peixe -, gosto mais de ser surpreso pinchando.....então, disse que queria aproveitar o dia todo.
     
    Primeiros dois ou três pontos, nada de ação....a represa estava num nível muito abaixo do que encontramos em julho, e quando encontramos o barco dos amigos Lucas e Akira, nos disseram terem tido boas ações e perdido peixes grandes, com leader estourando e tudo mais, nos deixando animados!

    Logo depois de irmos pro 4 ponto, meu parceiro Fabio já toma um susto na meia água, e um lindo amarelinho aparece pra foto!

     
    Como a gente costuma brincar, uma ação renova nossa energia pra mais uns 300 arremessos, e vamos lá pinchar o Stick!
    Já era mais de 13h e não tido nenhuma ação...

    Passando de frente pra um rancho, vejo uma onda seguindo minha Bonnie e o coração vai a mil, o guia grita não pára de trabalhar a isca, a mão já trabalha sozinha e pronto, estouro na isca, briga limpa e um bonito azul de seus 50cm!!!

     
    O dia estava díficil, avistamos alguns casais, mas estavam muito ariscos e mal chegávamos perto, afundavam.
    Meu parceiro pegou mais um amarelinho e no fim do dia, o guia Eder me conta a história de um um ponto e uma Firestick prateada.....olho na caixa, a Firestick olha pra mim....coloco na linha, 3º arremesso e....inacreditável, um lindo azul estoura na isca, com um lindo por do Sol ao fundo!
     

     

    Peixe com uma coloração incrível na água e que brigou lindo!

    Assim finalizamos o 1 dia, sem muitas ações, mas com certa qualidade no tamanho!!!
    Parceiros do outro barco não tiveram bons resultados de peixe, mas gostaram muito do local e da pesca.

    2 dia!
    Animados com as ações de bons peixes no 1 dia, fomos sabendo que insistindo, eles entrariam!

    Logo meu parceiro começa com bastante ação na meia água, engatando dois ou três bonitos amarelos e um pequeno azul!
     

     
    Como faria duas pescarias de 4 dias em duas semanas, resolvi levar uma carretilha lado esquerdo tb - pesco de lado direito - afim de tentar aprender a pescar com os dois lados, pra não sofrer tanto com as dores de 6-8h de trabalho de Stick-zara-superfície......mas n fui muito bem não, só consegui meia água e jig....rsrs
     
    Mas com insistência, pego meu primeiro peixe com carretilha lado esquerdo:

     
    Pequeno, mas de grande valor emocional! rs

    Insisto num ponto perto de uma cerca e um bonito azul estoura na superfície!!!
    Briga limpa e gostosa, com tomada de linha e gritaria no barco!!!


    54cm

    O Guia Eder diz que o peixe estava de casal, insistimos bastante no ponto e nada....
    Batendo uma rapala pro meio do lago, isca  que sempre salva a pescaria, tenho uma surpresa com uma forte arrancada!
     

     
    O dia estava muito bom e produtivo!!!!

    Já estava dando por satisfeito, quando lanço minha isca despretenciosa num raseiro e ouço um estouro, seguido de uma cantada de linha!!!
    Briga frenética, vai pra pauleira, sai, trava, toma linha, e até que se cansa....vem pra foto, troféu!


     
    Meu recorde de São Simão, 56cm, olha onde foi parar a Bonnie!!!
    2 dia completo com expectativa muuuuito ultrapassada!!!!

    Encontrando meus parceiros do outro barco, fico muito feliz ao saber que eles tinham pego um troféu de 59cm!!!
     

     
    Assim terminamos nossa passagem no reservatório de São Simão, dormimos cedo pq no dia seguinte, começaríamos mais uma bela e mais difícil jornada atrás do azuis no rio Paranaíba!!

    3 dia!
    O rio Paranaíba, que divide os estados de Goiás e Minas Gerais, permite a pesca de uma modalidade um pouco diferente. O grande diferencial pra pegar os tucunarés lá é usando iscas softs, na superfície, com sistema anti-enrosco, no qual aprendi em julho e viciei! Jogar a isca no meio das estruturas e ver o peixe estourando não tem preço. Aliás, tem, o preço é saber que o peixe tem muito mais chances de vencer do que o pescador, o que deixa a pesca esportiva mais atraente!!!!

