Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
Fabrício Biguá

Estamos Fud***s. Não somos ninguém. Ainda...

Posts Recomendados

Pois é turma....a verdade é essa mesmo....Ou nos unimos agora, ou estamos lascados.

Normalmente os textos q tratam da legislação de pesca, apesar de super importantes, não conseguem atrair a atenção de 2% dos usuários dos fóruns brasileiros...Na verdade adoramos ser "ignorantes" e nos fazemos de desentendidos. Será q estou mentindo?!?!

Tentarei deixar esse tópico o mais resumido possível, ok...mas tentem lê-lo até o final.

Ou vc lê e nos (si) ajuda, ou em breve não teremos mais onde pescar neste país.

Vou tentar explicar sumariamente pra vcs entenderem o q está ocorrendo (irei exagerar e figurar um pouco, ok?!?! Tudo para não deixar o texto cansativo.) rindo3::

Depois q o nosso presidente Lula disse q o povo brasileiro precisa comer peixe...um pandemônio se instalou sobre nossas cabeças, isso mesmo, nossas cabeças, e a sua tb está aqui. Muitos de vcs nem tem idéia disso.

Vejam o porque.

- Um novo ministério foi criado. Este para tratar de assuntos relacionados a pesca. O q deveria ser bom pra nós, né?!?! Ledo engano. caveira::

- O PNDPA / IBAMA foi extinto. Único órgão governo q conseguia fazer alguma coisa por nós pescadores / guias esportivos (pesquisa, treinamento, fiscalização e etc).

- Falta ainda maior de fiscalização. Pois é...com toda essa mudança, os fiscais do IBAMA se foram, e as polícias militares florestais ficaram sem saber o que, ou quem seguir realmente. Se a fiscalização era escassa, tentem imaginar agora como os pescadores profissionais não estão destruíndo tudo?!?!

- Fábricas de gelo foram instaladas nas margens de alguns rios. Tudo para facilitar o transporte de pescado.

- Incentivo financeiro as cooperativas e pescadores profissionais, que agora contam com uma linha de crédito de 1,8 bilhões de reais, isso mesmo.... oloko:: , para renovarem suas frotas, seus frigoríficos, e tb para q invistam em fazendas e tanques de criação de peixes (pelo menos uma coisa boa, né?!?!).

- ....e por aí vai.

Pois bem...Com a criação desse novo Ministério, dentro dele 3 Secretarias foram criadas....Uma para cuidar da pesca artesanal, outra para profissional e outra para aquicultura...Não é bem isso, pois não lembro dos nomes corretos, mas o q vcs precisam saber é que a pesca amadora foi deixada de lado...hehee...Pois é...o Governo não nos vê como uma classe importante para o País. buaa::

Depois de algum iluminado (veja mais abaixo) informar ao Presidente q a pesca amadora existe, ele resolveu jogar a pesca amadora dentro do Ministério da Pesca...mas como uma atividade secundária, sem secretaria, sem grande expressão e sem interesse do Governo.

Daí todo esse rôlo em torno das licenças de pesca, extinção do PNDPA e por aí vai...pois para o Governo nós não somos ninguém, leia-se votos.

Alguns defensores, envolvidos na causa, cito aqui o nosso amigo João Carlos Kruel (jckruel), juntamente com algumas entidades de classe (revistas, federações, associações e etc), conseguiu se reunir com o Ministro da Pesca mais no começo do ano...q após encontro, conseguiram incluir a pesca esportiva / amadora no Ministério. Ainda com uma cadeira ao lado do vigia da garagem subterânea, mas já é alguma coisa.

Também dessa reunião é q surgiu uma nova reunião, q foi a ocorrida essa semana (22/07/2010). Participaram da reunião pescadores esportivos, lojistas de pesca, donos de pousadas/hotéis, apresentadores de programas, guias, pescadores sub, representantes de associações e fóruns de pesca, e etc...q estiveram reunidos com o Ministro da Pesca aqui em Brasília para tratarem assuntos relativos a pesca amadora/esportiva do/em nosso país. Isso mesmo, do nosso país inteirinho, sem tirar nem por... surtei::

Tentem imaginar o perigo q isso representa?!?! suici::

Como duas dúzias de interessados podem ditar, organizar, normatizar, e tb brigar por todos os segmentos da pesca brasileira?!?!?!

Somos milhões, movimentamos bilhões, e como somos tão fracos?!?!

Turma, não tem jeito. Claro q não culpo os q lá estavam, pelo contrário, esses são os ÚNICOS q fazem a coisa realmente acontecer....mas será q o segmento de pesca tem idéia do momento histórico q estamos passando para ficarem de fóra?!?! Duvido

Para não me alongar demais...vamos ao assunto da reunião.

- O Ministro após nos falar da compra de 30 super barcos (caríssimos) para a fiscalização...pude notar q a preocupação dele é com a pesca costeira / águas abertas...Na verdade os nossos rios e lagos estarão em segundo plano. Nem a criação de um postinho fiscal foi citado na reunião.

- 20 e tantos lagos artificais do nosso País servirão para o "cultivo" de peixes. O q não deixa de ser bom. Inclui-se aí SM, Epitácio, Castanhão e os mais conhecidos do País.

Na verdade o Ministro e o Presidente fizeram uma viagem para a China, e lá viram o potencial q o Brasil tem para produzir peixe. Então, acredito q vários países estão sendo convidados a investirem na área aqui no Brasil, além da bilionária verba q foi destinada para a pesca profissional q citei acima.

Ahhh...desse dinheiro aí não há 1 centavo sequer destinado para a pesca esportiva / amadora.

Depois de muito xororô, onde muitos dos presentes na reunião apenas reclamavam do que estava ocorrendo em seus quintais, o Ministro foi bem claro ao dizer q, apesar do Kruel falar pra ele nós éramos 20 milhões, a cada ano apenas 200 mil carteiras de pesca são confeccionadas.

Não existem estudos q comprovem o q gastamos em nossas pescarias.

Na verdade o Ministro deixou bem claro.... - VCS NÃO TEM REPRESENTATIVIDADE.

