Ir para conteúdo

Guilherme Oliveira Barion

Membro
  • Total de itens

    149
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Histórico de Reputação

  1. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Tammer Mendes em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  2. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Fabrício Biguá em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  3. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Fabricio.Passos em Barcelos - Março 2020   
    obrigado @Fabricio.Passos depois de muito ler os relatos da turma, criei coragem!
  4. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Fabricio.Passos em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  5. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Cesário em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  6. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de MatheusGirardelli em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  7. Upvote
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Cristiano Rochinha em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  8. Confused
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Marcos Ide em 2019 - Histórico do nível do Rio Negro em Barcelos   
    Levei um susto quando vi o nível do Negro em Barcelos hoje, 3,00 metros. Tive quase certeza de um engano, mas fui conferir com o Marreco. É isto mesmo. Ele falou que está secando muito forte.  Dei uma rápida olhada no gráfico e não achei semana com uma vazante tão forte. Será que tem alguém do fórum pescando esta semana?. Se tiver compartilhem conosco como é pescar nestas condições. Vamos acompanhado para confirmar. 😯
     
    Abraços
  9. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Marcos Ide em 2019 - Histórico do nível do Rio Negro em Barcelos   
    Terminando o ano de 2019 e o Médio Rio Negro não deu chances para nós pescadores. Por três ocasiões, em Outubro, Novembro e Dezembro ele deu sinal de que pegaria uma vazante consistente, mas rondando os 4,00 m voltava a encher com certa força.
    Hoje, com 4,22 e subindo. Quem sabe 2020  reserve melhor sorte neste final de temporada.
    Certeza uma só. Na temporada 20/21 vamos arrebentar!!!
    Ótimo 2020 a todos!!!!
  10. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Fabrício Biguá em Redai encerrando as atividades?   
    Eu deixei para postar apenas agora pq tenho certeza q alguns falariam q temos rabo preso (REDAI é nossa anunciante). Agora com a coisa mais "tranquila" e com os boato desfeito, não vou entrar no mérito do ser caro ou não. Nosso amigo @Octávio Amaral foi preciso nas palavras. Como diria o nosso presidente, "abram a sua empresa para ver o que é bom pra tosse"...
     
    Agora, algo q sempre devemos pensar é o seguinte....E no dia q eu tiver dinheiro e quiser comprar um produto diferenciado??? Onde vou comprar??? O q vou comprar?!?!
    Amigos, quanto mais diversificado o mercado, melhor pra nós. 
    Devemos ter cuidado com o que pedimos...A grande maioria dos produtos de pesca que temos vem de fora. Triste realidade de quem mora num País que não valoriza sua indústria.
     
    Vamos dar valor a nossa possibilidade de escolher o que quisermos, e mais valor ainda em quem acredita e investe em nosso mercado...👍
  11. Like
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Fabrício Biguá em Qual o papel real das agências e agenciadores de pacotes na Amazônia   
    O Marcel foi perfeito...
     
    Caso o responsável/formador do grupo tenha plena condição de resolver estes "B.Os", eu vou pescar com ele sem o menor problema. Ele está ganhando a free?!?!? Não me importa, gerenciar pessoas dá sempre trabalho e, se o formador do grupo já esteve 1000 vezes naquele local, certamente a experiência dele conta E MUIIITTTOOO. O mínimo é ele ganhar alguma coisa por isso, afinal, ele trocou a pescar por lazer, pela pesca como trabalho (q fica muito mais chata).
    Eu, quando confio no operador e sei q mesmo no caso de falhas ele irá reparar $$$$ o problema, não tenho medo de contratar diretamente.
    Agora, quando tenho 1% de suspeita de que o operador é "complicadinho" e que poderá fazer da minha pescaria um inferno, vou lá em contrato a agência...pois, como disse o Marcel, será corresponsável pelo contrato.
     
    Analise o custo x benefício e desencane com o resto. 
  12. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Octávio Amaral em Redai encerrando as atividades?   
    O consumidor tem o maior poder nas mãos, o da escolha...
    Logo, se acha o produto/serviço caro demais, procure um mais barato...  ou vice e versa...
    Acho errado alguém julgar o preço de um produto/serviço... a final, definir preço no produto/trabalho dos outros é fácil demais...
     
  13. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Kid M em Redai encerrando as atividades?   
    Prezados,
    Sem tomar partido de qualquer dos lados (fabricantes x clientes), lembro-lhes que fazendo um comparativo com automóveis (para ficar mais claro).
    Tem os fabricantes de Ferraris e os da "Jack motors". Ambos funcionam para seus propósitos, mas têm diferenças marcantes...
    Não podemos ter uma Ferrari, mas não queremos um Jack motors, daí a escolha de um "leque" de alternativas com itens mais marcantes e preços que acompanham esses itens.
    Quais os "itens" que pretende possuir no seu veículo ? Cada um tem seu preço, e se adequam a uma melhor "satisfação" do comprador/possuidor.
    Nunca usei uma vara Redai, embora já a tenha manuseado (achei um projeto construtivo muito legal), preferindo optar por uma customizada que me trouxe igual satisfação !
    Não comprei uma Ferrari, mas algo que me fez feliz e dentro das minhas possibilidades. Mas não se enganem, claro que gostaria de ter uma Ferrari...
    Apenas o meu ponto de vista, nada além disso...
  14. Like
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Angelo Roberto em O Que é um Bom parceiro de Pesca?   
    Me pego pensando nos parceiros de pesca que já tive, quantos foram parceiros realmente.
    Na verdade digo que teriam 3 tipos; o parceirão, o convidado e o encosto.
     