    Os pontos são mais longes, a navegação é mais cansativa, mas o local é muito bonito!!!
     
    Pescando no meio dos "varjões", em meio às "quisaças" ou "malicias" ou "unhas de gato", precisamos ter habilidade no lançamento da isca, no trabalho e usar o anti enrosco, pra pescaria acontecer e ser efetiva.
    Suei muito na primeira vez pra não ter tanta cabeleira e trabalhar direitinho a isca a fim de atrair o peixe....tirar o peixe é outra história....rsrs
     
    O peixe estava muito manhoso, n estava batendo pra comer e dim pra afugentar, pelo comportamento de acasalar.....nos dois dias no rio, vimos muito peixe grande, diversos casais, e peixes que por achômetro, deviam ter mais de 60cm, mas n conseguimos tirar nenhum.
    O guia é fundamental pois o barco passa com elétrico em  muita estrutura!!!!
     
    Em dois dias, tivemos menos de 15 ações por barco e embarcamos poucos, mas tivemos muita emoção....como emoção não vai pra foto, seguem as fotos dos exemplares que conseguimos embarcar - lembro que todos exemplares foram soltos, nem na beira do rio consumimos nenhuma peixe!
     

     

     

     
    Como disse lá no começo, o "como pegar o peixe" às vezes, pra mim, é muiuto mais importante que o tamanho do peixe, então fiquei muito feliz com a pescaria!!!
    Perdi muito peixe, cheguei a trzzer escama na ponta do off-set, mas perdi as melhores batalhas pro azul nos dias no Paranaíba!!! Ficou somente o desejo de voltar a batalhar com esses bocudos do Paranaíba nas iscas soft!

    O outro barco ainda tirou um bonito azul de 54cm no meio das estruturas, show de coloração!!!
     


    O mais legal disso é amizade feita com os guias e a turma voltar cheia de história!!

     
    Nossa galera começou há 3 anos, mas somos 100% pesque e solte, mas infelizmente em São Simão, nessa época de casal, há muito pescador matando peixe.
    Arpão, rede, embarcado, pescando perto da barragem.....uma pena, pois acabam pouco a pouco com o que a natureza demora anos pra construir.

     
    Equipamentos:
    Vara Redai Viking 14lbs 5´8
    Vara Major Craft SpeedStyle 14lbs 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE
    Linhas 40 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Pop Action 11cm, M Action 9 cm, Rapala X-rap
    Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida!
    Tuênio e Eder, muito obrigado pela recepção e dicas valiosas!! A vontade de pegar um 60UP goiano é tão grande que estou voltando logo!!!

    Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP!
    Grande abraço rapaziada!

    Instagram @rafatako
  23. Like
    Fabrício Biguá recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em [Tucunaré Borboleta] Recorde Mundial por tamanho - 72cm - Por Andrea Zaccherini   
    Agora foi a vez do Andrea bater o recorde do Tucunaré Borboleta.
    Em março o Andrea fez uma expedição para o Roçado. Em SIRN, pescando ainda no Negrão, o arrombado acerta este lindo borboleta com 72cm. 
     
    Lindo peixe, e parabéns pela homologação. 
     

     

     

     

     

     

     