Depois de uma discussão muito sadia e o Ministro ver q não somos "orêias secas"...a conversa mudou um pouco de rumo...onde, agora, o Ministro passou a discussar q o interesse do Ministério é de q 20% do pescado fosse "extraído" de nossos rios/lagos/mar e, os outros 80% fossem oriundos da criação de peixe (aquicultura).

arrow:: Pois bem...uma nova reunião foi marcada para os dias 01 e 02 de setembro.

Os responsáveis por organizar essa reunião, ou a pauta dessa reunião, foram os conhecidos Jkruel e o Rubinho.

Na verdade, acredito eu e posto abaixo, que quem deveria estar ciente e antenado com o q está ocorrendo, e de quebra, fazendo pressão junto aos prefeitos, deputados, senadores e etc, seriam....

- Donos de hotéis, barcos hotéis, pousadas e acampamentos de pesca.

- Lojistas de pesca - todos.

- Pescadores amadores / esportivos.

- Pescadores Sub.

- Empresas de Turismo de Pesca.

- Revistas de Pesca.

- Programas de Pesca.

- Indústria Náutica.

- Indústria de Materias de Pesca (linhas, anzóis, roupas, materias diversos e etc.).

- Guias de Pesca.

- Prefeitos q comandam cidades q vivem/giram em torno da pesca.

Será q fui longe demais ou esses milhões de envolvidos estão "comendo mosca"?

Pois é...como o nosso amigo Kruel bem disse ao Ministro....

- O q é podemos fazer para ajudar?!?!

Não estamos lá para brigar, e sim para nos unirmos ao Governo.

Precisamos mostrar a força q temos.

Foi feito, ou melhor, está sendo feito um Manifesto em Prol da Pesca motivado pelo nosso amigo Ezequiel...mas apesar de ser um documento de suma importância, não contou com assinatura de 1000 adeptos, pois é...apenas o nosso fórum registra o acesso de 4000 IPs únicos diários...mas um manifesto como esse, não consegue reunir mais de 1000....Q vergonha... vergonha::

Aceitamos sugestões?!?!? joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda não sei oque imaginar em fazer mas no minimo estou repassando estaepost a todos meus amigos pescadores para que todos possamos pensar juntos e procurar uma solução. buaa:: buaa:: buaa::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Fabrício,

Sem querer "entrar no mérito" ( já entrando ), em nada me surpreende esse tipo de ação num país como o nosso !

Quando o mundo anda numa direção, estamos buscando - quase sempre - andar na contramão...

Pior ainda que isso, é que grande parte dessas ações é feita sem qualquer metodologia e/ou mesmo coparticipação da comunidade / sociedade afetada...

Estamos - infelizmente - num momento em que "o resgate" da sociedade menos favorecida passou a representar o marco a ser alcançado nessa atual governança federal !

arrow:: O que conta mesmo, é assistir os "excluídos", e/ou os economicamente dependentes, independentemente do custo que isso possa representar ao País.

Em qualquer lugar do mundo, ouvir e contribuir com sugestões e ações comunitárias é o mínimo que se pode esperar de um processo participativo ( para não falar em democrático ), mas aqui, é só porrada em cima de porrada...

arrow:: Há tempos que vejo o meu amigo virtual jckruel ( entre outros tantos ) se mobilizar em torno de propostas com embasamento legal, e sofrer contínuas decepções em torno do tema.

Acho que todos os que assim se empenham nessa causa, são os verdadeiros ícones da nossa resitência, sempre passiva e excludente...

Como você próprio lembrou e enumerou, quantos segmentos da sociedade dependem disso que chamamos de "esporte" e que nos permite gerar uma enorme cadeia de usufrutos em torno da pesca esportiva !

arrow:: Agências de viagem, operadores, pousadas, fabricantes, comerciantes, etc... que participam desse segmento e que PRODUZEM resultados econômicos para o País !

A "indústria da pesca" é importante para "sanar a fome" de nosso povo, quase sempre dependente de um favorecimento governamental para ter sobrevida, MAS a "indústria da pesca esportiva" também gera empregos e renda para milhares de envolvidos, que - REPITO - não precisam depender de "auxílio e/ou bolsas" do Estado...

Infelizmente tenho consciência de que só esse discurso em nada adianta para modificar a situação, e o direcionamento da mesma...

arrow:: Ser menos conformado é um posicionamento, MAS contra tantos, será que resolve ???

arrow:: União é uma palavra chave, mas pelo esforço feito para a coleta de 1000 assinaturas numa época em que a internet viabiliza o acesso aos milhares, chega a ser "piada"...

Entendo e concordo que o caminho é PERIGOSO e dificilmente terá volta até que tudo precise ser re-iniciado... ( já aconteceu antes em diversos outros países ), MAS antes de qualquer coisa, precisamos resgatar nossa cidadania e agir ( e sermos ouvidos ) como tal.

arrow:: Não há outro caminho fora da democracia, e ela precisa ser respeitada ! Cabe a todos nós, buscar por esse exercício cívico de voto, expurgando e/ou escolhendo representantes que possam - EFETIVAMENTE - representar nossos interesses, quer na pesca esportiva, quer como cidadãos honestos e trabalhadores, que já não aguentam mais pagar impostos para ver tanta displicência e descaso com a nossa sociedade !

Não advogo - nem aqui é lugar disso - qualquer militância partidária, e sim que cada um de nós possa ( e deva ) fazer uma reflexão e ser honesto consigo próprio ( o voto é secreto ) e dormir com a cabeça tranquila por ter feito sua parte.

Fabrício amigo, você sabe que pode contar comigo - SEMPRE - mas dar porrada em ponta de faca é complicado... ( kruel que o diga... )

arrow:: Mas tô colado naquilo que precisar ser feito ! joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OLA AMIGOS DO T.B.

FABRICIO E COMO VOCE RELATA EU SEU TEXTO,SOMOS DESUNIDOS ETC....

