Ir para conteúdo

Rodrigo Yamaki

Membro
  • Total de itens

    2.801
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Jorel em A reprodução dos Tucunarés - Documentário   
    excelente materia
    valew
  2. Thanks
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Felipe Reinehr Faganello em carreta ms venator X daiwa tatula type-r   
    Não tem custo/benefício melhor que a Venator. 
    Eu levaria duas dela e gastaria com outras coisas como mais rips.
     
    Sobre conjuntos idênticos:
    Por experiência própria o que mais atrapalha é o nervosismo.
    É tanta pressa que acabo arremessando de qualquer jeito.
    É Aquela adrenalina  que te faz exagerar na força do arremesso e dá lhe cabeleira monstro. :gorfei:  :gorfei:
  3. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Francisco Jr em O fim do boom dos Bass boats?   
    Venho observado um aumento de pessoas vendendo suas embarcações (bass) usadas, tanto na minha região como em geral.
    Aqui mesmo há inúmeros conjuntos TOPs à venda super equipados. Alguns são ótimas ofertas e mesmo assim não há tanta procura.
    Tenho um amigo que possui um conjunto e está com grande dificuldade de se desfazer, nem proposta recebe.
    Inclusive já vejo alguns pescadores retornando para cascos de aluminio e motores médios menores (downgrade) , por conta do alto custo de se pescar com Bass boat.
     
    Foi só a crise , ou será que houve uma euforia generalizada ? 
    Talvez discutir esse modelo importado de embarcação e se ele é adequado à nossa realidade.
     
  4. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Felipe Reinehr Faganello em "Valor" das iscas artificiais.   
    "Preço é o oque vc paga. Valor é o que vc leva" W.Buffet
     
     
  5. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Felipe Reinehr Faganello em "Valor" das iscas artificiais.   
    "Preço é o oque vc paga. Valor é o que vc leva" W.Buffet
     
     
  6. Upvote
    Rodrigo Yamaki deu reputação a Moacir Rocha em Relato de minha pescaria no RioNegro   
    Boa tarde!!
    Esta é a primeira vez que posto nesse forum, e é com grande satisfação acompanhar sempre as postagens, nos ajuda muito.
    Conheço esse operador Ney pesca, tive o prazer de usar seus serviços do dia 29/10/2017 ate o dia 10/11/2017, foi uma pescaria muito dificil, peixes inativos, rio cheio, mas em todo momento a sua equipe tentou nos proporcionar o melhor, piloterios experientes e muito motivados, logico que cada pescador tem uma perpectiva diferente, nos fomos em 4 e tenho certeza que algum do nosso grupo não teve a mesma satisfação que eu tive, mas tenho um espirito muito positivo, e sempre tive comigo que só de estar em um lugar maravilhoso como aquele e sempre conhecendo pessoas novas e lugares diferentes não tem preço.
    Alertei o Sr Ney sobre a queixa do Sr.Carlos, disse a ele para fazer sua defesa, expor seu lado dos fatos, mas como muitos conheçe Barcelos não tem uma internet como a maioria das grande cidades, a conexão la é de 100 mphs, ridicularmente baixa, quando mando audio para um amigo meu ( dono de barco) ele ate me xinga, não mande audio, para baixar é um dia, rsssssssssssssssss....
    Ele nem sabia como entrar no forum e expor seu lado da historia. Com todo respeito ao seu Carlos, lamento a sua frustação.
    Imagino quantos clientes ficam frustados com as suas pescarias, não atendendo suas expectativas, mas tambem temos que compreender um pouco os operadores. Tenho absoluta convicção que eles tentam nos proporcionar a melhor pescaria possivel, mas nos (pescadores) somos teimosos, queremos ir a rio que não esta proprio para a pescaria, teimamos em contrariar a orientação da tripulação, nessa minha pescaria o Sr Ney aletrou para nos adiarmso nossa pescaria, o rio escolhido não estava bom,mas insistimos em ir e pior, contrariando a orientação da tripulação ainda exigimos subir ate o local pretendido e ainda insistimos em subir um outro rio, que foi alertado que tambem estaria ruim.
    Desde o primeiro dia, nossos piloteiros disseram , fiquemos aqui no Rio Negro, vcs irão fazer uma pescaria otima, resumindo , deixamos os ultimos dois dias para acatar as suas indicaçãoes, não poderia ser melhor, linhas estouradas, perdemos umas 3 helices, senão fosse nossa teimosia, com certaeza teriamos feito uma pescaria excelente.
    Eu fico imaginando se as tripulações podessem fazer relatos aqui sobre nossas teimosias e atitudes dentro dos seus barcos, morreriamos de vergonha.
    Mas resaltando novamente todo respeito a insatisfação do Sr Carlos, torço que em uma proxima o mesmo consiga satisfazer suas expectativas.
    Obrigado pela oportunidade de compartilhar minha opinião.
  7. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de FabianoTucunare em Relato de minha pescaria no RioNegro   
    Após ler as respostas, eu gostaria de dizer algumas coisas:
    Lamentável o infortúnio do Carlos.  
    Mas até agora estão julgando a operadora com base apenas nas palavras de um único post do pescador.
    Em vários relatos de pesca, a operadora/proprietário foram elogiados pelos serviços e parece que isso não tem nenhuma relevância.
    Veja bem oque eu quero dizer, até mesmo empresas renomadas e solidas recebem "negativação" de nós pescadores. O imprevisto e o infortúnio são coisas inerentes de uma pescaria, quiça da própria vida.
    Eu, na posição do Carlos, teria tentado algum ressarcimento no tocante àquilo em que ele foi prejudicado. Conversar com o Ney e tentar uma solução.
    Outra questão que me salta: Se o barco teria 8 pescadores mas saiu com somente 2, pra mim não é demérito. Mostra sim uma boa índole. Já cansamos de ver situações como esta acabarem em nada.
     