  24. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Chrystiano Ricardo em [BaquaraTeam] - Só Trairão 2016 - Mais uma vez TOP!   
    Fala galera, 
    Mais uma vez de volta aqui com mais um relato, ano passado postei um relato aqui de uma pescaria exclusiva de Trairão em Guaranta do norte - MT que foi SENSACIONAL, e ano passado fomos em 4 pescadores e os mesmos se prontificaram a voltar esse ano, e assim foi, porem esse ano com mais dois pescadores, o Rene adicionou mais um bote na pousada, e assim foi.
    Novembro de 2015 fechamos nosso grupo para esse ano, composto por: Chrystiano, Gustavo Maas e Nadim que eram os mesmos do ano passado, esse ano o joão nos abandonou, trocou pelo xingu, assim entrando o Jneto no lugar dele, e para concluir os 6 pescadores entrou o Gustavo Souza e o André.
    Grupo fechado, passagens compradas para o dia 25 de maio... Agora só controlar as lombrigas e esperar 6 meses kkkkkkk..
    Chegado o grande dia, os Baquaras Nadim e andré vieram de Boa Vista, nos encontramos em Manaus e partimos em direção a Brasilia, onde trocamos de aeronave, embarcamos na Passaredo.. 2 horas depois estavamos em Sinop.. ai ja começa toda o clima de pescaria.. mentiras.. cerveja.. ô vida marromenos..
    Ficamos um dia em Sinop, ja no outro dia, dia 26(quinta) partimos as 09:00 de Sinop-MT rumo a nossa pousada, cerca de 300km dividido em estrada boa e estrada ruim.. As 08:30 os guias Marcos Beckmann (xuxa) e o Edgar (Rustico) ja nos aguardavam no hotel em seus respectivos carros, PARTIUUUUUUUUU!
    Por volta de 13:30 chegamos no Rancho Serra do Cachimbo, Costela pronta.. rangamos.. e preparamos nosso equipamente, por voltar de 15:30 estavamos trabalhando isca no rio e embarcando os primeiros Trairões.. Mais uma pescaria top pro curriculo, Valeu Rene, Marcão, Edgar, Dona Amelia e Sr. Zé que foram essenciais para o nosso sucesso nessa pescaria, onde sairam varios recordes pessoais, amizades novas e amizades fortalecidas.. 
    Ano que vem tem mais.. e vamos as fotos!!!!!!!!!!!!

    Nossa Equipe!!
    Souzete trocando informações com o xuxa, do tipo: "essa pega?" KKKKKKKKKKK
    Ano passado pescamos usando apenas Leader e perdemos algumas iscas, esse usamos um empate de aço por volta de 10cm, resultado? Nenhuma isca perdida por conta de trairão torar no dente, APROVADO!
     

    Armas preparadas..
     

    Vamos a guerra...

    Nossa casa por 5 dias e 4 noites, Rancho mais que perfeito!!
     

    Nosso lago, casa de monstros!!!!!!!!!!

    Imagina a zarinha passando nesse corredor, beirando o capim.. é EXPLOSÃO na certa!!!!!!!!!!!

    Adrenalina a MIL.. descarregando os botes para começar os trabalhos..

    Deixando o material no jeito..
     

    Atras das melhores imagens..
     

    Jneto, Nadim e Xuxa trabalhando..
     

    O paraíso...
     

    Maas, também na batalha..
     

    Jneto exibindo seu Arsenal.. o Trairão.. a matadeira local..

     
    Grande Guia e amigo Renê.
     

    Vamos deixar de conversa fiada e mostrar peixe grande... esse o drone registrou, bela briga do Maas!!

    Jig do nosso amigo Flavio mostrando que nao é so bom com o tucunare, Trairão também se amarra!! kkk
     

    Neto exibindo seu primeiro trairão.. descabaçou..
     

    Souza também exibindo seu primeiro Trairão.. descabaçando..
     

    Primeiro do André tbm..
     

    Nadim garantindo seu trairão no seu retorno ao Rio braço norte..

    O meu também foi garantido...
     
    Agora vou póstar uma sequencia de fotos..
     

     

    Detalhe nessa isca o Nadim fez uma pintura especial na Trairão do neto, Tinta Glow.. Na pescaria noturna foi sucesso..
     

    Monstra...
     

    Bocuda do souza..
     

    Cada coloração mais bonita que a outra..

     


     

    Souza devolvendo sua criança para o lago..

    Belo exemplar do dedé.
     

    Essa nao teve pena da isca..

     

    Minha criança..

    O ataque dessa foi animal.. na caida.. PÔUU!


    Os malabares delas são simplesmente incriveis!!

    Diz ai se essa nao quis posar pra foto, simplesmente apaixonante!
     

    AGORA A HORA MAIS ESPERADA, A HORA DO RANGO...

    Pra quem gosta de peixe.. olha o tamanho desses piaus..
     

    Pra quem gosta de carne... vai uma costela?

    sugestivo ein...

    Quem veio nos visitar no almoço..

    Vida que nao tem preço..
     

    Valeu.. depois do almoço aquela rede.. me acorde as 15:00 FALOU!!
     
    Vamos voltar aos peixes...

    Dublê top do Neto e Nadim..
     



     

    Fim de tarde TOP!
     


    E tome malabarismo...


    ahhh bixa bruta!!

    Nao resistiu ao sapinho..
     
     


    Dublê demais..