POREM COMO VOCE MENCIONA QUE PROGRAMAS DE PESCA ,AI EU ME INCLUO,EU TOMO A LIBERDADE DE DIZER QUE NAO "COMO E NUNCA COMEREI MOSCA"

ESSA REUNIAO QUE HOUVE DIA 22 DE JULHO, EU PODERIA PERFEITAMENTE TER PEGO UM AVIAO E IDO A BRASILIA,POREM COMO IR SE NAO SEI QUE TAL REUNIAO EXISTIA E QUE AO MENOS FUI COMUNICADO E CONVIDADO A PARTICIPAR.

SE NA PROXIMA REUNIAO EU NAO ESTIVER TRABALHANDO (POIS EU NAO VIVO EXCLUSIVAMENTE DO MOMENTO DA PESCA,SOU GUIA DE PESCA )E FOR CONVIDADO COM CERTEZA ESTAREI LA.

PORQUE ALEM DE PRODUZIR UM PROGRAMA COM RECURSOS PRA LA DE ESCASSOS ,QUE EDUCA E ENSINA AS PESSOAS A PRESERVAREM ,TAMBEM ACHO QUE QUE POSSO AJUDAR EM MAIS MOVIMENTOS COMO ESTE.

ESTE MANIFESTO QUE PRECISA DE 1000 ASSINATURAS ,SO HOJE FOI POSTADO NO FORUM DO MOMENTO DA PESCA ,POIS EU PEDI AO EZEQUIEL QUE O FIZESSE, TAMBEM OFERECI UM ESPAÇO DENTRO DE NOSSO STAND NA FEIRA DE PESCA QUE OCORRE AGORA DIAS 3,4,E 5 DE AGOSTO PARA QUE PEGUE ASSINATURAS LA,E QUE AO MESMO TEMPO ESTEJA COLOCANDO ESSA SITUAÇAO A TODOS OS EMPRESARIOS QUE LA ESTARAO.

ALEM DE TUDO ISSO, EU PASSO A UTILIZAR O SITE E FORUM DO MOMENTO DA PESCA , A PARTIR DO MES QUE VEM PARA APOIAR A CANDIDATURA AO SENADO FEDERAL DE UMA CANDITATA DO RIO GRANDE DO SUL QUE EU CONFIO 100% E QUE ME GARANTE CASO SEJA ELEITA BRIGAR PELA NOSSA CAUSA.

PORTANTO COM ESSAS MEDIDAS TOMADAS PELA MINHA PARTE ( NAO FAÇO MAIS QUE MINHA OBRIGAÇAO) ESSAS 1000 ASSINATURAS ATE DIA 5 DE AGOSTO SERAO ALCANSADAS.

DOU A MINHA PALAVRA.

VOU PAGAR TODAS AS DESPESAS E COLOCAREI UMA PESSOA PARA PEGAR ESTAS ASSINATURAS NA FEIRA.

ABAIXO E MAILS TROCADOS COM EZEQUIEL ,ONDE COMPROVA QUE ESTAMOS JUNTOS E NOS PREUCUPAMOS COM A PESCA ESPORTIVA.

JOHNNY:

Já coloquei a mensagem no seu fórum, no primeiro bloco. Agradeço a sua ajuda

e empenho e espero que cheguemos a 1000 assinaturas.

Infelizmente não poderei estar em SP por motivo de outros compromissos de

natureza acadêmica, mas agradeceria muito se você pudesse divulgar de alguma

forma esse movimento.

Grato, amigos sempre,

EZEQUIEL

----- Original Message -----

From: "Momento da pesca"

To: "KALUA PESCA"

Sent: Saturday, July 24, 2010 10:19 AM

Subject: Re: MANIFESTO EM PROL DA PESCA ESPORTIVA NACIONAL

> OLA EZEQUIEL.

>

> CONVIDO A VOCE COLOCAR ESTE PEDIDO EM NOSSO

> FORUM(www.momentodapesca.com.br/forum) ,POIS TEMOS MAIS DE 4000 MEMBROS,E

> PEDIREI TOTAL ATENÇAO AOS MODERADORES E ADMINISTRADORES PARA QUE AJUDEM

> NESTA CAUSA.

> TAMBEM COLOCAMOS A DISPOSIÇAO UM ESPAÇO DENTRO DE NOSSO STAND NA TRADE

> SHOW DE PESCA DIAS 3,4,5 DE AGOSTO,POIS ACREDITO QUE TODOS QUE ESTIVEREM

> NA FEIRA PODERAM ASSINAR ESTE MANIFESTO.

>

> UNIDOS PODEMOS MAIS.

>

> ABRAÇO

> JOHNNY

>

> ----- Original Message -----

> From: "KALUA PESCA"

> To:

> Sent: Friday, July 23, 2010 6:15 PM

> Subject: MANIFESTO EM PROL DA PESCA ESPORTIVA NACIONAL

>

>

>> NÃO ATINGIMOS MIL ASSINATURAS E PRECISAMOS DE VOCÊ, PESCADOR ESPORTIVO

>>

>> Em meados de agosto, entregaremos o nosso MANIFESTO EM PROL DA PESCA

>> ESPORTIVA BRASILEIRA aos Comitês encarregados pela elaboração dos

>> programas dos principais candidatos a Presidente da República nas

>> próximas eleições.

>>

>> O documento encontra-se on line e será acrescido dos comentários feitos

>> pelos signatários do Manifesto. Dessa forma, procuraremos incorporar, de

>> forma sistemática, as contribuições conseguidas desde o início do nosso

>> movimento.

>>

>> Mais uma vez informamos que se trata de um movimento sem colorações

>> partidárias e sem vínculos com quaisquer instituições, entidades,

>> empresas, lojas, sites ou organismos. Motiva e impulsiona esse esforço o

>> reconhecimento da pesca esportiva pelas autoridades brasileiras bem como

>> a necessidade de, a curto prazo, elaboração de políticas que venham a

>> atender as necessidades do segmento.

