Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Paulo Silva

Alguém já presenciou algo inexplicável enquanto pescava?

Posts Recomendados

Eu já....

Há cerca de 20 anos atrás, no interior do Espírito Santo, eu, meu pai e meu irmão, curtindo férias na cidade da minha mãe, estávamos malucos pra esticar as linhas.

Foi aí q próximo a cidade havia um pesque-e-pague desativado.

Como a agonia era grande, resolvemos parar as margens da fazenda e perguntar para o caseiro se havia ainda alguma atividade nos lagos e, em caso positivo, se ele nos permitiria pescar e soltar.

Fomos autorizados e no dia seguinte estávamos por lá.

O dia de pescaria foi muito top....pegamos vários pacus de 4kg a 5kg...todos muito bons de briga.

Na época atávamos o anzol da seguinte forma:

Inseríamos uns 20cm de linha mono pelo olho do anzol. Daí torcíamos a linha e fazíamos tipo um empate com a própria linha (ela fica tipo trançada, sabem como é!??!?!)...dávamos 2 nós cegos mesmo...e pronto.

No final da tarde um de nós fisga um belo peixe...só q forçamos demais o equipamento e a linha partiu. Blz até aí.

Passados uns 30 minutos, já na hora de ir embora, meu irmão, ao recolher a linha dele percebe q o peixe se atracou...POW...o bruto ferrou na puxada....e começou a tomar linha...

Meu irmão trabalhou corretamente o peixe e eu, ao tentar retirá-lo da água, percebi q havia um anzol a mais na boca do peixe... blink::

Olhando mais de perto vi q aquela linha q havia estourado minutos antes....estourou bem acima no nó...O trançado do "empate" permaneceu intacto e o meu irmão, no recolher a linha, conseguiu fisgar o anzol dele bem no meio deste trançado.

Não é q ele conseguiu trazer o peixe preso por alí?!?! mestre::

Incrível como o anzol conseguiu engatar bem no meio do empate preso na boca do peixe...Até hoje acho q foi algo inexplicável. surtei::

Vai saber.... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma das que me lembro bem:

Estava pinxando tucunare em Serra da Mesa.

Tinha a entrada de um corrego, com umas pedras e os bichos estavam atacando uns peixinhos lá

Eu arremessei, vim recolhendo o azulão atacou .....errou o bote, a isca pulou para fora dágua em cima de uma pedra, uns 2 palmos para fora e o bicho pulou fora para pegar a isca......errou de novo e foi embora

eu nunca tinha visto tucunare pastando..kkkkkkk

acreditem se quiser...kkk

Adalberto ( Magrão)

Abçrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa historia que vou contar nao aconteceu comigo mais sim com um amigo...

Talvez muitos aqui O conheçam , sandro piloteiro em luz Alves ...

Pescando Piraiba com multifilamento eles fisgam a bruta ... Depois de muitas horas de briga tirou a monstra 2.13 Mts e qnd foram tirar o anzol a linha estava enrrolada na nadadeira peitoral e a multo de tanta forca entrou no peixe... O anzol estava solto e o peixe estava apenas amarado !

Outra que aconteceu comigo foi capturar a msm Piraiba duas vezes e essa mesma Piraiba foi também capturada pór um amigo kkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já e foram várias...às vezes conto aqui no trabalho e passo por mentiroso, hoje não conto mais porque sei que não vão acreditar, talvez se eu mesmo não fosse o protagonista também não acreditaria..Vou contar apenas uma que aconteceu quando ainda era muleque...estava pescando tilápia num corrego (escondido, o fanzendeiro proibia a pesca) junto com um amigo quando de repente esse meu amigo saiu correndo pelo único trieiro que dava na estrada. Quando gritei para ele o que tinha acontecido ele falou que tinha visto uma cobra, claro que também queria correr, só que no meio do caminho estava nosso bornal com algumas tilápias dentro, não é que a cobra tinha entrado dentro do bornal e estava saindo com uma na boca...como disse, é dificil de acreditar, mas que aconteceu, aconteceu...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa é de doer, mas aconteceu de verdade num clube de pesca, chamado lago verde, aqui em Goiânia.

Um rapaz que pescava a meu lado pegou uma coisa q juntou muita gente pra ver.

Um pacu caranha bem pequeno que havia sido capturado por alguem e o deixou cair de volta na água com o alicate boga grip engatado na boca. Um pintado, que deve ter visto o peixe com dificuldades tentou comê-lo e se entalou.

Resultado, o anzol do rapaz pegou na cordinha do boga grip.

O pequeno pacu já estava morto, e o pintado bem magro.

Não deu pra acreditar... até eu, quando conto, penso q é mentira...

ahahhahaha

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Houve uma época aqui no Lago Paranoá - em Brasília - que parecia haver mais tilápias que água... Falo dos anos 80 e início dos anos 90.

A quantidade era tamanha que, enquanto aguardávamos as carpas puxarem, ficávamos competindo quem pegava a tilápia de maneira mais bizarra, só de gozação, para passar o tempo.

