Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Fabrício Biguá

Antes de comprar uma nova embarcação. Leiam.

Posts Recomendados

Opa turma...resolvi fazer esse tópico na intenção de esclarecer e de aprender um pouco com os mais experientes.

O tópico é gigantesco, mas tenho certeza q quem estiver interessado em adquirir uma nova embarcação (ou um novo conjunto) aprenderá alguma coisa aqui.

Seguinte...estou trocando de barco, e com isso, tenho lido muito a respeito do assunto. Constatei q algumas informações prestadas por muitos usuários são, de certa forma, muito tendenciosas, ou não expressam a verdade real dos fatos.

Deixe-me ser mais claro.

Todos nós somos tendenciosos com nossas opiniões e eu me incluo aí tb..hehehe.....pois no decorrer de nossas vidas, vamos "arrecadando" experiências q nos levam as escolhas das coisas ou dos caminhos a serem seguidos.

Ocorre q, quem está do lado de cá, aprendendo a cada segundo, é um ser humano, e, dependendo da ocasião e de seu estado de espírito, pode analisar essa mesma situação de formas diferentes, comprando o q não lhe atende.

Vamos a explicação.

Eu já fui proprietário (junto com meu pai e meu irmão) de outros 2 barcos de pesca.

Eu tive um Squalus 500 da Levefort e um S600 da Pety.

Levefort é a marca mais conhecida do Brasil, mas a cada ano q passa eu gosto menos do acabamento dos seus barcos, de forma q o nosso, ano 1998, era mais bem acabado q um 2009....

Depois pegamos um Pety...q puts...q barco show de bola...Gostamos muito dele.

Onde quero chegar?!?!

Mesmo não gostando do acabamento da Levefort, em especial do Squalus, isso não quer dizer q os outros barcos da marca são também mal acabados.

E nem pq nós gostamos do Pety ele é o melhor barco do mundo....hehee...gosto é algo muito pessoal.

O q tenho visto é q a maioria das pessoas q opinam sobre um determinado conjunto, valorizam muito a sua própria opinião...Isso é normal. Deixo claro q não estou condenando isso....meu alerta aqui é para quem está lendo um texto ou uma opinião, seja ela postada em qualquer lugar, deve ficar esperto para não se deixar levar por um "sonhador"...hehehee...Muito cuidado ao ler a opinião de apenas uma meia dúzia de pessoas.

É óbvio q aprender com a opinião dos outros é uma grande virtude...mas muito cuidado ao investir uma boa quantia de dinheiro em um conjunto de pesca. COMPRE O Q VC PRECISA. joia:::

Dito isto, vamos passar adiante.

arrow:: Antes de escolher uma nova embarcação ou um novo conjunto de pesca, vc deve primeiramente se perguntar...

Qual o meu objetivo?.

Inclua aqui o tipo de pescaria a ser feita, quais as características do local q será mais frequentado po vc, qual o peso q geralmente a ser carregado no barco (inclui-se ai o peso dos pescadores + tralha + combustíveis), qual a distância média a ser percorrida diariamente para se chegar nos bons pontos de pesca, carro que irá rebocar o conjunto e etc.

Saiba exatamente o que vc quer e precisa usar.

arrow:: Agora uma das fases mais importantes da escolha.

Quanto eu tenho ou preciso investir no novo conjunto?

Lembre-se que o é bom é caro. Desconfie de produtos muitos baratos, sejam eles motores de popa, elétrico, bateria, motores de popa, embarcação e por aí vai.

Lembre-se ainda dos acessórios e gastos extras.

Deixar um conjunto completinho, do jeito q vc gosta, demandará mais e mais "capilé". Esteja atento a cada detalhe do conjunto.

Se vc vai colocar uma plataforma a mais daqui, um volante mais bonitinho, uma cadeira mais confortável, reforços nas estruturas (carreta ou barco), pintura, cabos mais grossos, etc, etc, e mais de 1000 etc., podem fazer o seu orçamento ir nas alturas...além do que, remendar o q já está pronto é sempre complicado e normalmente não fica tão bom quanto o q é feito na fábrica.