>>

>> LINK PARA ASSINAR: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/5972

>>

>> DOCUMENTO PRELIMINAR: http://www.kaluapesca.com.br/manifesto.htm

>>

>> Muito obrigado - o rios, os peixes, o turismo e o meio ambiente também

>> muito lhe agradecem! Se puder, convide seus amigos a assinarem também,

>> pois esta luta é uma oportunidade única de sobrevivência e

>> engrandecimento do nosso esporte.

>>

>> Ezequiel Theodoro da Silva

>> Pescador Esportivo

>>

>>

>> -

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pela resposta de todos.

Vlw Cláudio...é assim q se começa.

Vamos lá Kid...o custo é baixo para desistir...hehee..

Vlw Johnny...entendo o q vc disse...Como a coisa está engatinhando eles deixaram muitttoooooosss nomes importantes de fóra.

Vamos ver se conseguimos nomes importantes se fazerem presentes na reunião do dia 1 e 2. Contamos com a sua ajuda.

Com a sua influência, o q acha de comentar com a responsável pelo evento tudo o q está ocorrendo?!?! Quem sabe a TV, jornais e revistas não aderem a nossa causa?!?!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, Companheiro Fabricio como o Johnny falou, somos muito desunidos sim, mais na minha opiniao, o que mais impede essa uniao de força e a falta de informaçoes passadas a nós, dos milhares de membros, creio que muiiiiito poucos sabe de tais reunioes para a discurçao de um assunto tao importante, a 2 dias eu mesmo parei por curiosidade em uma loja de pesca recem aberta aqui perto de casa para ver os materiais e talz, conversei com o dono e perguntei se ele fazia parte de algum forum de pesca como o da turma do bigua, momento da pesca e talz, ele falou que nem sabia do que se tratava, foi so um exemplo que apesar de sermos muiitos e muitos pescadores apaixonados ou nao pela pesca, somos muito mal informados do que podemos fazer pra ajuda, essa e minha opiniao ^^ legal:: , abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Fabrício não podemos baixar a guarda principalmente quem tem acesso aos meios de comunicação, principalmente a televisão (programas de pesca).........vamos em frente a luta é grande ví o seu relatório e fiquei estarrecido........se estivesse mais perto com toda certeza estaria nesta reunião......vou votar no abaixo assinado urgentemente e juntar mais assinaturas....

valeu amigo,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Fabrício e demais companheiros,

A coisa não é tão feia quanto parece! Na verdade tudo é um processo e como tal demanda tempo e conscientização (essa não tem sido fácil e não tenho feito outra coisa nestes 20 anos de luta que se iciou com a APEGO e permanece até hoje).

Sequer acredito que não exista união, pois mesmo a duras penas ela existe e vem sobrevivendo apesar dos percalços do caminho.

A reunião em si já foi um tremendo avanço, pois é a primeira vez que alguns dos principais representantes da pesca esportiva puderam se reunir para discutir assuntos referentes às nossas atividades...

Não participei da escolha e nem fui consultado sobre quem convidar e por que convidar de forma que, se alguém ficou de fora neste 1.º momento, no segundo momento com certeza se fará presente.

E daí? Lá estavam alguns apresentadores de programas de TV e das revistas de pesca, alguns donos de pousadas, representantes de feiras de pesca e até representantes de importantes lojas de pesca.

O que se viu foram questionamentos sobre recursos federais, pedidos de verbas para a pesca esportiva(?), patrocínio de programas e feiras, outras perguntas na maioria cabíveis quando muito em reuniões de ordenamento pesqueiro.

A mim preocupa, muito mais do que a união, a falta de preparo das pessoas que eventualmente possam nos representar junto ao governo federal.

Este tipo de reunião é o tipo em que pessoas se reunem para estabelecer políticas referentes à atividade e como tal devem ser discutidos problemas macros capazes de proporcionar subsídios para o estabelecimento de programas governamentais que venham a atender as necessidades dos envolvidos.

Entendo que a pesca esportiva está sustentada num tripé formado pelo turismo, meio ambiente e pesca. Qualquer "perna" do tripe que não se sustentar acaba comprometendo o restante. Menos mal que lá estva também o Ministério do Turismo que tem uma Câmara Técnica do turismo de pesca e sabem das nossas necessidades. (Eventualmente colaboro com eles).

Foi até bom quer não tivessem convidado o Jonnhy, porque na próxima ele estará e com certeza haverá de levar uma contribuição maior do que os seus colegas guias e apresentadores levaram.

Tudo foi tão previsível que durante a viagem de GYN até BSB eu disse ao Xande como as coisas iriam acontecer: desabafos, algumas queixas e cada um contando sua história... Mas e as contribuições que o governa espera?

Ora, temos que entender o cenário! Do lado do governo tudo montado por técnicos especializados com as palestras em Power Point e eles prontos para demonstrar como, em pouco tempo, o MPA realizou tantas coisas objetivando contribuir para que o nosso país criasse as condições para alavancar sua participação no mercado mundial de pescado, gerasse emprego e renda para as comunidades ribeirinhas, além de realizar o regate social de 600.000 pessoas, na maioria analfabetas. (Foram as palavras do Ministro...)

Do lado de cá, um grupo de pessoas bem intencionadas mas totalmente despreparadas para contribuir no nível exigido e que pela 1.ª vez tiveram a oportunidade de aprender como as coisas funcionam no estabelecimento de políticas públicas.

Para vocês entendam melhor, não estou dizendo que tais pessoas não possam colaborar até porque elas darão suas contribuições no momento oportuno.

Como sempre digo, não detenho o monopólio da verdade e muito menos o da competência, apenas fui diferente até hoje porque sempre tive uma visão clara dos rumos do futuro e venho me qualificando através do tempo para dar minha contribuição.

Portanto, alegrai-vos! A hora chegou... Não se trata de mais uma reunião em BSB. Trata-se da realização do 1.º Seminário da Pesca Amadora (esportiva?) onde serão debatidos os problemas do segmento (alguns né, pois se forem todos os 2 dias não vão bastar!) (rs)

Na verdade é o tipo de evento em que se fará apenas o possível, dado que a nossa representatividade está apenas nascendo.