     


     
    Na parte da manha perdi um monstro nesse mesmo ponto e perdi quando ele saltou do lado do bote, apelidei ele de hulk e disse que a tarde ia buscar ele, e peguei.. e veio junto um dublê pro gustavo e um dublê de respeito.. 80up.. 84 e 81.

    Chrystiano

    Gustavo Maas
    Vamos a mais fotos desse dublê..

     






    Isso que é vida..

     

    Também teve duble noturno..

     


    Belo duble do Andre e Souza, Souza quase conseguiu um trairao albino kkkkkkkkkk

     
    Posando pra foto..


     
    Spinner bait foi sucesso também..

    Mais um no spinner..

     



    Trairão na trairão!


    foto top!!!
     

     

    Trairão no visual é top demais!!!
     

    Buff das Arabias, top demais kkkkkkk

     
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
     
     
    Galera, agora vamos aos troféus da pescaria, só 80UP.
     

    Meu duble e o do Maas.. 84 e 81.
    Agora esse 80up deu trabalho, Renê teve que se molhar pra tirar o trofeu do jneto!!



    Pronto.. passou o boga ta garantido..

     

     
     
     
    Vamos agora ao troféu do Nadim, mais um 80up

    Eu, comparando a criança comigo..


    Cuida que a criança é tua!!

    85cm de Trairão, olha a largura..
     
    Agora vamos ao meu Troféu, 90 UP!!

    No sabado, logo cedo, o Maas me falou: chrys, tem um gafanhoto na tua cabeça.. eu falei: deixa ai que vai me dar sorte.. e nao deu outro, logo no escurecer tirei meu BRUTO, ADRENALINA A MIL.. VALEUUU BRASIL, VALEU GAFANHOTO!


    Olha o tamanho dessa nave, pqp.. valeu demais!!

    Olha o tamanho da cabeça do monstro.. 

    Vai la meu amigo, volta pra vida.. Ate que vem te quero com 1 metro!

    Incrível galera, uma semana antes de nossa pescaria um grupo de argentinos foram pescar na mesma pousada que a nossa, e o pescador Maxi teve uma surpresa desagradável, kkkkkkkkk um Trairao resolveu atacar sua isca ao lado do bote, a porrada foi tão bruta que quebrou a sua vara na mesma hora(não estamos falando de qualquer vara, foi uma st croix) levando a mesma para o fundo do rio com uma shimano metanium XG, será que o Trairao era BRUTO???
    Mas para a sorte do nosso hermano, na semana seguinte nosso amigo Gustavo sem pretenção nenhum conseguiu o feito de pescar o material do hermano(já sem o Trairao kkkkk), material foi devolvido para o pescador que havia perdido, pescador bom é pescador honesto!! Valeu souzete!!

    Final de pescaria.. os estragos...
     

    Abençoados com essa visão..
     

    E ja estamos com saudades...

    Domingão e a galera reunida pra assistir a pelada da seleção brasileira..

     
    E assim se vai mais uma pescaria pra conta.. espero que tenham gostado e que as fotos nao tenham ficados enjoativas.. tinha muito mais pra ser postado mas ai ia acabar so meio dia esse relato...
    comecei fazendo 01:00 da matina e terminando agora 04:30 kkkkkkkkkkkkkk
    Mas é isso ai, é muito prazeroso tentar dividir com voces o que passamos nesses dias la, Obrigado Rancho Serra do Cachimbo mais uma vez vocês foram nota 1000000000!
    Em breve os videos!
    Valeu BaquaraTeam
     