Temos ainda o emplacamento da nova carreta, o registro do novo barco e por aí vai.

Obs: já comentei acima, mas é bom saber se o seu carro conseguirá puxar o novo conjunto, assim como colocá-lo e retirá-lo da água.

Não se esqueça de onde vc irá guardar o conjunto.

Ok...até agora ficamos apenas no campo das idéias...mas é assim mesmo...ainda nos manteremos assim mais um pouquinho....hehhee..

arrow::A escolha do barco. (estamos falando de embarcações pequenas e médias)

Como eu disse lá pra cima, muito cuidado com opiniões alheias. Se possível, vá até o local onde se encontra a embarcação q quer comprar e veja se é o q vc deseja.

Se vc puder fazer o test-drive então, puts...bom demais...Aí sim vc saberia exatamente se este conjunto lhe atenderá.

Se não tiver jeito, colha as mais diversas opiniões...mas acesse o site do fabricante e busque todo e qualquer detalhe sobre a embarcação, dentre elas:

- Tipo de embarcação:

Se para a pesca, passeio (lazer) ou mista.

O q comentarei aqui abaixo não é um regra, ok?!?! Tento repassar apenas uma visão geral da coisa.

Passeio - Normalmente os barcos de passeio são mais reforçados, isso pq prima pela segurança e otimiza a capacidade de carga. Possui ainda bancos mais confortáveis, borda mais alta, porém, pode não ser totalmente plataformado, o q dificultará a sua utilização em pescarias.

Pesca - Já os de pesca são otimizados para a pesca, sendo barcos mais leves, mais plataformados e sem muitos detalhes, como capotas, iluminação e por aí vai.

Misto - o nome diz tudo...é um misto dos dois tipos citados acima.

- Comprimento:

5m = Ideal para 2 pescadores em pescarias com iscas artificiais.

5.5m = Tamanho "meio q" padrão para pescaria com artificais. Aceita bem 03 pescadores a bordo.

6m = Super confortável para as pescarias acima, com 03 pescando tranquilamente.

Isso não é uma regra...pois um BassBoat (barco de fibra de alta performance) tem 5 metros de comprimeto mas tem 2 metros de largura, pescando mais pescadores. Ocorre q o casco pesa algo em torno dos 350 kg, e precisam de super motores para empurar isso tudo (90Hp pra cima).

- Largura.

Quanto mais largo, mais estável.

Tenha cuidado para não pegar um barco tão largo q o peso dele passe a ser um óbice. Peso e arrasto devem ser considerados aqui. Lembrem-se q vc precisa empurrar isso com um motor de popa e puxar isso com uma boa carreta...hehee...

- Pontal.

Vulgamente conhecido como a altura da borda do barco.

Tecnicamente Pontal é a distância entre o fundo e o convés principal do barco. Em alguns tipos de embarcação isso pode ser medido de forma diferente, mas basicamente é isso.

Se borda alta, média ou baixa, dependerá do local em vc irá navegar, se é muito marolado, se muito corrente, se com muita carga e por aí vai. Dê preferência por embarcações com borda alta.

Em canoas (5,5m) uma altura de pontal considerada boa é de 60cm.

Em lanchinhas é óbvio q esse valor será maior.

- Peso.

Espessura da chapa, largura, comprimento, acessórios e etc..tudo isso deve ser considerado, afinal, o motor a ser instalado na embarcação deve ser compatível com ela.

Normalmente essas pequenas canoas utilizam chapas de 1.2mm....noutras 1.5mm, mas o casco usa 2mm...sendo q quanto mais grossa for essa chapa, mais pesado, caro e seguro será o seu barco.

- Espessura das chapas (no caso barcos de alumínio).

Como eu disse no item acima...muita atenção na escolha da espessura da chapa. Muitos fabricantes usam chapas fininhas...tudo para baratear o custo da embarcação.

Barcos feitos em chapas muito finas e sem muitos reforços torcem a sua estrutura quando submetido a condições severas (marolas, excesso de carga e por aí vai), e como torcem suas estruturas, acabam trincando a solta (no caso dos soldados), ou afrouxando os arrebites e entrando água na embarcação.