Em breve, a representação legal que já temos via FBPE será exatamente do tamanho que nossa competência permitir e que a nossa união possa proprocionar.

Há anos venho ajudando a criar associações locais, assim como junto com o Zeca fui o mentor da FBPE e venho dizendo que sem o associativismo não haverá condições de consolidarmos a pesca amadora/esportiva(?).

Sempre surgirão problemas, sempre existirá adversidades e sempre haverá alguém criticando, assim como sempre existirão pessoas que honestamente estarão torcendo para aqueles que mesmo errando eventualmente, estão tentando organizar o segmento para que ele, de forma produtiva possa construir a sustentabilidade ambiental, social e ecônomica da pesca amadora deste país.

Dá para escrever um livro caro Fabrício... Mas sabe o que mais me alegrou? É que além da presença do Xande representando a APEGO, também você estva lá representando a FBPE e pelo visto algo importante ocorreu!!

Estás tomando a frente de uma discussão muito oportuna, estás disponibilizando o site para aprofundar eventuais colaborações e pelo jeito estás disposto a contribuir.

De que forma? Juntando com a logomarca linda que o Zeca fez para vocês e fundando com a maior brevidade a Federação Brasiliense de Pesca Esportiva, congregando as associações aí do DF (eles sequer precisam trabalhar, apenas apoiar a federação), porque ela terá um papel fundamental no trato dos assuntos com o governo, simplesmente porque vocês moram no local onde as coisas se decidem.

Um grande abraço, o meu carinho e a minha confiança em todos aqueles que se dispuserm a colaborar.

Kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não se iludam. Essa reunião só contou com o Ministro da Pesca porque é véspera de eleição e o Sr Lula está gastando tudo que pode para eleger a candidata Dilma.

Minha sugestão é criarmos uma Associação de Pesca Predatória, conseguir as verbas necessárias e incluir no estatuto uma cláusula que permita ações para a alavancagem da pesca esportiva. Parece piada? ...parece! Mas.Neste país, também se escreve certo por linhas tortas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

creio que um esforço extra deveria ser feito sobre a embratur pois há a necessidade da criação de um categoria de hospedagem com cunho ambiental. aquela classificação antiga por estrelas não existe mais, e sim por setores e tipos. digo isso porque seria uma forma de unir os estabelecimentos tão conhecidos por nós e dar a eles a oportunidade de dizer o quanto gastamos com pesca esportiva. seria uma nova frente de embate junto ao ministério do turismo, ficando a representação de nossa causa mais encorpada.

e os pesque pagues, são representados por alguém? eles podem dizer quantos somos. porque não coloca-los na luta, afinal o público deles somos nós mesmo. está na hora de exigir também daqueles que se beneficiam do nosso lazer; colocar a proposta de abaixo assinado nos pesq-pagues que são locais de boa concentração de pessoas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É, ou nos interessamos por política ou alguém interessado decide por nós.

Acho que o Brasil tem um potencial interno imenço. O suficiente para tirar uns 40% dos pescadores artesanais e deixá-los exclusivamente do eco turismo (pesca, passeios e etc). Pessoalmente, acho que esse é um sub ramo do turismo com público-alvo ainda restrito mas que podemos desenvolver. Vide o exemplo do futebol que só ficou popular depois do charles muller. Acho que o exemplo do futebol precisa acontecer em nosso país, porém, diferente das traves e chuteiras, precisamos de ambientes saudáveis aonde possamos encontrar o peixe fácil para haver um primeiro contato e aí sim desenvolver o saudável vício da pesca.

Essas decisões políticas não são tão arbitrárias como ouvimos. Acho que a REPRESENTATIVIDADE é um princípio fundamental da democracia e sem ela a decisão torna-se ditatorial ou arbitrária se preferir.

Particularmente me interesso nesse momento por uma melhoria das condições ambientais pois sem ela o peixe vai sumindo, ou melhor, o peixe e a vontade de pescar. Por isso, antes de mais nada, acho que as regras devem ficar mais exigentes para aqueles que utilizam os recursos naturais , pois sendo esses esgotáveis não haverá como pensar em leis da pesca esportiva na ausência de peixes. Gostaria muito de ver aqui no Brasil 30% do que ouvi da Austrália. Que possui um manejo dos estoques de forma racional e uma fiscalização presente que repreende os crimes ambientais de forma rápida. O Brasil é muito tímido, não sei se pelo período militar ou pelo excesso de pessoas corruptas, mas acho que as leis poderiam ser mais eficientes tanto no prazo de execução quanto em seus valores ($).

Bom, por fim, quero dizer que acompanho sim as informações sobre pesca , mas confesso meu pessimismo não com os políticos, pois esses são apenas o nosso reflexo. Mpreocupo mesmo é com as pessoas do dia a dia que não percebem o quanto está ficando escasso o peixe na natureza.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Assim como o meu mestre Kruel, também saí com uma impressão muito mais otimista do que o Fabrício.

Que não temos AINDA representatividade já sabíamos. Mas seja por motivos eleitoreiros, por motivos reais ou mesmo por pura politicagem para ganhar tempo para aprovação de medidas extrativistas (como uso de redes no Médio Araguaia), nós nos reunimos com o Governo Federal e isto foi inédito.

A falta de nomes importantes talvez não seja culpa do Ministério e muito mais culpa nossa, que ainda estamos engatinhando em nosso organização em representatividade. Mas isso há de ser corrigido.

Assim como o Kruel também fico muuuuuuuito mais preocupado com a falta de capacidade das pessoas envolvidas com a pesca esportiva nos seus vários setores. Não tenho dúvidas de que ali estão pessoas bem intencionadas, mas percebi em 90% dos discussos uma preocupação muito pontual, por exemplo:

1 - FATIAS DE VERBAS PARA PROGRAMAS OU EVENTOS;

2 - LEGISLAÇÃO DA CARREIRA DE GUIA NA REPRESA Z ou W;

3 - RECURSO PARA MEU PROGRAMA, ETC...

