Ir para conteúdo

Leonardo Rennó

Membro
  • Total de itens

    887
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Felipe Sousa.´. em Como usar o Conjunto na água salgada?   
    Vídeo da Revista náutica, falando como adoçar, usar somente silicone e não micro óleo, etc..
  2. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Felipe Sousa.´. em Como usar o Conjunto na água salgada?   
    Acompanhei por algumas vezes o que o povo da marina Porto Seguro em Ubatuba fazia com a lancha do meu tio com um E- Tec 115 hp. Após uso lava tudo com água doce, motor ainda quente, pois quente abre micro fissuras que a água salgada é depositada, então quente a água doce também entra para lavar, povo la só usa silicone para proteção do motor e da lancha, e esse silicone compra de galão por la. Com uma frequência maior é feito engraxamento da coluna do motor bem como onde tiver pino de engraxar. A lancha ficava no barracão da marina aberta com todas tampas baús também aberta ate secar, aí então cobriam com a capa noite dia.
    Carreta meu tio tinha uma de ferro com pintura eletrostática da FreeHobby, mas na marina já recomendaram de cara comprar uma de madeira e guardar a de ferro, que era utilizada aqui em furnas, MG, água doce. E foi que meu tio fez, comprou uma carreta rodoviária de madeira para usar em Ubatuba, e trouxe a carreta de ferro e guardou. Lancha ficou lá uns 3 anos, foi feita uma troca de anodo, e quando trouxe de volta para cá aparentemente estava tudo ok.
    Tenho um amigo, Donato, que usa as vezes um Mercury 25 hp americano no mar, motor não tem marca de corrosão, sempre adoça certinho e tal. mas esses dias precisou desmontar para trocar uma junta desse motor que estava vazando, e dois parafusos estavam 100% travados, não conseguiam tirar na oficina náutica, por fim quebrou la dentro do bloco e tiveram que levar no torneiro mecânico para tirar o parafuso quebrado, isso se deu pelo sal, que travou tudo dentro da rosca, impressionante como saiu sal de dentro do parafuso, tava branco. 
    Mas como fanático em pesca, se morasse perto do mar ou mangue, tivesse oportunidade de dar umas pescadas iria sem dúvida alguma, mesmo tendo esse trabalho a mais com o com o conjunto.
  3. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Pepe Melega em Sole 150 H e HL   
    Um relato de uso dessa carretilha que considero um excelente custo benefício. Durabilidade: Usei a primeira geração por dois anos constantemente, água salobra muitas vezes (robalos são um grande paixão), Amazônia (os Açus), Bacia do Xingu e nos Dourados, nada de problemas sérios - em duas 150 LH troquei o rolete do sistema anti reverso e foi o único problema. Uso as duas a 150 H para plugs e a 150 LH para pesca de contato junto ao fundo e ou estruturas (iscas softs e similares). Foram abastecidas com linhas de 20, 30 e 40 lbs multifilamento. Sempre lançando bem e muitas vezes surpreendendo alguns parceiros que insistiam em comparar os arremessos com suas carretilhas famosas. 
    Veio a nova - New Sole, o acabamento ficou mais bonito com um cinza grafite fosco e detalhes em dourado, agradou aos olhos e continuou sendo um boa maquina em minha opinião. Resolve bem minhas necessidades e são minha favoritas na pesca do robalo. Leves, 176 g, boa capacidade de linha - mesmo para Amazônia onde abasteci com 90 m de 40 lb Seaguar Kanzen.

    Na pesca do robalo as vezes sentia falta de uma carretilha para iscas mais leves - de 5 g para baixo e optei por fazer um investimento em uma das 150 H - coloquei rolamentos Hedghog Studio AIR BFS - no caso dois, sendo um 1150 e outro 1130 - diferente da Liger onde altero os 3 na Sole não se faz necessário. Passei a ter uma carretilha que arremessa muito bem iscas pequenos com pouco esforço de vara, o que representa menos oscilação do blank e consequentemente mais precisão no arremesso. Preço médio da carretilha no mercado R$ 450,00. Custo dos rolamentos em São Paulo R$ 120,00, achei que valeu o investimento. 