Depois de pegarmos com as iscas mais inusitadas, lançou-se o desafio de se pegar sem nenhuma isca, com anzol limpo. Fácil, fácil, começaram a sair as primeiras...

Depois, aumentamos o tamanho do anzol, para o tamanho máximo que caberia na boca de uma tilápia - e também sem isca. Demorou um pouco, mas saiu também.

Aí pensamos: Será possível pegarmos uma sem anzol?? kkkkkkk

Coloquei uma chumbadinha bem pequena na ponta da linha (sem nenhum anzol) e comecei a tentar... Tentei, tentei... De repente, vapt! blink::

Para risadaria geral, e não é que entrou uma esfomeada duma tilápia somente na chumbada?! doeu:: :gorfei:

Agora não me perguntem como ela conseguiu se enroscar na chumbada a ponto de ser retirada da água... Só sei que, no Lago Paranoá, quem pescou nos anos 80 e início dos anos 90, viu mais tilápia que água!

::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2 ::fish2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

só quando eu bebo...fico invisivel....acho que ninguem vai me enchergar.....no outro dia ta feito o rolo em casa....rsss....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

uma vez em serra da mesa,eu e o parceiro Mário estávamos a cerca de 30 metros de uma ilhota onde vimos um grande gavião patolar uma marreca ela gritava muito..ai falei essa se fdeu :gorfei: por incrível que pareça se soltou das garras do gavião e caiu na água...falei puts essa nasceu de novo o gavião ficou com cara de bobão pois tinha perdido a ferrada certeira...quando a marreca nadava e se sacudia na água(provavelmente com algum ferimento) foi simplesmente sugada por algum peixe gigante,não era o dia da marreca surtei::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu já....

Há cerca de 20 anos atrás, no interior do Espírito Santo, eu, meu pai e meu irmão, curtindo férias na cidade da minha mãe, estávamos malucos pra esticar as linhas.

Foi aí q próximo a cidade havia um pesque-e-pague desativado.

Como a agonia era grande, resolvemos parar as margens da fazenda e perguntar para o caseiro se havia ainda alguma atividade nos lagos e, em caso positivo, se ele nos permitiria pescar e soltar.

Fomos autorizados e no dia seguinte estávamos por lá.

O dia de pescaria foi muito top....pegamos vários pacus de 4kg a 5kg...todos muito bons de briga.

Na época atávamos o anzol da seguinte forma:

Inseríamos uns 20cm de linha mono pelo olho do anzol. Daí torcíamos a linha e fazíamos tipo um empate com a própria linha (ela fica tipo trançada, sabem como é!??!?!)...dávamos 2 nós cegos mesmo...e pronto.

No final da tarde um de nós fisga um belo peixe...só q forçamos demais o equipamento e a linha partiu. Blz até aí.

Passados uns 30 minutos, já na hora de ir embora, meu irmão, ao recolher a linha dele percebe q o peixe se atracou...POW...o bruto ferrou na puxada....e começou a tomar linha...

Meu irmão trabalhou corretamente o peixe e eu, ao tentar retirá-lo da água, percebi q havia um anzol a mais na boca do peixe... blink::

Olhando mais de perto vi q aquela linha q havia estourado minutos antes....estourou bem acima no nó...O trançado do "empate" permaneceu intacto e o meu irmão, no recolher a linha, conseguiu fisgar o anzol dele bem no meio deste trançado.

Não é q ele conseguiu trazer o peixe preso por alí?!?! mestre::

Incrível como o anzol conseguiu engatar bem no meio do empate preso na boca do peixe...Até hoje acho q foi algo inexplicável. surtei::

Vai saber.... joia:::

Caramba, esse nó é da minha infância Fabrício, só sabia fazer ele srsrsrs...

Fera demais as Histórias, acredito em todas, muito fera galera... ::tudo:: :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já e foram várias...às vezes conto aqui no trabalho e passo por mentiroso, hoje não conto mais porque sei que não vão acreditar, talvez se eu mesmo não fosse o protagonista também não acreditaria..Vou contar apenas uma que aconteceu quando ainda era muleque...estava pescando tilápia num corrego (escondido, o fanzendeiro proibia a pesca) junto com um amigo quando de repente esse meu amigo saiu correndo pelo único trieiro que dava na estrada. Quando gritei para ele o que tinha acontecido ele falou que tinha visto uma cobra, claro que também queria correr, só que no meio do caminho estava nosso bornal com algumas tilápias dentro, não é que a cobra tinha entrado dentro do bornal e estava saindo com uma na boca...como disse, é dificil de acreditar, mas que aconteceu, aconteceu...

Nossa Adão, BORNAL, a muitos anos não ouvia essa palavra, também pescava com esses, fabricados com restos de jeans :gorfei: Muito bons, enchia de carazinhas e lambaris, época que tenho saudades... ::fishing

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

JA VI VARIAS TAMBEM....