4 - DEFENDER O PEIXE X OU Y DA REPRESA ONDE PESCO;

5 - SE A PESCA SUB SE UNIR, SE SERÁ DEPOIS APOIADA PELA PESCA DE CANIÇO;

E por aí vai... São solicitações inválidas ou ruins?? NÃO!!! MAS NÃO É HORA DE SE DISCUTIR PEQUENOS PONTOS, É HORA DE SE PENSAR NO MACRO, NUMA CAUSA MUITO MAIOR.

Ver as pessoas falarem sobre estes pontos em tal reunião me deu uma sensação de que vários ali estão querendo apenas "rastelar" o próprio quintal, não estão envolvidos com a importância do que podemos conseguir para nosso estoque pesqueiro. O que é muito ruim para a nossa imagem perante o "NEGOCIADOR" que está do outro lado da mesa. Estas atitudes demonstram pouca ou nenhuma experiência com reuniões e ou debates de tal dimensão. Ficar calado em frente a uma equipe técnica tão bem preparada como aquela é uma ótima pedida.

Lembro ainda que algumas colocações (a minoria infelizmente) foram excelentes e nos apresentaram muito bem ao MPA.

Mas fora esta preocupação acima citada, uma outra coisa que muito me animou foi o quanto o Ministro Gregolim está bem informado sobre nossa realidade (da Pesca Esportiva). Foi abordado por ele com bastante conhecimento:

- as indústrias que circulam em volta de pesca;

- a quantidade estimada de pescadores esportivo no Brasil;

- a enormidade de recursos (ainda não levantada, mas estimada) que a indústria de pesca esportiva gira, bem como o conhecimento da monstruosidade de dinheiro que a Pesca Esportiva gira nos EUA - isto enche os olhos de qualquer técnico do governo arrecadador que temos;

- a profissão de guia de pesca como mais rentável, mais sadia e realmente sustentável em relação ao pescador profissional;

- o conhecimento de que o que almejamos principalmente é diminuir o extrativismo e aumentar a aquicultura em TODO O BRASIL;

Ou seja, alguém passou estes dados ao Ministro, e o mesmo agora ao menos é ciente que somos muito mais VOTOS do que os pescadores profissionais, bem como temos muito mais representação nas classes que abrigam os fomadores de opinião. E a EMBRATUR está sim de olho nisso, inclusive representada dentro da reunião. Tive a nítida impressão nas palavras da representante da EMBRATUR que o turismo da pesca esportiva está sendo bastante observada por este órgão, ou seja, é uma ferramenta que temos que tentar utilizar.

Tomara que as intenções prometidas pelo Ministério sejam realmente seguidas, se o texto do MPA for relamente cumprido, há uma luz no fim do túnel a médio prazo.

No mais cito que fomos recebidos de forma extramente gentil, aberta, direta e profissional por parte de todos os representantes do MPA envolvidos na reunião. A equipe se mostrou muito bem preparada.

Xande.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

só existe 1 caminho - Senadores ou deputados federais (PESCADORES ESPORTIVOS) ou aparentados. assim é possível iniciar uma mobilização.

"Lembro a todos que: a legislação passa pelo congresso, o orçamento é decidido no congresso, TODOS no executivo PERDEM o interesse quando ocorre mudança no escalão superior - alguma dúvida?"

A Eles(políticos) interessa os votos, basta mostrar o número de pescadores(e familiares), interessa a verba de orçamento, interessa a visibilidade neste BrAzIl "ecologicamente correto", etc, etc, etc.

Projeto: tenho certeza que temos condições de elaborar.

quem conhece um caminho mais fácil e eficaz?

Infelizmente o único "senador" que sei que pesca, é um MATADOR profissional (só pesca com redes e espinhel) - senador paraense - Mario Couto.

Fabricio e KID se concordarem, abram 1 espaço para indicações dos políticos, formamos uma comissão para contato com os indicados e mãos a obra.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É por aí mesmo, turma.

Excelente a contribuição de todos vcs...Como sempre, muito pontuais no assunto.

Kruel e Kid...com certeza o resultado da reunião foi muito positivo. Só de o Ministro saber q existimos e q iremos "brigar" com ele, nos faz acreditar e ver "uma luz no fim do túnel".

O Xande foi perfeito nas colocações. Iria começar o tópico com tal roteiro, mas precisava chamar a atenção de todos para o problema, mas o Xande soube expressar a "pauta" com muito mais propriedade q eu.

A verdade é uma só...Niguém faz nada de graça.

A minha esperança é q o grupo dos q apenas querem pescar esportivamente se una...pois tenho certeza q uma hora os mais afortunados, quando verem seus empreendimentos quase falidos, irão entrar na jogada e usarão toda a sua força política....O problema é q isso pode ocorrer tarde demais. (e aí aqueles q só pescam esportivamente estarão sem peixe pra pescar)...

Resumindo, nós pescadores esportivos não podemos fazer vista grossa e ficar esperando q os donos de pousadas, hotéis, empresas de pesca e, etc, tomem alguma atitude. Chegou a hora de nós pescadores esportivos tb entrarmos no circuito.

Mas é claro q todo o empresariado do setor tb deve estar presente.

Se a próxima reunião será um sucesso eu não sei....mas tenho certeza q se nós, pescadores esportivos nos fizemos presente, ela será melhor ainda.

E vamos tentar organizar as nossas idéias. O q será q podemos fazer?!?!

- Alguns já sugeriram contatar políticos.

- Podemos criar um banner único a ser veiculado em todos os sites e fóruns q conhecemos (mas aí precisamos de um webdesigner competente para fazer um trabalho legal. Alguém conhece um bom e barato??? Quem pagaria esse trabalho???)

- Poderíamos alertar o empresariado...q colocaria um computador conectado na internet dentro do seu estabelecimento comercial, lá ele solicitaria a todos os clientes q assinasse o manifesto)

- e aí, o q vcs sugerem mais???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício,

Com relação as tuas preocupações referentes as pousadas, empresas de turismo de pesca, barcos hotéis já falei com o ministro sobre uma idéia nascida aqui mesmo no FTB, que nada mais é do que exigir o licenciamento ambiental das mesmas. E daí?