     
    O intuito desse relato e mostrar que existe sim outras opções no mercado que são funcionais com custo baixo as carretilhas chamadas top. Gosto é uso Shimano - principalmente as Chronarch (s) que sou fã declarado, também gosto muito de Abu Garcia e tenho as Revo Rocket e MGX. Lamento ter uma única Liger - para mim, disparado, a melhor carretilha da Mariner Sport até o momento. 
    Muita gente tem medo de marcas novas e ou pouco conhecidas, mas há boas surpresas que merecem uma analise e podem se ajustar as suas necessidades de pesca e orçamento.
     
    Abs
    Obs: Estou trabalhando em um artigo grande sobre rolamentos para a Pesca & Companhia e até o momento estou satisfeito em perceber que tudo que sempre entendi sobre a troca desses faz total sentindo. Estamos finalizando os testes comparativos e tenho certeza que será muito útil a quem deseja informação de qualidade
     
     
     
  4. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Astra-Taranis em Baterias na popa ou proa   
    se vc preza por seguranca, vc pode usar um fusivel saindo da bateria com o total da amperagem usada... e depois um dedicado para cada aparelho (proximo a ele de preferencia) com a amperagem de cada um obviamente, assim um fica protegido do outro em uma sobrecarga ou curto ou todo o sistema .
    novamente, akeles fusieis de som de carro eh uma boa, seja pela praticidade, seja pela qualidade, seja pelos formatos:
     



     
     
     
    nao gosto dos fusiveis maxi, costumam dar muito problema e esquentam, derretem, ja tive problemas serios com ele, nao usaria num carro com som fraco menos ainda num barco com umidade, calor, lata pra todo lado... tipo desses aqui:
     

  5. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Marcelo Terra em Baterias na popa ou proa   
    Mario meu amigo...
    Antes de instalar o cabo, verifique a potencia dos equipamentos que serão alimentados por este cabo e bateria. 
    Faça a soma das potencias em wats, divida por 12 caso a voltagem da bateria seja esta (12V) o resultado será a amperagem de todos equipamentos trabalhando junto (mesmo que o uso seja alternado)
    O cabo 10mm suporta ao máximo 50A (amperes)
    É melhor descobrir antes a necessidade da bitola do cabo que depois... 

  6. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Moacir Felipe Alves Soares em BlackBass Uai nautica   
    Parabéns pela compra!!
    Que lhe traga boas pescarias e bons momentos com os amigos de pesca!!
    Barco ficou muito bacana!!
    Abraço!!!
  7. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Luiz Nogueira em Knob de carretilha Shimano Grudento   
    Se você achar espaguete termo retrátil da pra revestir, aquecer e fica bom. Certa vez me falaram em um dos fóruns que participo que WD 40 (legítimo) ajuda a limpar e parar de melar por um tempo, fiz e deu certo também, wd e pano.
  8. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Astra-Taranis em Tomada do Engate ! A importancia de uma boa empresa!   
    É notório aqui no fórum que eu sou um dos mais preocupados com um ítem que por desconhecimento muitos não dão a importancia: carretinhas! Ao meu ver, ela é da mesma importancia ou ainda maior que o próprio barco, visto que sem ela, nada feito e quando ela falha, o desastre é grande.
    Assim como a carretinha é importante, o engate e todos seus periféricos é igualmente essencial ser de ótima qualidade (e não se engane 99% dos engates vendidos por aí são no mínimo uma verdadeira bomba pronta pra explodir).
    Desta vez vou falar um pouco sobre o a TOMADA DO ENGATE, a grande maioria usa tomadas de plásticos (preto ou cromado) que raramente duram mais que 6 meses sem se despedaçar ou trincar inteira gerando um risco concreto de dano a toda parte eletrica do carro (modulos, ecu, fusiveis, lampadas, etc) ate incendio, o que particularmente eu não recomendo. 