    O Parceirão é aquele que todos gostariam de ter;
    -Pontual
    -Colaborativo
    -Gosta de pescar
    -Ajuda na preparação
    -Racha toda conta
    -Não é fominha
    -Tudo está bom
    -Na dúvida pergunta
    -Tira fotos legais
     
    O convidado é aquele que gostaríamos de transformar em Parceirão, mas nem sempre dá pois arrumamos cada abacaxi.
     
    O Encosto é a pior coisa que acontece na vida do pescador;
    -Não se importa com nada na organização
    -Não é pontual
    -Na hora da conta sempre esqueceu a carteira
    -Enquanto vc arruma as tralhas ele fica bebendo
    -Na hora de pescar pede tudo emprestado
    -Se quebra algo teu fica com cara de panela
    -Reclama de tudo
    -Paquera a esposa do dono da pousada
    -Suja o barco inteiro
    -Reclama da marca da cerveja
    -Não sabe tirar fotos
    -Bate cinzas de cigarro no tapete do carro
    -Não tem educação
    -Fala alto
    -Bebe demais
    -Fica com todos os peixes pescados
    ......Cansei.
     
    Dificilmente o Encosto não estará lendo isto pois já é também o sabe tudo e a opinião dos outros não importa, não raramente é ptista.
     
    O Paceirão estará lendo e estará preocupado em ser melhor ainda.
     
    Para o pescador que realmente gosta de pescar sempre sobrará a dúvida, levo alguém? Tenho alguém pra levar? Ou nem arrisco mais.
    Está certo que pescar com gente boa é uma delicia, então quem quer ser convidado  que se comporte bem, nunca esqueça que quem
    esta te convidando já gastou uma boa grana com barco, motor e tudo mais, procure ser cortez e participativo.
     
    Como é ou são teus parceiros?
     
     
  15. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Isaias em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Parabens por este momento!!!
    Isto não tem preço, ficará gravado em nossa memoria, top demais!!
     
    Que ataque, como sempre , pura adrenalina!!!
     

  16. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Ricardo Nagatomo em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Ta maluco!!!
    Esse video ficou sensacional!!!
    Tucunaré é isso aí, bicho quando quer atacar nada impede!
    show parceiro. Parabéns pelo vídeo top!
  17. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Fabrício Biguá em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Guilherme, q loucura, cara.
    Pescamos justamente para ver cenas como esta. Você já tinha desistido de trabalhar a isca quando ele cacetou...hehe
    Isso sempre ocorre, mas desta vez você registrou. 
    Uma das mais belas cenas do ano.
    Parabéns mesmo...👏
  18. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Luis Vilhena em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Impressionante!
    abraços
  19. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Fabrício Biguá em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Amigos,
     
    Na semana passada tive a felicidade de registrar uma cena, que embora se não filmada, com certeza nunca mais sairia da minha cabeça.
    Essa viagem pra mim foi diferente, pois meu pai me acompanhou, nesse momento fazia algum tempo sem ação e quando vi uma parte com terra acreditei, no oitavo ou nono arremesso eu ainda brinquei, vou chamar o peixe e ele vai vim, vcs  vao ver! 
     
    No vem titio.. o bixao nao resistiu! kkkkk
     

    GOPR0607_1569078437816_high_3.mp4  
    grande abs
  20. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Beto Caranha em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Caramba, que cena fantástica! Parabéns! E obrigado por compartilhar!
  21. Like
    Guilherme Oliveira Barion recebeu reputação de Marcos Ide em 2019 - Histórico do nível do Rio Negro em Barcelos   
    Marcos, 
    Pesquei no Itu até na cabeceira na quarta feira passada, bem lá em cima faltava 1 palmo pra sair o igapó. 
    Mais embaixo sim, está mais alagado, mas mesmo assim conseguimos bons peixes lá. 
     
     
    Abs e boa pescaria! 
  22. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Octávio Amaral em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Que cacetada meu amigo... checa a arrepiar....
    Em 30 dias tô lá!!!!!!!
     
    Parabéns pelo peixe e por ter conseguido filmar e obrigado compartilhar conosco.
     
    Abraços!!!!!
  23. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Tejota Bettio em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Show demais... coisa linda.
  24. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a MatheusGirardelli em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Esse vídeo tem que estar no Youtube, Instagram e até Orkut se possível! Que coisa linda!
  25. Thanks
    Guilherme Oliveira Barion deu reputação a Tammer Mendes em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Vem titio!!! kkkkkkk  Vou usar isso no Uatumã no final do mês kkkkkk
    Top demais o video!!! Que paulada!!
×
×
  • Criar Novo...