Ocorre que eles, como usuários do recurso natural peixe são obrigados a fazerem o licenciamento (lei 6938 além da Resolução CONAMA n.º 10 que não me lembro o ano).

Como a licença de operação é renovável, aquele que for conivente com a matança não terá sua licença renovada (responsabilidade solidária) e com isso transformaremos os guias nos verdadeiros fiscais a custo zero para a sociedade e para o governo. O ministro aprovou e vamos aprofundar a discussão no Seminário. Aqui em Goiás já estou providenciando através da APEGO a notificação via MPF para que o ente ambiental tome as providencias cabíveis.

Com relação : Podemos criar um banner único a ser veiculado em todos os sites e fóruns q conhecemos (mas aí precisamos de um webdesigner competente para fazer um trabalho legal. Alguém conhece um bom e barato??? Quem pagaria esse trabalho???) Penso que o Zeca possa fazer isso com competência e que ele vá cobrar um preço justo.

Estou com problemas com relação a minha participação no evento dada que minha escala de trabalho designou o período de 1.º a 10 de cada mês para que eu trabalhe na fiscalização. Desta forma, se mantida a data do evento não poderei estar presente m BSB o que para o governo poderá ser um alívio (rs).

Vou falar com o Karim e ver se é possível adiar p/ 13 a 17 ou então para 20 a 24 de setembro, semanas que estarei livre p/ colaborar.

abs

kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O governo só encherga números e infelismente não temos como passar a eles o valor que é arrecadado de impostos no ramo da pesca por ano (com certeza isso faria uma grande diferença), vou entrar em contato com amigos e ver se consigo colocar algo na TV (Goiás) para que varios pescadores que não acessam os foruns de pesca possam nós (si) ajudar nessa causa!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caros amigos

Pelo que vi na reunião ficou decidido que juntamente com a comissão do ministério teremos nossos dois representantes (Kruel e Rubinho).

A partir deste momento temos representantes na mesa de negociação, mesmo que sem a representação legal (confederação).

Foi citado também não termos nenhum embasamento quantitativo das categorias envolvidas, acho que mesmo em uma representação inicial poderíamos levar para mesa de reunião números preliminares de toda a classe envolvida na pesca amadora e esportiva.

Temos que ter munição para que nossos representantes possam discutir com números possíveis,

Acho que através dos vários setores podemos demonstrar o nosso potencial em caráter de urgência. Vamos exemplificar aqui.

Fóruns de pesca esportiva, colocaríamos os números de cadastros de cada um dos saites.

Lojas de pescas e fabricantes de apetrechos , podemos cadastrar o numero das lojas por região, com seu respectivos números de funcionários.

Fabricantes de embarcação poderiam também colocar os teus respectivos números de funcionários.

Cadeias de hotéis e pousadas podem citar os número por região de pesca.

Guias de pesca poderíamos ter um levantamento aproximado por região de pesca.

Barco hotéis fazer um levantamento por região.

E com isso mostrarmos uma preliminar do potencial em empregos e distribuição de renda, tudo isso como levantamentos preliminares, já que quase na sua maioria não se tem registro legal das atividades, pelo que vi o ministro quer números, e isso acho que podemos conseguir de forma rápida através de uma amostragem mais ou menos sucinta, que cada pessoa aqui possa conseguir um contato em uma região e solicitar um levantamento.

Temos que dar embasamento aos nossos representantes para mostrar a nossa força.

Se pedirmos ao Eriberte que junto ao germano (exemplo)nos informe quantas pousadas temos na região de serra da mesa, e quantos funcionários no serviço de hotelaria , quantos funcionários envolvidos diretamente como guias ou direto na pesca (guias, mecânicos, etc)

Tudo apenas para que tenhamos uma base para negociar, e a partir daí reivindicar e ter reconhecimento pelo governo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

e meus amigos a muito tempo eu ja venho falando que a ..SEAP.seria um cancer para a pesca esportiva ninguem mim escuto.ai ta o resultado aqui no tocantins

esta com um briga grande na cidade do peixe para barrar a criaçao de uma colonias de pescadores . que ta tendo todo insentivo do ministerio da pesca

fizemos ate audiencia publica mais nao ta facio ainda mais no ano que eles estao querendo voto. e sobre esta reuniao nao entendo porq vcs nao

mobilizaram todos seguimentos era uma grande chance para a jente

conseguir alguma coisa porque fazemos alguma coisa muito rapido

ou estamos fudidos..a muito tempo que eu venho relatando em todos

os sites sobre este risco so que ninguem mim ouviu.a minha opiniao

a jente tinha marca uma data e fazer igual os sem terra fazem junta

todo mundo ai em brasilia e pesca as trutas ai do presidente ..LULA,,,

ai no logo em frente o palacio.. so assim eles ia nos ouvir..

um grande abraço a todos e pode conta comigo para o que precisar

ass rosimar rabello seu guia de pesca no estado do tocantins ::nada::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tchê, meus amigos pescadores, depois de ler todos os posts desse tópico, fiquei "meio que sem saber o que fazer"..... Estou com um sentimento de indignação/revolta/esperança/angústia/ansiedade.....Difícil exprimir esse sentimento! Tenho noção de que sou "pequeno demais" para, sozinho, movimentar e/ou fazer alguma coisa acontecer, mas quero deixar claro que estou inteiramente à disposição para ajudar no que for preciso, sempre visando à preservação da nossa atividade, a pesca! Sou consciente das imensas dificuldades que se têm na hora de se defender uma "causa", ainda mais nesse meio político, onde imperam interesses diversos que, no nosso caso, em sua maioria, vão contra as nossas intenções.

Fabrício e amigos, repito, estou pronto para ajudar, no que for preciso!!!!!! Mando e-mails, escrevo artigos (dentro do que minha limitação permitir), posto em fóruns de pesca, participo de encontros e palestras, enfim, estou pronto para fazer o que estiver ao meu alcançe, mesmo que aqui, no "garrão" desse Brasil velho continental, para defender a nossa causa, a pesca esportiva!!!