    Ha mais de 30 anos uso tomadas de metal, há diversos modelos, normalmente são conhecidas como tomadas de caminhão, seguem alguns modelos:
     


     
     
    A preferencia pela tomada de metal é simples e clara: elas não acabam nunca, não dão mal contato, são seguras, não quebram e portanto nao causam riscos aos carros (embora sua instalacao precisa ser feita com maior critério).
    Em geral todas elas seguem o mesmo padrao: de 5 a 7 pinos onde vc tem o macho e a femea espelhados e se destinam para cada parte da iluminação traseira do automóvel ser replicada para a carreta (que normalmente não possui a ré embora tenha pino destinado, uma pena). Sendo as de metal não cabem nas plasticas e vice versa.
    A ABNT tem um padrão destinado as tomadas do engate, mas por puro desconhecimento, dificilmente você vai conseguir ver o padrão em prática, mesmo assim, nao é difícil colocar os pinos em espelhamento em uma emergencia.
    Segue um esquema de padrao ABNT : 



  9. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Paulo E. Marra F. em Oleo vazando? Mercury 40hp   
    So algumas perguntas, motor é que ano? Já limpou carburador alguma vez, e quando? Motor fica ou ficou mt tempo parado? Ou funciona sempre no orelhao, se afirmativo quanto em quanto tempo?
    Lhe pergunto pq tive dois desses mercurys 40
  10. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Pepe Melega em Entenda sobre Rolamentos Abec ... Ótimo video.   
    Rolamentos que entram na qualificação ABEC não são necessariamente os que giram mais - deveria ser pela lógica da qualificação, mas não o é de fato. A qualificação ABEC se baseia no ajuste do conjunto, ou seja quanto menos folga o conjunto tem mais alta é só qualificação. Faço a seguinte comparação pega um carro com o conjunto de rodas + pneus desbalanceado e solte numa ladeira ele vai percorrer essa ladeira em xx tempo, depois pegue o mesmo carro após balancea-lo e solte na mesma ladeira ele vai descer em menos xx tempo que o não balanceado. Isso é o que acontece quando vai se trocando os rolamentos não qualificados por rolamentos qualificados - o equipamento fica com menos "vibração" e aproveita mais a energia usada para faze-lo girar!
    Porém há variações de atrito e isso cria situações onde pode haver mais o menos distancia. Rolamentos com esferas de aço e "moldura de aço" com a mesma qualificação oferecem menos atrito do que rolamentos com esferas de aço diferente do aço da "moldura". Rolamentos híbridos sofrem ainda mais atrito, pois as esferas de cerâmica vão fazer atrito com uma "moldura" de aço (densidades diferentes mais atrito) e vão girar menos - e fazer mais barulho também. 
    Então por que trocar? Bem se há necessidade de um rolamento mais resistente pode ser uma boa opção usar os híbridos, mas se o desejo é só performance então os de aço se portarão melhor que os híbridos. E quanto mais próximo for a classificação de aço entre a moldura e as esferas mais performance vai acontecer. 
    O aço usado em rolamentos de precisão, resistência a corrosão e classificação ABEC, normalmente são conhecidos como aço liga (aço inoxidável tem adição de cromo, pois esse promove resistência a oxidação maior - não enferruja facilmente). Os rolamentos usados pela Shimano no momento, descritos com S-ARB, são feitos dessa liga e semelhantes na esfera e moldura - resultando em atrito baixo, mais performance e menos barulho.
    Tecnicamente é isso o que deveria acontecer, mas a percepção de cada usuário é diferente e pode fazer a diferença nas escolhas adequadas. A meu ver o importante é que o pescador deva estar feliz com seus escolhas e tirar proveito máximo delas afinal essa é a magia de se fazer suas próprias escolhas. 
    Abs
     
     
     
