Ir para conteúdo

Fernando_Oliveira

Membro
  • Total de itens

    361
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Histórico de Reputação

  1. Like
    Fernando_Oliveira recebeu reputação de Adalberto Magrao em Rio Teles Pires - dicas   
    Magrão,
    estive lá no Teles Pires com minha turma. Também achávamos que os grandes peixes de couro eram coisa do passado, mas perdemos alguns gigantes daquele tipo que quebra vara de 100 libras e você não consegue nem tirar a vara da secretária. 
    Claro que as represas tiram até um pouco do charme do local e afetaram a pesca, mas continua valendo a pena e muito. Como já disseram o melhor é pescar abaixo das represas e se pesca o ano inteiro, variando a produtividade de cada espécie. Quando puder, dá uma olhada no nosso relato que talvez tenha alguma informação interessante para vocês.
    Os sites de pesca das pousadas da região costumam ter tabelas de produtividade por espécie conforme a época do ano.
    Abraços.
     
  2. Upvote
    Fernando_Oliveira recebeu reputação de FabianoTucunare em Hoje começamos a definir nosso futuro...   
    Valeu @Kid M! Ótima iniciativa.
    Que vença o melhor e que não seja do PT.
    Abraços.
  3. Upvote
    Fernando_Oliveira deu reputação a Gilbertinho em Exagero nas fotos - peixes deformados   
    Fernandão;
    Tô com você. Vá lá que a gente goste de exagerar um pouquinho o tamanho dos peixes que "pegamos", é a raiz da nossa fama de mentirosos.
    Mas mesmo a mentira deve ser escalonada, partindo de uma lorotinha marota a uma mentira de tal modo exagerada e concebida que ao final nos diverte, e esse era o seu propósito.
    Contudo, "esticar" o peixe ou curvá-lo para fazê-lo parecer maior é forçar a barra. Creio que há alguns que recorrem até ao Photoshop para esnobar.
    De qualquer modo, você está certo. Não que tenhamos de mudar a fama de mentirosos (bons) que nos caracteriza, afinal, exagerar um pouquinho quando relatamos uma pescaria é normal, divertido e bem aceito, como no caso do Pantaleão, personagem do saudoso Chico Anísio. Agora, produzir ou processar imagens com o fito de se vangloriar, além de reprovável, chega a ser vergonhoso.
    Já que falei do Pantaleão, talvez se lembre da ocasião em que ele, rodeado por amigos e por Terta, sua esposa, contava ter pescado um Lambari de 99 metros, quando dona Terta interveio: "porque não fala logo 100?" E ele respondeu: "Vou mentir pra que?"
    Olha, finalizando, vejo também as aberrações a que você se refere. Isso só desvaloriza o conceito que faço de quem age assim. Onde moro, já fisguei até Pirarucus, e nem por isso postei qualquer foto no Fórum, precisamente por entender que não devo esnobar ninguém.
    Abraço do Gilbertinho da Amazônia.    
  4. Upvote
    Fernando_Oliveira recebeu reputação de Hericson em Dicas para robalos   
    Dudu,
    você já recebeu algumas dicas e aqui vão mais algumas. Defina que tipo de pescaria de robalo: jig head, stick ou isca viva (camarão ou manjuba). Para cada tipo eu utilizo varas diferentes, mas no meu caso só uso as carretilhas da Abu Garcia Stx (questão de gosto pessoal, qualidade e resistência a corrosão).
    As varas variam um pouco, conforme seu gosto pessoal, o local e tamanho dos robalos, mas em geral 14 libras é suficiente e a pescaria mantém a esportividade e a sensibilidade que é necessária para pegar os malditos. As varas para pindocar (pesca com camarões artificiais) devem ser mais longas (6.2") e rápidas (dê uma olhada na descrição da Mamushi no site da Redai para ter uma ideia do material ideal). Já para uso de stick e isca viva você pode usar varas mais curtas (5.8"), mas sempre com boa sensibilidade e resistência na base das 14 até 17 libras.
    Anzóis para viva só uso Gamakatsu Shiner 2/0 e 3/0. As linhas devem ser sensíveis e preferencialmente de multifilamento (23 libras), mas quando tiver pedra envolvida é bom colocar um líder curto e não exagerado em resistência (25 libras) e que não atrapalhe muito o trabalho da isca.
    Camarões artificiais (soft baits) da DOA ou da Monster 3X com cores variadas (chá, ferro, coca-cola, leitoso,...) e jig heads de pesos variados.
    Iscas artificias tipo stick. Eu gosto das Magic Stick do Nelson Nakamura. Comprei algumas modificadas no ML que deram ótimos resultados também, mas a produtividade para robalos grandes na soft é bem superior.
    No mais é praticar e aproveitar, mas como o pessoal já falou, a pescaria é muito técnica e cheia de dicas e segredos para cada pesqueiro. Tipo pescar na Lua nova em Antonina e na luas de quarto não muito lentas em Guaratuba, e assim por diante.
    Boa sorte!
×