- Capacidade de carga.

É aqui q vc sabe se o barco é resistente ou não. Compare a capacidade de carga dos barcos q vc tem em mente...Repare q normalmente os com maior capacidade são justamente os q possuem chapas mais reforçadas.

- Tipo de bico.

Outro ítem muito discutido aqui no fórum. Procure q vc encontrará muita coisa a respeito.

Resumidamente...(tb não é regra).

Bico Fino = corta mais água, sendo melhor em marolas, porém menos estável.

Semi-quilhado = misto de fino e chato. É o preferido atualmente.

Chato = mais estável, porém ruim em águas maroladas.

Exemplo de uso....Vamos supor q vc está navegando num barco cara chata, as marolas estão muito altas...Caso a marola esteja mais alta q frente do barco, ela pode passar por cima dela e o barco vir a naufragar. Com um barco de bico fino é bem provável q ele corte a onda...entendeu??!

Obs: lembre-se de navegar sempre com segurança, pois dependendo da condição climática (vento e marola) até o Titanic nafragaria.

- Soldado ou Rebitado.

Já ouvi muita conversa a respeito. Uns preferem o soldado, já q a resistência aumenta e dificilmente entrará água. Ocorre q o barco fica um pouco mais pesado e o custo aumenta, é claro.

Já o rebitado é mais leve e barato. Hj os bons barcos rebitados dificilmente entram água.

A escolha de um tipo ou de outro tb recai sobre o tipo de trabalho q o barco irá desempenhar (trabalho mais pesado ou light...hehee)...o soldado aguenta mais o tranco.

Bem....é isso...ainda existe muito assunto a ser abordado antes de escolher uma embarcação...Espero q as dicas acima tenham servido para ajudá-lo nessa escolha.

arrow::A escolha do Motor de Popa: (pequenos e médios)

Peso, partida, potência, quantidade de cilindros, tipo de combustão, injeção, e etc...tudo faz dirença na hora da compra.

Não irei me aprofundar muito em cada ítem desse acima pq o tópico já está gigantesco....mas tente, ou melhor, use sempre um motor compatível para a sua embarcação. Jamais sobrecarrege o espelho de popa (local onde motor é fixado) do seu barco.

- Potência.

Tente adquirir o maior motor recomendado para a sua embarcação.

Nós sempre queremos andar mais e mais rápido, então, compre logo a maior potência recomendada e seja feliz...Se não quiser acelerar tanto, melhor ainda...assim vc economiza combustível e fica com potência de sobra para uma necessidade.

Andar com a aceleração em torno de 80% da máxima economiza muitttooooo combustível.

- Tipo de Combustão.

Aff...assunto para mais de mês de discussão..hehehee...

Basicamente os motores 2T ainda são os mais utilizados no Brasil.

Hj os motores 2T estão mais e mais tecnológicos, poluindo menos e consumindo quase igual um 4T, porém, são mais leves e rápidos (isso não é uma regra).

Os 4T chegaram com força lá pelos anos 1999 / 2000, porém, continuam muito caros e relativamente pesados. São muito mais silenciosos e fáceis de lidar, já q usam óleo no cárter, e não no combustível. Poluem muito pouco e são bem econômicos.

Exitem ainda os 2T com injeção "eletrônica" de combustível, conforme veremos abaixo.

- Tipo de Injeção de Combustível.

Existem os motores carburados (2T ou 4T), e ainda existem os 2T injetados.

No caso desses novos motores injetados, o óleo 2T não é misturado diretamente na gasolina. Existe um reservatório próprio, debaixo do capacete do motor, onde o óleo fica armazenado, e, dependendo da situação, o motor exige mais ou menos óleo 2T a ser misturado. A mistura padrão de 1:40 para a grande maioria dos motores 2T, normalmente nesses motores "injetados" passam para 1:100 (1 litro de óleo 2T para cada 100 litros de gasolina).

Quando acaba o óleo 2T dentro desse reservatório uma luz acende no painel para avisar o piloto.