  11. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Beto Caranha em Entenda sobre Rolamentos Abec ... Ótimo video.   
    Não sou muito chegado a me meter em assuntos mais técnicos... mas talvez eu possa contribuir de alguma forma...
    Há algo sobre rolamentos que eu já andei estudando e que não vi ser citado ainda no tópico (se foi, peço desculpas)
    Sobre qualidade de rolamentos, estamos todos de acordo... os de melhor qualidade, duram mais... enferrujam menos... giram com menos atrito... etc
    A questão maior, MODELO-FINALIDADE, é que tem causado esse "transtorno" digamos assim... E muitos pescadores tem colocado erradamente  em suas carretilhas rolamentos que não são para a finalidade que desejam!
    " Trocando em miudos":
     
    1-FATO - Trocando um rolamento usado, velho, sujo, desgastado por um novo (independente do modelo) sua carretilha vai arremessar melhor
    ( Aqui que muitos tem se enganado por conta desse efeito --- a simples troca de um velho por um novo)
     
    2- Rolamentos quem possuem menos massa ("leves", cerâmicos, que são feitos com microesferas) giram com o uso de pouca força, porém por possuir menos massa, adquirem menos inercia e por isso param de girar mais rápido.
     
    "O princípio da inércia pode ser observado no movimento de um ônibus (autocarro, em Portugal). Quando o ônibus "arranca" a partir do repouso, os passageiros tendem a deslocar-se para trás. Da mesma forma, quando o ônibus já em movimento freia (trava em Portugal), os passageiros deslocam-se para a frente, tendendo a continuar com a velocidade que possuíam. A inércia refere-se à resistência que um corpo oferece à alteração do seu estado de repouso ou de movimento
    Varia de corpo para corpo e depende da massa dos corpos:
    Corpos com massa elevada possuem uma maior inércia.
    Corpos com massa pequena possuem uma menor inércia."
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Inércia
     
    Com essas características, rolamentos de menos massa são perfeitos para arremessar iscas pequenas a curtas distancias.  O pouco "peso" da isca é o suficiente para fazer o rolamento entrar em movimento... iscas leves também adquirem menos inercia e "param" no ar sob ação do vento e do peso da linha... assim o rolamento parando de girar mais rápido vai evitar muita "cabeleira"... aquelas cabeleiras que se formam quando a isca já estava  "voando" vão parar de acontecer.
     Exemplo de uso:
    Recomendando: Diria que rolamentos cerâmicos de microesferas são ideias para pescadores de robalos no mangue... pescadores de bass com isca soft
    NÃO recomendado: Para pescadores de grandes iscas a longas distancias
     
    3 Rolamentos "pesados" ( esferas grandes de aço inox) precisam de grande força para entrar em movimento mas adquirem maior inércia por possuir maior massa e assim permanecem mais tempo girando. Essas características podem ser aproveitadas por quem quer arremessos a longas distancias usando iscas pesadas.
    Recomendado: Arremesso com grandes poppers no mar...  pescadores "tarados"de grandes iscas de hélice na amazônia que querem cortar o lago todo com um único arremesso kkkk
    Não recomendado: Pra iscas leves, softs, pescaria finesse...
     
    4 Qualidade do rolamento quanto a resistência a corrosão. Lembrem-se que independente de água doce ou salgada as carretilhas ficam completamente molhadas após o uso... A parte interna não seca tão rápido quanto a externa... tudo favorece à corrosão... e se o rolamento "enferruja", já era toda as suas qualidades...
     
    Como existem no mercado centenas de modelos... híbridos e etc... É normal  essa "confusão"!
    Tem uma foto legal, que por si só já é bem explicativa:
     

    Tentem olhar o tamanho das esferas do modelo AIR bfs em comparação com o ZR.
    Lembrar novamente também que cerâmica é mais leve que aço inox.
     
    Espero ter contribuído ao tópico de alguma forma!
     
    Queria agradecer ao Marcelo pelo post desse tópico bem técnico, tendo o cuidado de gravar um vídeo bem explicativo e de fácil entendimento! Agradecer a ele tb por estar trazendo ao nosso mercado essas peças pra carretilhas que até a pouco tempo dava trabalho de achar no Brasil... A primeira vez que precisei de rolamento, levei 2 meses esperando chegar de fora...
     