  8. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de FabianoTucunare em Relato de minha pescaria no RioNegro   
    Após ler as respostas, eu gostaria de dizer algumas coisas:
    Lamentável o infortúnio do Carlos.  
    Mas até agora estão julgando a operadora com base apenas nas palavras de um único post do pescador.
    Em vários relatos de pesca, a operadora/proprietário foram elogiados pelos serviços e parece que isso não tem nenhuma relevância.
    Veja bem oque eu quero dizer, até mesmo empresas renomadas e solidas recebem "negativação" de nós pescadores. O imprevisto e o infortúnio são coisas inerentes de uma pescaria, quiça da própria vida.
    Eu, na posição do Carlos, teria tentado algum ressarcimento no tocante àquilo em que ele foi prejudicado. Conversar com o Ney e tentar uma solução.
    Outra questão que me salta: Se o barco teria 8 pescadores mas saiu com somente 2, pra mim não é demérito. Mostra sim uma boa índole. Já cansamos de ver situações como esta acabarem em nada.
     
  9. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Guto Pinto em Legislação margens dos rios- Ajuda   
    Sim Guto.
    Essa medida de 10 metros é que estava sendo discutida na Adin. O MPF quer que a área seja maior. O codigo florestal reza que a área seja delimitada plea cota máxima da represa.
    Por ser área pública, o acesso da população é livre, mas construir ou manter equipamentos é proibido.
    Seria o mesmo que alguem construir um tablado no meio da praça. 
  10. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Fernando Cunha em Legislação margens dos rios- Ajuda   
    Há necessidade se fazer a distinção entre as margens de rios e córregos com de lagos artificiais das hidrelétricas.
    No caso dos lagos de hidrelétricas, há uma área da beira dágua que pertence à União, pois foram legalmente desapropriadas para a criação da represa. A medida é estabelecida pelo Codigo Florestal mas está sendo alvo de uma ADIN (ação direta de inconstitucionalidade). Esta área das margens das represas é de livre acesso por ser bem público.
    No caso que vc colocou, o proprietário da área está correto, porque aquela área legalmente lhe pertence. Oque não se pode confundir é a RESPONSABILIDADE ambiental daquela área com o DIREITO DE IR E VIR.
    O proprietário tem dever de fazer a reserva legal e o isolamento da Área de Preservação Permanente (mata ciliar), que beira rios, córregos e lagoas. Portanto lhe assiste todo o direito de impedir que estranhos trafeguem. Até mesmos seus animais de criação são proibidos de pastarem estas áreas. Ou seja, qualquer atividade não autorizada, é motivo para um Processo por crime ambiental. 
  11. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Guto Pinto em Legislação margens dos rios- Ajuda   
    Sim Guto.
    Essa medida de 10 metros é que estava sendo discutida na Adin. O MPF quer que a área seja maior. O codigo florestal reza que a área seja delimitada plea cota máxima da represa.
    Por ser área pública, o acesso da população é livre, mas construir ou manter equipamentos é proibido.
    Seria o mesmo que alguem construir um tablado no meio da praça. 
  12. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Marcelo Terra em Tamanho do tucunare amarelo   
    Pra mim é azul.
    Notem que as faixas laterais estão apagadas, mas podem ser vistas logo no embarque(MIN 2:14 e 2:46). Como o peixe deve ter lutado muito e se cansado, elas apagaram.
    O Kelberi possui cabeça um pouco menor e um amarelado vivo com pintas nas nadadeiras, como o peixe do Marcelo Terra (jóia amigão)
    Também não acredito no peso e na medida, embora seja um belo exemplar. Boga grip ching ling e não há filmagem da medição.
    MAs com quase certeza deve ter mais de 4 kilos.
    E não acredito que ocorram hibridos entre as espécies pois os estímulos e condições para procriação são diferentes.
    Se isso fosse possível não encontraríamos as 2 espécies no mesmo rio ainda. Tinha tudo virado uma coisa só.
     