Atenção apenas para não investir em um motor tecnológico e caro (33% em relação a um carburado de mesma cilindrada), sendo q vc irá utilizá-lo muito pouco.

Apenas a título de conhecimento, observe os cálculos q fiz aqui com uma diferença de valor (R$ 4.000,00) entre um motor 60Hp carburado, e outro 60Hp injetado:

Se vc pesca/navega 1 ou 2 vezes por mês acredito q vc, com essa diferença de valor, navegue por um bom período...(e muitos não chegam a pescar nem isso). suici::

Mas vamos supôr...Ok?!?!

Olha só:

1 vez por mês = 2 anos (60 horas por ano)

1 vez e meia por mês = 1 ano e meio (90 horas por ano)

2 vezes por mês = 1 ano (120 horas por ano)

* Considerei 5h de navegação em cada pescaria.

- Peso.

Resumidamente.....motores acima de 50hp (+ ou - 60kg - 70Kg) devem ficar presos na embarcação. Imagina carregar um motor desses fora do barco?!?! bomba2

Devem ter partida elétrica. Imagina puxar uma cordinha e fazer rodar um motor com 800cc...hehehee.... :suicide:

Devem ter Power Trim, q é um "macaco" hidráulico q levanda e abaixa a rabeta do motor. Imagina levantar um motor desse peso na mão?!? raivinha::

Por isso a grande maioria dos motores, de 40Hp pra cima, virem de fábrica com Power Trim.

Continua....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal sua esplanação Fabrício!!!

Sempre que posso repassar alguma coisa a alguém sobre a compra de embarcações, passo os sites dos fabricantes, até porque muitos desses barcos eu não cheguei nem a ver!!!

Repasso aos amigos que antes de comprar qualquer embarcação, uma pesquisa minuciosa, com consulta de preços, de itens de série, do tipo de pescaria a ser realizada, dentre outras inumeras situações que o pescador poderá ter deverá ser consultada... Isso é bastante útil e ajudou bastante na compra do meu 1º barco!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que contar que um motor carburado vai desvalorizar bastante. Ja um com injeção eletronica vai ser bem mais facil de vender depois.

Ta certo que as revisões são mais caras, mas se vc fizer tudo certinho, unica coisa que precisa é trocar oleo de rabeta. O oleo do etec é caro, mas estava hje mesmo vendo um 90 que esta com 70 e tantas horas e gastou 2 galoes de oleo com essas horas de uso.

Injeção vc não precisa esgotar.

Resposta na aceleração muito mais rapida, mais silencioso.

Na sua conta tem que colocar a questão da depreciação dos carburados em relação aos de injeção direta.

Como exemplo pode usar um 90 carburado mercury e um optimax do msmo ano.

Na hora da venda o carburado vale 9, 10 mil.

O injetado ngm vende por menos de 15.

Isso falo do mercado aqui da região.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que contar que um motor carburado vai desvalorizar bastante. Ja um com injeção eletronica vai ser bem mais facil de vender depois.

Ta certo que as revisões são mais caras, mas se vc fizer tudo certinho, unica coisa que precisa é trocar oleo de rabeta. O oleo do etec é caro, mas estava hje mesmo vendo um 90 que esta com 70 e tantas horas e gastou 2 galoes de oleo com essas horas de uso.

Injeção vc não precisa esgotar.

Resposta na aceleração muito mais rapida, mais silencioso.

Na sua conta tem que colocar a questão da depreciação dos carburados em relação aos de injeção direta.

Como exemplo pode usar um 90 carburado mercury e um optimax do msmo ano.

Na hora da venda o carburado vale 9, 10 mil.

O injetado ngm vende por menos de 15.

Isso falo do mercado aqui da região.

Uhmm...sei não, hein, Diego...hehee..

Aqui na nossa região os motores carburados ainda são preferência.

Claro q para os motores acima de 90Hp a serem utilizados em bassboats e afins, a turma procura algo mais "tecnológico"...mas o q eu tenho visto é uma galera fugindo dos E-Tecs por conta do combustível brasileiro.

Claro q o Etec, o Optmax e os super motores com injeção de combustível são anos luz mais sofisticados q os carburados...mas além do preço assustar, usá-lo com essa gasolina safada q temos é como andar sob uma bomba relógio.