  12. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a João Luiz Lusardo em Carretilha Shimano Curado 201hg - Esquerda Com Abec 7   
    Giovani, sem querer me meter, mas já me metendo hehehe, a Curado I não é inferior às antigas E, ela tem avanços tecnológicos importantes em relação à Curado E, tem o sistema X Ship, com dois rolamentos entre o pinhão, o que melhora o alinhamento e acrescenta durabilidade ao conjunto motriz, a Curado E só tinha um rolamento. A Fricção já é em carbono (Cross Carbon Drag), o sistema de freio centrífugo é o SVS Infinity, bem mais moderno que o da Curado E, com ajuste fino externo, o que é uma vantagem, além de ter o carretel com sistema S3D, que melhora o arremesso. As engrenagens tbm são de latão, como na Curado E, mas tem dentes menores, o que proporciona maciez ao sistema. Na verdade o pessoal supervaloriza as Curado E, inclusive nomeando-as de "famosas", por terem sido fabricadas no Japão, enquanto as I tem sofrido algum preconceito por terem sido fabricadas na Malásia, mas o controle de qualidade delas segue o padrão Shimano. A Curado I é um produto mais moderno, com 6 anos de vantagens tecnológicas. Eu já tive Curado E, Chronarch E (versão posterior pro mercado americano) e Scorpion 1500XT (versão pro mercado japonês, que é superior apenas no uso no mar, por possuir rolamentos marinizados), agora tenho uma Curado I e posso dizer que esta é muito boa, arremessa mais que as anteriores e acredito sinceramente que deve durar tanto quanto as antigas Curado. Recentemente foi lançada a Curado K que é ainda superior (já encomendei duas delas), mas aposto que muitos anda vão preferir as antigas E, por puro saudosismo e conservadorismo. Nem tudo que é novo é ruim, geralmente a tecnologia só acrescenta vantagens aos produtos.
     
    Abraços e boa venda !!!!
  13. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Astra-Taranis em Visita a Posto6, Levefort e conhecer o Fabricio!!   
    Top o passeio e relato Astra!!!!!!!
     
  14. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Canoa canadense   
    Também já pensei em algo assim, uma canoa leve, para carregar ate no rack do carro, mas acho o mercado Brasileiro meio lento quanto a este tipo de embarcação. A companhia da canoagem faz umas canoas bem legais, em fibra, mas caras. Canoa legal para pesca na minha opinião seria em polietileno, fundo chato para dar mais estabilidade, assim como as canoas da Coleman que vierampara o Brasil na decada de 90. A Brudden nautica fazia umas canoas em polietileno também, mas parece que tirou de produção. Eu estou no quarto caiaque, e para essas saídas rápidas é bem divertido.
    Segue fotos para ilustração das canoas Companha da canoagem, Brudden e as antigas Coleman:





  15. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Armando Ito em Amazônia - Pescaria frustrada (de novo)   
    saudade do tempo que juntava 4 ... enfiava tudo dentro da F1000 ( + carreta com o barco ) ... enfrentava 2 dias de estrada de terra ...
    e ainda dormia dentro de barraca , tomando banho no rio e fazendo as necessidades no mato ... rsrsrsrs
    hj virou puro comércio ...
  16. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Fabio Giovanoni em MOTOR 15HP X MOTONAUTICA   
    anderson ; parceiro ;   esses   mercury  xs  / xd / xss   = sao muito preparados ;   p/  velocidade   la´fora  ok  
     motor  tem uma relaçao  trasmissao     =    curta  x  cambio   /
     até onde sei    sobre o projeto  =  creio que o cilindro  é  revestido    de ; 
     cromo duro    ;  e nikasil      =   e ñ ferro fundido   ...nesses modelos  
     saiu umas configuraçoes de projeto assim   .... 
    principalmente = nos mercury americanos ok  ....
    e sendo  nikasil  tem  muitas vantagens   na frente do ferro fundido  ... 
    como tambem tem suas   =  desvantagens  ok    os pros e os contra  ; tem muita variante  ok ...
    conclusao  = tem q saber o uso  ; p/ que  / tipo de preparo  ; manutençao ;  e principalmente custo  $$$$$ 
    pois se fundir   ; travar  um cilindro desses  é fodaa   kkkkkk   $$$$$    ....
    minha opiniao  = p/  motor de alta ; cabeçote c/ alta taxa de compressao ;  e principalmente se o motor   for a acool  ; ou metanol  ;
    vira  diferente   =   do motor c/ cilindro   ferro fundido ok ... como disse ; tem muitas variantes ate aqui  ....
     