  13. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Ibrahim em Algumas reflexões...   
    Realmente um tema necessário a ser debatido KID.
    Me parece que vc sugere que estamos num ponto de inflexão entre a grande oferta de pacotes e a realidade econômica atual. E se isso pode ser positivo de alguma forma para a região (economica/ambientalmente), e o mercado consumidor de pacotes de pesca.
    Eu acho, assim como os outros, que a falta de clientela se deve um pouco a cada fator, para mim, na seguinte ordem:
    1 Preço dos pacotes 
    2 Crise econômica
    3 Concorrência com outras regiões
    Se mencionar as ações dos atores locais (políticos, sociedade, MP, etc, etc, etc, etc, etc,etc.......)
    Veja, eu acho que tem muita gente metendo o bedelho lá, "muito cacique pra pouco índio" literalmente
    E todos eles querem acreditar, ou fazer com que os outros acreditem, que a Lei de mercado não vai valer por lá. 
    Se eles tornarem a pesca esportiva tão regulada, tão onerosa, tão restritiva sob o ponto de vista comercial, aquilo vai ficar pros geleiros.
    E no fim, é ela que acaba resolvendo, de forma bem simples.
    Quem é classe média não irá por causa do preço, e o rico pra outros lugares. 
  14. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de AlexOHolanda em Oxigenador de viveiro   
    Não é assim Astra.
     
    Nem os peixes , nem as algas e nenhum organismo consegue retirar o átomo de Oxigênio da Molécula da água.
    Todos os seres aquáticos captam o Oxigênio dissolvido na água. São moléculas de O2 dissolvidas assim como é o gás dos refrigerantes.
    Para conseguir retirar o átomo de oxigênio da molécula de água é preciso uma grande quantidade de energia, pois essa ligação química é muito forte (apolar) através do processo de hidrólise.
    Por isso que é inviável um motor a água. Porque a quantidade de energia que se gasta pra quebrar a molécula é maior que a energia produzida pela combustão do Hidrogenio, gerando saldo negativo de energia.
     
    Qual o grande problema dos viveiros e da manutenção de peixes vivos:
     
    Primeiro é o stress provocado, que leva ao aceleramento do metabolismo e aumento da respiração e por consequência um maior consumo de Oxigênio.
    Então logo após a captura, o peixe demanda uma quantidade maior do que o normal. Desta forma é recomendável ligar o aerador de imediato. 
     
    Segundo é a capacidade que aquela massa de água do viveiro tem de reter o Oxigênio dissolvido, sendo diretamente influenciado pela temperatura da água.
    Quanto maior a temperatura MENOR a capacidade de reter Oxigênio.
    Então se a água esquenta dentro do viveiro ela perde gradativamente a capacidade de reter o Oxigênio, perdendo-o para o ar. 
    Deve se considerar a respiração do peixe que consome o oxigenio diminuindo a sua concentração e aumentando a quantidade de gás carbônico dissolvido na água.
    Se não houver uma troca da água o peixe morre sufocado nesta água pobre.
     
    A melhor tática seria de monitorar os peixes e fazer as trocas de água com mais frequencia conforme o aumento da temperatura. Em casos extremos jogar gelo na água ou usar uma fieira e deixar o peixe fora do barco.
     
    Nas pescarias eu deixo as duas bueiras do viveiro abertas. Com a movimentação do motor eletrico, já é o suficiente para promover uma boa renovação da água.
    " Água entrando é Oxigenio entrando"
     
    Infelizmente boa parte dos cascos tem bueiras próximas. Isso é bom pro pescador, mas ruim pra circulação. O ideal seria que a entrada ficasse num canto e a saída em outra, assim a água nova percorreria todo o viveiro. Oque acontece é que nos cantos dos viveiros, longe das bueiras, a água não é renovada. Assim acaba por ser imprescindível um aerador ou bomba de porão, que faça a água circular por todo o viveiro.
    Para realizar este serviço, utilizo um timer que liga a bomba de porão a cada 5 minutos. 
  15. Downvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Jorel em Isca Viva ou artificial?   
    ache oque vc quiser.
  16. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Guto Pinto em Os fabricantes de barcos perderam a noção das coisas ou o carro tá muito barato ?   
    Sobre o preço do barco.
    Acho que é um caso específico, por se tratar de um barco consagrado de uma empresa consagrada. Inegável que é um casco procurado por pessoas mais abastadas e que podem pagar pelo preço. 
    A imensa maioria do mercado é formado por barcos de menor custo para motorização entre 15 a 25hps. Nessa categoria os preços são bem acessíveis ainda, com uma vastidão de fabricantes e um bom mercado de usados. 
    Os top de linha sempre serão para os mais endinheirados. Bass boat então, nem vou comentar.
  17. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Fabio Giovanoni em MOTOR YAMAHA NOVO   
    PROTESTO 
     