Dê uma pesquisadinha pelos fóruns de pesca....Os carburados, em termos de custo x benefício são preferência entre motores de mesma cilindrada.

Mas tá dada a dica... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que contar que um motor carburado vai desvalorizar bastante. Ja um com injeção eletronica vai ser bem mais facil de vender depois.

Ta certo que as revisões são mais caras, mas se vc fizer tudo certinho, unica coisa que precisa é trocar oleo de rabeta. O oleo do etec é caro, mas estava hje mesmo vendo um 90 que esta com 70 e tantas horas e gastou 2 galoes de oleo com essas horas de uso.

Injeção vc não precisa esgotar.

Resposta na aceleração muito mais rapida, mais silencioso.

Na sua conta tem que colocar a questão da depreciação dos carburados em relação aos de injeção direta.

Como exemplo pode usar um 90 carburado mercury e um optimax do msmo ano.

Na hora da venda o carburado vale 9, 10 mil.

O injetado ngm vende por menos de 15.

Isso falo do mercado aqui da região.

Uhmm...sei não, hein, Diego...hehee..

Aqui na nossa região os motores carburados ainda são preferência.

Claro q para os motores acima de 90Hp a serem utilizados em bassboats e afins, a turma procura algo mais "tecnológico"...mas o q eu tenho visto é uma galera fugindo dos E-Tecs por conta do combustível brasileiro.

Claro q o Etec, o Optmax e os super motores com injeção de combustível são anos luz mais sofisticados q os carburados...mas além do preço assustar, usá-lo com essa gasolina safada q temos é como andar sob uma bomba relógio.

Dê uma pesquisadinha pelos fóruns de pesca....Os carburados, em termos de custo x benefício são preferência entre motores de mesma cilindrada.

Mas tá dada a dica... joia:::

Concordo com o fabrício sobre a regionalidade. tem lugar que não vende 4t fácil pois a procura é pequena. Muitos querem só o 15 yamaha pois tem revenda fácil. Depende ainda se há assistencia próxima. Vejo aqui na minha região esse cenário. Yamaha muito forte, e quando falo de Mercury ninguém nunca escutou falar.

Hoje eu tenho meu 40 mercury carburado. Pela simplicidade do motor, e baixo custo de manutenção, dá medo de comprar um 4t ou optimax.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vai do gosto tbm...

e da $$ disponivel para compra de um conjunto. Particularmente gosto de tecnologias. Tenho motor carburado e tenho com injeção e posso afirmar que motores atuais tem uma enorme diferença.

E como ja disse, motor tem que ter DONO, pq se o cara é relaxado nem motor compensa ter que vai se incomodar bastante...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Walther, como disse, vai do cuidado do proprietario.

Sempre, mas sempree no motor com injeção, antes de tirar da água, tenho um tanque com avigas, e antes de chegar para tirar a canoa da agua eu coloco rodar com esse combustivel, tempo para que fique em todo o sistema, mufla, filtros e etc...

O que comecei a fazer agora é qndo vou sair do pesqueiro para ir pra casa, ja coloco rodar na avigas. Nunca incomodou bico, sujeira e residuos da nossa porcaria que chamam de gasolina...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente com o Diego....Acredito q em 90% dos casos o dono seja o principal responsável pela pane de grande parte dos motores, seja ele injetado ou não.

Se ele já sabe q a nossa gasolina não presta, então pq deixa o barco meses parado com gasolina no tanque e sistema de alimentação com resíduo de combustível??? blink::

Eu já estou providenciando um filtro separador de gasolina / água para o meu motor.

http://images.cabelas.com/is/image/cabelas/s7_020637_imageset_01?$main-Large$

Depois q o bicho chegar da pescaria irei retirar as velas e pingarei óleo singer na cabeça dos pistões...Dá umas 2 partidas com o motor livre só para lubrificar os anéis e tals...e pronto...

Claro q os carburadores tb serão limpos...assim como as mangueiras.