    da um bico  ; no  cilindro revetido  ;  processo nikasil  =  fica bem mais espelhado  ;  e sem micro poros  = fica msmo um espelho  =  
    detalhe  = ñ lasca   como aconteçe ;  c/ cromo duro ....  mas no nikasil  como no cromo  =  um risco  já era  
    conclusao  = melhora  muito tanto na atomizaçao como na vaporizaçao  do compustivel  tambem  ;   flui  bem melhor  ;e  totalmente  livre  ;
    assim se tem ganhos  nessa parte tambem ok  .....
    abraço ; vamo que vamo 

  17. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Desempenho motores 15, 18 e 30hp   
    Muito bom os testes Guto!!! 
    Desta forma da pra toda turma ter uma boa ideia sobre desempenho de cada motorização, assim pode ajudar muito quem pretende comprar seu primeiro motor, ou até mesmo quem queira mudar de potencia.
    Parabéns pela iniciativa dos testes!!!
  18. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Guto Pinto em Dúvida Compra Barco   
    Normalmente as fábricas dão a opção da escolha da chapa.  Se vai usar motor de 15 a 25 prefira barcos de no máximo 1.5mm no fundo de chapa, no caso 4 pessoas o ideal seria um de 6metros,   Boca no máximo 1.45 e 52cm de borda  e pesando até uns 110kg no máximo pra se ter um desempenho razoável com essa potência que escolheu  , a opção entre a semichata ou bico fino vai do estilo de pesca, as semichatas sao mais estáveis, porém elas batem um pouco em rios com ondas, os bicos finos em geral encaram ondas melhor,  tem um desempenho bom  porém balançam um pouco mais.  Marca é complicado, como é do Sul veja os barcos da Fluvimar e Rio náutica, são bons barcos e tem as marcas tradicionais como a Levefort e Metalglass que se encontra em revendas o Brasil todo.  Existem ínumeras marcas boas tb como a Pantanáutica, Calaça, Mogi Mirim, Uai náutica, Metalforte, Uberfort, Multináutica, Marreco, etc. porém essas fábricas ficam no estados de SP, MG e GO o que pode encarecer o frete ou complicar a garantia caso precise. 
    Entre os motores vá de Yamaha, Mercury ou Tohatsu, esses dois  últimos são os mesmos motores ,  acha peça e assistência em qualquer lugar.  Potência vai de gosto, necessidade e $$,  no seu caso eu iria de 25/30hp, porém, são motores que pesam mais de 50kg, se acesso for ruim  e tiver que levar motor no "braço" um ótima opção são o Mercury Super/Tohatsu 18hp pois pesam 40kg e tem um desempenho melhor que um 15hp normal, ficando numa potência intermediária entre o 15 e 25/30.  
  19. Upvote
    Leonardo Rennó deu reputação a Guto Pinto em Desempenho motores 15, 18 e 30hp   
    Recentemente comprei um motor novo, um Tohatsu 18hp .  Apesar do motor estar amaciando dá pra ter uma noção do desempenho dele comparando com outros motores. 
    Barco foi uma Semichata 6m, 85kg, 1.35 m de boca, 1m de fundo.  2 pessoas pesadas( 210kg), 2 poitas, tanque quase cheio, bat 60amp, elétrico 35lbs e tralha de pesca.    Lembrando que os valores foram em represa  com agua parada. 
     