Juntos somos mais fortes, e temos que demonstrar essa força, mesmo que bem aos poucos e "pelas beiradas"!!!!

Estou aí!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Embora eu acredite muito nas pessoas que estavam presente nesta primeira reunião,não acredito no Ministério da Pesca no que diz respeito a Pesca Esportiva. Conheço bem o pensamento dos Petistas (pois sou um deles), o problema começou quando o Presidente Lula atendeu uma tendência "radical" do partido ( PT )e criou o MPA. Essa ala Petista vê a classe média e os empresários como patrões malvados e ainda acreditam na revolução do proletariado. Pois é!É nas mãos desta "tendência" que está o futuro da Pesca Esportiva no Brasil.

Para justificar um Ministério, pulverizaram carteira de pesca engrossando e “inchando” número de pescadores extrativistas em todo o país, depois deram o golpe final no IBAMA (sem comentários sobre isso).

Para finalizar, os petistas radicais alojados no MPA vêem os Pescadores Esportivos como “riquinhos” que não pensam nos milhões de Brasileiros que vivem na miséria e que segundo eles: “Precisam de um lugar ao sol”, e acham que esse lugar ao sol é dentro de um barco de alumínio debaixo do sol do meio dia, cruzando redes por todos os rios brasileiros.

Claro que depois de escrever tudo isso, tenho a obrigação de aqui expor uma solução do meu ponto de vista. Que seria: Nós Pescadores Esportivos, bater na porta do Ministério do Turismo e expor nossas idéias. Seríamos muito melhor acolhidos.

Talvez, só talvez! Ainda resta uma esperança. O MPA levou para seu staff uma pessoa que REALMENTE tem a credibilidade de nós Pescadores Esportivos, que se chama Michel . Se, o deixarem fazer a coisa certa, nós Pescadores Esportivos teremos alguma chance .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caros amigos

Pelo que vi na reunião ficou decidido que juntamente com a comissão do ministério teremos nossos dois representantes (Kruel e Rubinho).

A partir deste momento temos representantes na mesa de negociação, mesmo que sem a representação legal (confederação).

Foi citado também não termos nenhum embasamento quantitativo das categorias envolvidas, acho que mesmo em uma representação inicial poderíamos levar para mesa de reunião números preliminares de toda a classe envolvida na pesca amadora e esportiva.

Temos que ter munição para que nossos representantes possam discutir com números possíveis,

Acho que através dos vários setores podemos demonstrar o nosso potencial em caráter de urgência. Vamos exemplificar aqui.

Fóruns de pesca esportiva, colocaríamos os números de cadastros de cada um dos saites.

Lojas de pescas e fabricantes de apetrechos , podemos cadastrar o numero das lojas por região, com seu respectivos números de funcionários.

Fabricantes de embarcação poderiam também colocar os teus respectivos números de funcionários.

Cadeias de hotéis e pousadas podem citar os número por região de pesca.

Guias de pesca poderíamos ter um levantamento aproximado por região de pesca.

Barco hotéis fazer um levantamento por região.

E com isso mostrarmos uma preliminar do potencial em empregos e distribuição de renda, tudo isso como levantamentos preliminares, já que quase na sua maioria não se tem registro legal das atividades, pelo que vi o ministro quer números, e isso acho que podemos conseguir de forma rápida através de uma amostragem mais ou menos sucinta, que cada pessoa aqui possa conseguir um contato em uma região e solicitar um levantamento.

Temos que dar embasamento aos nossos representantes para mostrar a nossa força.

Se pedirmos ao Eriberte que junto ao germano (exemplo)nos informe quantas pousadas temos na região de serra da mesa, e quantos funcionários no serviço de hotelaria , quantos funcionários envolvidos diretamente como guias ou direto na pesca (guias, mecânicos, etc)

Tudo apenas para que tenhamos uma base para negociar, e a partir daí reivindicar e ter reconhecimento pelo governo.

Gostei viu Adhemar. Acho que dá pra levantar isso aí .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por mais que ainda estejamos com sentimentos distintos sobre o resultado da reunião, temos que aproveitar a oportunidade e comemorar que uma porta foi aberta. Estou certo que seremos muito bem representados por alguns nomes que vi por aqui.

Aproveitando a idéia do Adhemar e já dizendo que sou totalmente leigo no que vou falar, será que não dá para incluir uma ou outra pergunta no censo do IBGE que será feito este ano? Se isto for possível certamente teremos uma idéia clara do potencial da pesca no Brasil.

Abraços e vamos em frente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por mais que ainda estejamos com sentimentos distintos sobre o resultado da reunião, temos que aproveitar a oportunidade e comemorar que uma porta foi aberta. Estou certo que seremos muito bem representados por alguns nomes que vi por aqui.

Aproveitando a idéia do Adhemar e já dizendo que sou totalmente leigo no que vou falar, será que não dá para incluir uma ou outra pergunta no censo do IBGE que será feito este ano? Se isto for possível certamente teremos uma idéia clara do potencial da pesca no Brasil.

Abraços e vamos em frente.

Kleverson,

esta questão do senso foi levantada na reunião, o Ministro Gregolim disse que de imediato tentaria algo junto ao IBGE, mas acha que para este senso não dará mais tempo para inserir tal pergunta sobre a pesca.

Xande.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por mais que ainda estejamos com sentimentos distintos sobre o resultado da reunião, temos que aproveitar a oportunidade e comemorar que uma porta foi aberta. Estou certo que seremos muito bem representados por alguns nomes que vi por aqui.

Aproveitando a idéia do Adhemar e já dizendo que sou totalmente leigo no que vou falar, será que não dá para incluir uma ou outra pergunta no censo do IBGE que será feito este ano? Se isto for possível certamente teremos uma idéia clara do potencial da pesca no Brasil.

Abraços e vamos em frente.

Foi sugerido ao ministro esta inclusão, e ele parece que achou viável, só não sabia falar se ainda era possível fazer a inclusão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...