Resumindo....trabalho não vai faltar....mas meu motor irá agradecer... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só pra complementar, para aqueles que pretendem ou estão montando uma embarcação, vale a pena importar diretamente a maioria dos acessórios, no eBay (www.ebay.com) tem muita coisa, a preços muito melhores do que os praticados no Brasil, mesmo pagando a tributação de 60% que a Receita Federal do Brasil, absurdamente, nos impõe.

Eu, felizmente, estou finalizando a minha, comprei de tomadas a sistema de direção no eBay, devo ter economizado no mínimo uns 30 ou 40% no preço. Só adquiri no Brasil motor de popa, motor elétrico, casco e carreta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Buenas. Estou com vontade de trocar de barco. Tenho um Pety 500 goiana semi-chata 2005. Pesco em represas e rios da região (RS). Normalmente vamos em 4 pessoas. Gostaria de conselhos qual melhor embarcação. O motor que tenho é um mercury 20 4 tempos. Devem estar perguntando porque quero trocar? Esse barco tem boca de 1,5 , acho que da muito arrasto. E aí pescadores?

Abraços...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde amigos, sou novo aqui más tenho lido seus relatos já a um bom tempo e realmente antes de comprar um conjunto temos que procurar informações com quem conhece e tem experiência.

Após ler muito as opiniões de vocês, comprei um BIG FISH 5014 Console e um motor MERCURY 40 hp, eu ia comprar o YAMAHA, más lendo sobre a opinião da maioria escolhi o mercury, anda menos, mas é mais econômico etc.

Como só vou pegar esse barco no final de fevereiro, gostaria de saber de quem conhece, se o desempenho desse motor com esse barco é bom.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Frabricio to querendo comprar um motor eletrico da yamaha 15, pois infelizmente na nossa região outras marcas nao tem garantia e nem manutenção, ´para pesca no dia a dia, ok de sua opinião e que embarção ideal para tal motor

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Frabricio to querendo comprar um motor eletrico da yamaha 15, pois infelizmente na nossa região outras marcas nao tem garantia e nem manutenção, ´para pesca no dia a dia, ok de sua opinião e que embarção ideal para tal motor

Opa San...na verdade vc está querendo comprar um motor de popa...e não um elétrico.

Yamaha é o motor ais conhecido por mecânicos...não por dar defeito, mas é q a marca é bem antiga no Brasil, com muitas peças de reposição no mercado.

Se na sua região ninguém sabe mexer com Yamaha, dificilmente saberão mexer em outro motor.

Canoas entre 85kg e 120kg andam bem com este motor. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde amigos, sou novo aqui más tenho lido seus relatos já a um bom tempo e realmente antes de comprar um conjunto temos que procurar informações. Sou do MT e gostaria de saber qual documentação é necessario para um conjunto completo. Sei que a carretinha precisa estar de acordo com as normas de trânsito! o motor novo vem apenas com a nota fiscal e o barco tbm, preciso registrar alguma coisa? meu conjunto é simples com motor de 15.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigos. Atualmente, possuo um barco SQUALUS 600 da marca SUPERFORT ano 2004 equipado com um Yamaha 25 ano 2007. É um ótimo barco nos quesitos estabilidade e resistência. Somente gostaria que o acabamento do interior fosse melhor. Pensando em trocá-lo, tenho verificado algumas opções. Um barco com acabamento, estabilidade e resistência excelentes é o KARIB 600 da METALGLASS (inclusive, nosso companheiro Allan Antunes possue um), porém estou analisando, pois o valor é um pouco mais elevado e o que me desagrada são os 4 bancos no interior do mesmo, que considero desnecessário. 3 bancos seria o ideal, abrindo mais espaço no piso, mas preciso verificar com os fabricantes se a estrutura poderia ser alterada dessa forma. Tenho cogitado o ENDURO 600, também da SUPERFORT (influenciado pelo atual, claro), que pode ser visto no site da Martinelli. Gostaria de saber se algum dos amigos já possue esse ENDURO e a opinião sobre esse barco. Também gostaria de informações sobre outras marcas e modelos, desde que seja casco 600, pois considero o tamanho ideal para até 3 pescadores. Grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...