    1) Evinrude 15hp, hélice 9.25 x 10.    -------------30km\h
    2)Mariner  Marathon 15hp, hélice 9.25 x 9 -------32km\ h
    3)Tohatsu 18hp, hélice 9.25 x 9 --------------------38km\h
    4)Mercury 25hp ( 30) hélice 9.9 x 12 ------------- 46km\h

     
     
    Tirando por base a velocidade do Seapro  30hp e dos 15hp , o 18hp rendeu muito mais que um 15hp  mesmo em fase de amaciamento  e mistura dobrada, e pesando quase o mesmo.    É um motor que fica mais perto do Yamaha 25hp ou outro 25hp convencional do que um 15hp mesmo
  20. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Adriel Melle em Multinautica Comanche 600s yamaha 25 quadrado   
    Show o barcão novo Adriel!!!
    Que lhe traga muita alegria e grandes pescarias!!!
    Abraço!!!
  21. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Adriel Melle em Multinautica Comanche 600s yamaha 25 quadrado   
    Show o barcão novo Adriel!!!
    Que lhe traga muita alegria e grandes pescarias!!!
    Abraço!!!
  22. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Duvida regulagem do carburador do Sea Pro   
    Normalmente a regulagem de ar começa com 1 volta e 1/4....indo para 1, 1/2 e ja tive motor q foi com 2 voltas... Isso depende de alguns fatores...como por exemplo altitude.
    Guto...voce acompanhou a revisao? Ja vi mecanico fazer revisao e querer abrir gicle...mecher em altura da boia...(acho que no sea pro nao tem como mudar).
    Por acaso ficou parado por tempo superior a dois meses? Porque tem muita gente reclamando de problemas com carburaçao quando motor fica sem funcionar...mesmo que por periodos curtos. E de uma olhada se nao tem vela suja ou gasta.
    Abraço!!!
  23. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Teste novo yamaha 25 hp, e tranformação para 30 hp.   
    Boa tarde João!!
    Muita gente fala em transformar o 40 mercury em 50 hp. Contudo tem algumas peças diferentes entre eles. Por exemplo o mercury 40 não abre 100% as borboletas. Eu em 2009 mexi no meu, arrisquei a perda de garantia, mas consegui melhorar o desempenho. Fiz algumas mudanças na regulagem original, tirei um batente que limitava as borboletas à abrirem, e consegui que as mesmas abrissem uns 85%. Melhorou muito, mas tenho convicção que não chega aos 50 hps. 
    Aqui tinha revenda tohatsu e nissan, e os 50 hp manuias eram comum por aqui. Em conversa com o dono da revenda que é meu amigo, me disse que no 50 hp tohatsu e nissan muda uma peça que faz as borboletas abrirem totalmente. e muda algo em carburação, não me recordo se é venturi, gicle.... foi isso que me foi passado em 2009.
    Assim como no super...se fizer a tal transformação melhora sim, mas não da os 18 hp. Pois nos legítimos 18 hps (tohatsu e nissan) muda came de aceleraçãoque faz a borboleta do carburador abrir 100%, muda venturi do carburador, muda gicle, muda difusor do carburador (nos 18 hp tohatsu e nissan o difusor tem mais furos que o difusor do 15 hp). Ou seja, teria que trocar todas estas peças, coisa que revenda alguma faz.
    Agora no sea pro e neste novo 25 hp yamaha a conversão para 30 hp é coisa simples e eficaz.
    Abraço!!
  24. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em Teste novo yamaha 25 hp, e tranformação para 30 hp.   
    Olá amigos do fórum, segue um vídeo de um teste feito no novo yamaha 25 hp, bem como a transformação do mesmo para 30 hp.
    Video feito pela Boat Shopping, me passado pela Autorizada Yamaha Pouso Náutica do nosso amigo Chicão.
     
  25. Upvote
    Leonardo Rennó recebeu reputação de Fabio Giovanoni em MOTOR 15HP X MOTONAUTICA   
    O casco que eu vi aqui em Pouso Alegre era parecido com esse de proa mais larga. Mas estava mais judiado. 
    Olhei meio rápido, nem dei atenção para o casco, estava cotando implemento agrícola na época, e passei meio corrido na loja. Nunca mais vi esse casco por aqui.
     
×