    Chrystiano Ricardo
     
  25. Upvote
    Fabrício Biguá deu reputação a Cristiano Rochinha em OS GIGANTES DE "LOS HERMANOS"   
    Galera,acabo de retornar de uma pescaria no já tão conhecido e famoso destino de pesca de grandes peixes de água doce,nossa vizinha Argentina....O local escolhido em específico também já não é novidade pra nenhum pescador esportivo,Paso de Lá Pátria,na província de Corrientes,norte da Argentina.
    A última vez que eu havia estado lá foi em 2014,e não trazia boas recordações,pois pegamos uma semana realmente muito fraca de peixe..Se não fossem as piaparas,mais de 80% do grupo teria voltado de dedão atolado...O motivo para o fracasso daquela pescaria foram as fortíssimas chuvas que haviam caído na região de Foz do Iguaçu cerca de 10 dias antes,o que elevou o nível das águas e tornou o rio Paraná,que costuma ter águas límpidas,num rio de águas extremamente turvas,coisa difícil de acontecer...
    E mesmo sabendo que Paso se tornou um destino muito popular,melhor dizendo,batido mesmo,resolvemos arriscar mais uma vez,visto que alguns conhecidos haviam estado lá na temporada passada e conseguiram sucesso na pescaria..
    Como sempre,antes de seguirmos a Paso,demos aquela passada por Foz do Iguaçu,alguns para fazerem as tradicionais compras no Paraguai,outros (como eu) apenas pra curtir um pouco dessa belíssima cidade e tomar umas antes de entrar em terras estrangeiras 
    Aliás,boas opções gastronômicas não faltam em Foz,e uma dessas que eu recomendo, é o Bar Rafain Chopp.....Contra-Filé Argentino e chopp de qualidade...

     
    A partir de Foz,fizemos aquele tradicional esquema de fretamento de ônibus e adentrar na Argentina através de agência de turismo de pesca....
    Passagem tranquila pela Aduana e viagem também.....Muita cerveja e truco foram nosso passatempo pelos 600km que separam Foz do Iguaçu à Paso de La Pátria...

     
    Como já havíamos fechado essa pescaria à pouco mais de um ano,dessa vez escolhemos uma pousada um pouco mais "requintada" ,pois essa foi a opção de maior parte do grupo (apesar de eu sempre querer o mais simples possível)demos preferência ao pedido da maioria do grupo e então escolhemos a pousada Jardin del Paraná....Pousada de estrutura realmente muito boa....Bastante ampla,comida muito boa e realmente um lugar muito bonito....Minha única reclamação é do ar condicionado tipo janela que urrava feito um bugio na madrugada kkkkkkk( mas dei um pouco de azar,apenas alguns quartos ainda não possuem ar split).....
     
    Piscina com os quartos em toda a lateral... 

     
    Restaurante e adega....

     
     
    Como todos já sabem,a Argentina se tornou referência quando o assunto é preservação de seus rios...Rígidas leis fazem com que os estoques pesqueiros no norte da Argentina levem uma legião de pescadores de muitas partes do mundo em busca de seus grandes troféus,principalmente gigantes dourados e pintados,além dos grandes cardumes de piaparas...E mais uma vez confirmamos isso...Os gigantes continuam por lá...Em tamanhos e quantidades excelentes...Porém,pra quem nunca foi,pescaria na Argentina tem algumas particularidades,coisas um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver por aqui...Por exemplo,os piloteiros seguem a risca uma espécie de CLT deles...Os horários de pescaria costumam ser cumpridos fielmente...Eles não saem pro rio antes das  7:30h,voltam as 12h pra almoço,retornam para o rio as 15h(alguns acabam saindo um pouquinho antes) e permanecem no rio até as 18:30.....Isso pode parecer um pouco estranho pra alguns,uma jornada de pesca um pouco reduzida em relação as nossas,porém em Paso isso não costuma ser problema,uma vez que normalmente navega-se no máximo 15 minutos pra se chegar nos pontos de pesca....Na verdade,boa parte desses pontos estão a no máximo 5 minutos do centro da cidade....Rio preservado realmente é outra coisa...
     
    Partimos para o primeiro dia de pesca para pescar na rodada na confluência do rio Paraguai com o Paranazão....Ali,a grande quantidade de cardumes de curimbas e piaparas chama a atenção dos grandes predadores,formando um excelente ponto de pesca...Porém,essa região (abaixo de Paso)fica numa outra província chamada de Chaco,província essa que proíbe a pesca em seu território todas as terças e quarta-feiras...
     
    Não demorou muito pra sentirmos as primeiras puxadas nas iscas,tuviras,porém a quantidade de piaparas nessa região é tão grande,que elas vão mordendo tuviras de quase 30cm até comerem pelo menos metade delas rsrs....Numa dessas,uma piapara de cerca de 2kg foi fisgada com tuvira e anzol 6/0.....
    Mas os dourados também estavam por lá,e logo os primeiros apareceram...Nada muito grande,mas já muito animador pra uma primeira manhã de pesca.