    Eu peso 70kgs molhado. Olhe lá.
  18. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Eder campos em Iscas de hélice no sudeste   
    baby torpedo faz miséria com os amarelinhos. Só que ao invés de vc trabalhar com puxadas fortes , vc recolhe continuamente e um pouco devagar.
    Também dá pra usar hélices maiores com os azuis.
  19. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Fabio Giovanoni em MOTOR YAMAHA NOVO   
    PROTESTO 
     
    Eu peso 70kgs molhado. Olhe lá.
  20. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Anderson Luis Ribeiro Blas em RIO NEGRO (SIRN e TI) - INFORMAÇÕES ATUAIS   
    Fiquei até atordoado com tantas informações e opiniões RELEVANTES e muito bem construídas.
    Pra mim , que sou apenas um pescador , como dizem alguns , "atrás da batida perfeita", essas questões políticas não deveriam me afetar, embora o Gilbertinho já tenha alertado que sim.
    Mas sendo eu, um mero pescador/consumidor, as coisas deveriam ser simples de resolver:
    1- Pescar somente em áreas permitidas , ou seja, fora das proibidas.
    2- Aldeias e índios. Quem tem que zelar por eles é o poder público. Como só pesco em áreas não indígenas (permitidas), eu não tenho nada com eles e nem eles comigo.
    3- Pescaria é um momento que espero um ano, e pagando caro. Vou lá só pra curtir. Não tenho compromisso em fazer ação social. Pra isso eu precisaria de outra semana. Minha contribuição, que é parca sei, é dar uma boa gorjeta pro guia e tripulação.
    4- Comprar artesanato. OK. Mas tem um problema, dependendo do objeto ele pode quebrar dentro da mala. E a minha mala já vai só com o básico porque há limitações de peso da bagagem. Se o silvícola fizer uma isca que pega peixe eu compro várias. Se for um vaso, não tem como.
     
    Se o poder público, o MPF e Foruns e representantes dos indios resolveram fechar tudo e ninguém poder mais pescar por lá, fazer oque. Eu não quero ser preso.
    Simplesmente vou mudar de destino e ir pra outro lugar. E relembrar dos dias maravilhosos que passei em Barcelos.
  21. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Cavitação ou Ventilação?   
    Rapaz, que desenterrada. Digna dos melhores arqueólogos 
     
    Bem, 4 anos depois eu posso dizer:
    1) Não instalei JAck, não coloquei hélix de Inox. Está do mesmo jeito. Inclusive a mesma hélice.
    2) Não tenho ido pescar, a muito tempo. A última vez que levei a lancha pro rio foi em Março de 2015. Ou seja, mais de 18 meses.
    3) Este ano fui pescar só 2 vezes. O trabalho não tem deixado. Mesmo com alvará de liberação da patroa. OLHA COMO A COISA TÁ SÉRIA.
    4) Ou seja, no andar da carruagem a minha hélice vai durar para sempre.
    5) Não vou trocar de motor. Já tive um 40 nesta mesma lancha e troquei porque a velocidade era muito aquém.
    Estou super satisfeito com o motor atual, que embora super dimensionado, se tornou super econômico , fazendo 16L /Hora. 
    O conjunto navega a 40 milhas, velocidade que pra mim é suficiente.
    6) Pretendo um dia partir pra um Bass. O Quest tá muito lindo e todo mundo só elogia. Aí eu coloco esse mesmo motor que já tenho.
    7) MAs na crise atual, acho que vou é ficar quieto.
    Uso mais o barco que a lancha. Gastar um dinheirão pra montar um Bass pra pescar pouco, me parece uma grande besteira.
     
     
  22. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Renato Barreto em Dica para pescar Tucunaré de barranco?   
    vixi 
    aí é bravo Renatão.
    Perigoso pegar até uma febre maculosa.
     
  23. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Eder campos em Melhor isca para pescaria em galhadas   
    NOVIDADE RAPALA:
    http://rapalaworld.blogspot.com.br/2014/06/previw-presented-new-2015-rapala.html
     

  24. Upvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Ricardo Arrais em Suporte de Motor de Popa Auxiliar !   
    assim:


  25. Downvote
    Rodrigo Yamaki recebeu reputação de Shoji Ito em Brasil, um país olímpico   
×