UMA LEGAL FOI PESCANDO NO AGUA BOA..QUANDO VIMOS UNS TUCUNARES INCURRALANDO UNS PEIXINHO, QUANDO O PILOTEIRO DISSE PARA ARREMESSAR EM CIMA, FUI OQ FIZ, VIM TRABALHANDO A T20 PARALELO AO BARRANDO QUANDO O TUCUNA ATACOU DO MEIO PARA A BEIRA, ELE SAIU TODO NA AREIA COM ISCA NA BOCA, FOI BEM LEGAL....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ano passado em Barcelos, meu primo Tiago e Eu apoitamos no fim da tarde para bater umas piraras....

Nao lembro quem dos dois tomou uma pacanda, e de repente comeca um puxa daqui....outro puxa de la... os dois se matando com os porretes de 80lb.....depois de um tempo, olha ai o resultado....conseguimos enroscar precisamente a volta do anzol um do outro....so fotografando, pois contando ninguem acredita... :gorfei: :gorfei:

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa muita sinistra que aconteceu comigo foi mais ou menos uns 15 anos atrás na cidade de Fronteira-MG no Rio Grande... Bem do lado da ponte tem um local que aluga barcos e tem uma prainha que o pessoal pesca a noite, um dia estava pescando lá com meus pais e irmãos quando de repente um rapaz que estava pescando do nosso lado pegou um peixe muito pesado e foi puxando e fazendo o maior carnaval dizendo que tinha feito a pescaria. Quando chega perto o amigo dele clareou com a lanterna e só escutamos o grito: -"Peguei um Cadáver". Todos correram para ver e quando ele puxou para a prainha realmente todos ficaram muitos surpresos ao ver que o anzol deste pescador pegou um homem de aproximadamente 35anos que tinha se afogado por conta da cachaça naquela redondeza dois dias antes. Chamaram o bombeiro que logo depois retirou o corpo. Algo que acabou dando um tom de comédia na história foi que meu irmão, apesar de todo o ocorrido não parou de pescar por 1 minuto. Vai ser fominha assim lá longe kkkk

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todas as histórias estão muito boas mesmo, inacreditáveis oloko:: .

Mas o que será que o nosso companheiro Paulo quiz dizer com inexplicáveis??? medo:: será algo de outro mundo medo::

enquanto ele ainda nao contou a história dele vou deixar minha contribuição:

Não aconteceu comigo, mas quem me contou é de muita credibilidade rindo3:: . Ele tava pescando barbado no rio Paranaíba abaixo da barragem de cachoeira dourada quando um barbadao levou a vara inteira pra dentro dágua. Continuaram pescando e três dias depois em outro ponto do rio pescou a sua vara de volta e inacreditavelmente o barbado ainda estava lá. ::tudo::

Se alguem duvidar tudo bem, pq eu tbém fiquei com minhas duvidas!!! rindo3:: rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ano passado em Barcelos, meu primo Tiago e Eu apoitamos no fim da tarde para bater umas piraras....

Nao lembro quem dos dois tomou uma pacanda, e de repente comeca um puxa daqui....outro puxa de la... os dois se matando com os porretes de 80lb.....depois de um tempo, olha ai o resultado....conseguimos enroscar precisamente a volta do anzol um do outro....so fotografando, pois contando ninguem acredita... :gorfei: :gorfei:

Isso já aconteceu algumas vezes comigo. kkkkk

Uma vez cheguei a ficar quase tr~es minutos até descobrir. Com a traineira balançando nas ondas, parecia que estava puxando. Então ficamos eu e o companheiro gritando: "Peguei um garoupão!! Entocou pq não está tomando linha e está pesado pra caracas!!!!" alegre:: Depois dos dois pensarem melhor, estavamos cada um de um lado do barco com as linhas enroscadas uma na outra. lacou:: lacou:: lacou:: lacou::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Duas coisas que aconteceram comigo em 2005 numa pescaria na Ilha do Bananal - TO, a primeira foi pescando tucunares de barranco quando ouço um som alto como um tiro de 38, que olho pro lado um baita de um pirarucú caçando e na hora que ele bateu o rabo na flor d'agua um tucunaré saltou pra fora d'agua e começou a se debater até conseguir voltar pra água achei muito legal e a outra foi nessa mesma pescaria estavamos umas 10 pessoas voltando de uma pescaria em um lago passando por uma trilha paralela a um rio "Jaburú" bem largo naquele ponto, quando agente se liga passa na nossa frente tipo uns 20 metros uma baita onça pintada daquelas grandes mesmo, a bicha tinha acabado de atravessar o rio tava toda molhada, só olhou pra gente e entrou na mata, putzz ninguem queria pegar o rabo da filá rrsrsrrsrs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu pai, no ano passado estava pescando com meu tio no Pantanal com um conjunto zerado, uma Abu Garcia + linha zerada + vara zerada que eu montei para ele doeu:: deixou a vara vacilando no barco e um peixe mordeu a isca e carregou o conjunto dele pra dentro da água :gorfei: , ficou puto... bang:: suici:: e poucos minutos depois meu tio vai recolher o anzol dele e sente que tem um peixe na linha,,,,,,,,, que peixe que nada era o conjunto zerado do meu pai + um pintado fisgado :gorfei: oooooooooooooooooo que kgada rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×