     
    Agora por favor,não riam muito desse óculos que tive que usar nessa primeira manhã de pesca.....Esqueci o meu no quarto da pousada e acabei pegando um que meu amigo Flávio tinha nas tralhas dele (óculos da filha dele por sinal)....Trata-se de um óculos de quem é realmente muito,muito macho

     
    Na parte da tarde resolvemos ir atrás das piaparas....Demorei um pouco pra pegar o esquema da rodadinha naquele lugar...Quem pesca piapara nesse esquema de rodadinha sabe que em cada tipo de água existe uma diferença na pescaria,uma certa manha até acertar o peso ideal do chumbo e tamanho do leader,pra conseguirmos sentir o fundo do rio....E esse local era de águas bem rápidas...Pingadinha nível hard....Mas essa região tem tanta piapara que as vezes elas acabam atacando de qualquer jeito.....

     
     
    Curimba fisgada com milho e que deu um trabalhão danado pra sair da água...

     
    E vejam só....Na parte da tarde eu novamente esqueci meu óculos...Será que eu estava gostando daquele????

     
    Nesse primeiro dia pescaria,grandes dourados já foram fisgados.....

     
    Inclusive uma monstrona de uma fêmea  de quase 17kg....

     
    Animados com o resultado do primeira dia,resolvemos repetir a dose no segundo,porém só mudamos de ponto e pescamos mais no canal do rio Paraná,numa região conhecida pelas torres de transmissão de energia existentes no local...
    Decisão acertada,pois nessa manhã embarcamos 4 dourados,de 8 a 12kg.....Pensa numa alegria que ficamos.....

     
    A tarde pegamos mais algumas piaparas...Algumas eu digo no nosso barco,pois teve barco nessa tarde que contabilizou mais de 60 piaparas...Absurdo mas é isso mesmo...60 piaparas numa tarde de pesca,3 pescadores....
    E mais excelentes dourados foram fisgados,além de 2 grandes patis (peixe que era muito comum principalmente no Pantanal)hoje cada vez mais raro em nossas águas...

     
    Nosso terceiro dia de pesca caiu num terça-feira,e como já havia falado no início,a pescaria nesse dia fica fechada na região do Chaco,justamente a região onde pegamos todos esses lindos peixes nos 2 dias anteriores.Um certo clima de preocupação começou a tomar conta da galera,pois ainda não nasceu pescador que queira mudar de ponto quando está pegando peixe....E pra aumentar esse clima que pairava no ar,o dia amanhece com muito vento...Subimos então até o ponto acima da cidade onde poderíamos pescar pelos próximos 2 dias,e ao chegar a esse ponto,cerca de 5 minutos apenas de barco da praia de onde estávamos saindo,mais um "provável problema" que eu e outros amigos imaginávamos se confirmou...Com a proibição da pesca rio abaixo,nesse ponto rio acima logo de manhã já havia umas 30 lanchas...Confesso que meio "incrédulo" da situação,lancei minha isca na água só pra ver mesmo que bicho ia dar....E eis que ali começou um dos dias mais surreais de pescaria já vivi em minha vida....Vento forte,30 lanchas rodando pra cima e pra baixo o tempo todo,fazendo barulho,enroscando e desenroscando anzol no fundo do rio,barcos passando praticamente "em cima de nossas linhas" e adivinhem....PEIXE PRA TODO LADO.....SEM EXAGEROS OU PUXA-SAQUISMO PRO LADO DOS ARGENTINOS....Quem me conhece sabe que não troco uma pescaria em nossas águas por nenhum outro lugar desse mundo,mas o que vi nesse dia realmente foi algo marcante...Era barco tirando peixe pra todo lado....Dourados gigantes,pintados,barbados,jaús na rodada com tuvira,pacus também sendo fisgados na mesma modalidade,equipamento,isca e local...Toda essa farra de peixe em meio á uma verdadeira farra de barcos e todo aquele escarcéu..... Ali,naquele dia,mais do que nunca,consegui mais uma vez compreender profundamente o significado da palavra PRESERVAÇÃO....Putz....Quem sabe um dia chegamos lá...

     
    Consegui ver um pescador tirar um dourado que seguramente estava na faixa de 20kg,e em determinado momento,estávamos rodando a pouco mais de 10m de distância de outra lancha,quando senti um tranco em minha isca que estava praticamente embaixo dessa lancha...Fisguei e ao olhar para a ponta da linha já vi um dos pescadores do outro barco fisgar também...Pensei comigo: PEGAMOS O MESMO PEIXE! Porém em questão de segundos,os outros 2 pescadores da outra lancha também fisgaram e as linhas correram em sentidos opostos..Aí sim eu disse :EITA POHA....ESTAMOS COM 4 DOURADOS AO MESMO TEMPO.....Deus do céu...Que coisa mais linda!!!Embarquei e rapidamente soltei o meu,que nem era muito grande,para fazer questão de comprovar e registrar esse momento...Os 4 juntos não saíram na foto,mas o triplê eu consegui registrar...

     
    Passada toda essa euforia da manhã,obviamente que antes do almoço tivemos que brindar....


     
    Sashimi de piapara,já que ninguém é de ferro..

     
    Na parte da tarde,novamente muitos peixes fisgados...
     
    Nosso local de embarque e desembarque...

     
    Na manhã seguinte,obviamente repetimos o ponto de pesca,mas como era de se esperar, o peixe finalmente começou a se incomodar um pouco com aquela algazarra toda,e ficaram mais manhosos...Mesmo assim,alguns excelentes exemplares foram fisgados,inclusive um jaú de cerca de 30kg e um pintado de cerca de 35kg...

     
    Devido à essa alteração no comportamento dos peixes,na parte da tarde nosso piloteiro disse que mudaríamos o ponto de pesca....Rapidamente concordamos,só não esperávamos que esse ponto fosse ainda mais perto que os outros rsrsrs....Apenas chegamos até o canal do rio,menos de 2 minutos de navegação,e começamos a pescar....
     
    Nessa tarde,conheci os dourados mais espertos que vi em minha vida rsrsrs....Acho que 100% dos dourados que bateram em nossas iscas,mordiam e já saíam nadando rio acima...Após a primeira e segunda fisgada,logo já sentíamos a linha totalmente bamba e leve...Pensávamos:perdi o peixe...Mas ao começar recolher,sempre vinha aquele inesperado tranco,ou até mesmo dourado saltando as nossas frentes...Hora então de fisgar novamente,porém quase sempre tarde demais rsrsrsr.....Perdemos seguramente umas 9 ou 10 fisgadas dessa maneira....Outro fator que influenciou também nisso foi o fato de que todas as tuviras eram bem grandes,e nesse ponto havia uma grande concentração de dourados menores,com cerca de 3kg, o que também dificultou as fisgadas...Talvez um suporte hook ajudasse nessa hora,mas como era a última tarde de pescaria ninguém quis saber de inventar moda...
    Numa dessas fisgadas perdidas,presenciei mais uma daquelas cenas de gravar pra sempre na memória....Um dourado mordeu minha isca e errei a primeira fisgada...Como sempre o dourado faz,logo em seguida ele volta e dou a segunda fisgada...Senti o peso do bicho na ponta linha,brigou no fundo por alguns segundos e escapou...Aí realmente não vi mais o que fazer...Comecei então a recolher vagarosamente já sentindo que o dourado havia comido toda a tuvira,mas eis que a uns 5m do barco,ao ver que ainda restava apenas um pequeno pedaço da tuvira no anzol,um dourado maravilhoso,de cerca de 6 a 7kg surge calmamente e literalmente "sugou a isca"colocando todo seu lombo dourado pra fora da água...Que cena incrível...Rapidamente fisguei,vi ele afundar e já subir rapidamente pra saltar...E cuspir meu anzol longe,mais uma vez kkkkkk....
    Mas,com muito custo consegui tirar 2 peixes...

     
    Tuviras,conhecidas por lá como "morenas"

     
    Em nosso barco,pra finalizar,só faltava mesmo um pintado...E no final da tarde,do último dia de pesca,ele veio...

     
    É isso aí amigos...Mais uma vez a Argentina dando uma verdadeira aula à nós brasileiros de como cuidar de seus rios....Não é de hoje que isso acontece...Turistas brasileiros indo pescar por aquelas bandas pelo simples fato de que lá existe algo que sonhamos muito por aqui: PRESERVAÇÃO.....
     
    E dias de tantos dourados assim,não poderiam terminar sem o maior dourado que podemos ver na Terra.....
    Um forte abraço à todos!

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
×
×
  • Criar Novo...