Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Henrique Rossini

Membro
  • Total de itens

    96
  • Registro em

  • Última visita


Histórico de Reputação

  1. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Cristiano Rochinha em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Eu particularmente tenho usado a J-BRAID 4X 0,24mm e tenho gostado bastante.
     
  2. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Vagner em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    sempre usava Vexter achava boa e barata ai passei pra Jbraid x4 , no começo elas sao meio secas mas depois ficam macias.
    no momento estou usando a J-BRAID GRAND X8 , linha muito macia e de bons arremeços, nunca perdi nenhum peixe por estourar linha , as 3 opçoes sao boas
  3. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Diego Juliana em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Agora sim, mas outra vez procura no eBay muito mais em conta.
  4. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Fábio Tittoto em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    boa noite!!! linha eu acho muito particular!!!! eu mesmo utilizo a wiplash cristal da berkley, linha muito resistente e de bitola fina, otimo arremesso!!!! uso aqui na minha região para pesca dos azuis e usei na amazonia me atendeu perfeitamente!!!!! não é uma linha barata, mas é top!!!!!
    recentemente comprei alguns carreteis no WISH china, carreties de 300 m e de tudo quanto é libragem que pensar, carreteis que eu paguei em media ja com frete 35 reais e me surpreenderam essas linhas. em fevereiro estarei na AM e farei o teste, aqui nos pesqueiros tenho utilizado essas chinesas e nunca me deram problemas.
  5. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Evandro P. F. de Camargo em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Uso, atualmente, ADO XPE. Estou com minhas carretilhas abastecidas com ela há aproximados 02 anos e não encontrei nenhum tipo de problema.
    Minhas pescarias com IAS se resumem a traíras em represas particulares e tucunarés aqui do sudeste - Rio Grande.
  6. Like
    Henrique Rossini deu reputação a JCKruel em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Henrique,
     
    Perdoe por eu pegar carona no teu post... Mas é que fico interessado em entender por que resolvemos pagar mais por marcas conhecidas (sempre fiz isso) , embora tenha convicção de que estes multifilamentos mais conhecidos estão sendo falsificados sem dó nem piedade! 😊
    Cansado de comprar mal (falsificadas) ou muito caro, passei a visitar o Ali Baba e me deparei com uma infinidade de ofertas de multifilamentos, inclusive com opções pra lá de variadas: 4 x, 8 x, 9 x, 12, x e por último 16 x sendo que em média aumentam a resistência 10% a cada mudança de X...
    Nem preciso falar em preços porque eles custam 1/3 do que cobram pelos famosos com carretéis de 300 a 2.000 metros.
    Comprei, experimentei, usei para peixes grandes e pequenos, tirei todos sem problemas e acredite, elas atenderam minhas expectativas!
    um abração
    Kruel
     
  7. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Marcel Werner em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Olá, Henrique!
     
    A Sufix 832 é excelente. Compre via eBay com procedência americana para evitar decepções. Nas libragens mais baixas, como você quer, eu prefiro a Power Pro Slick, pra mim é a melhor. Uso exclusivamente a Sufix 832 na Amazônia, de 50 lb, neste patamar é a melhor que conheço. 
     
    Creio que você vai dimensionar seu equipamento apenas para os azuis. Neste caso, pela sua região (consta aqui que você mora em Bilac), você usa varas de 14 lb, no máximo 17 lb, com linhas de 30 lb. Neste caso, 0,28 mm está bem adequado. 
     
    Caso realmente monte um equipamento pensando nos amarelos, a vara deve ser de 10 ou 12 lb, aí basta uma linha entre 0,20 mm e 0,23 mm, algo em torno das 20 lb. 
     
    Espero to ter ajudado. Forte abraço e sucesso!
  8. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Renato Barreto em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Henrique, eu tenho a Sufix 832 em algumas carretilhas, gosto dessa multi...mas acho que aqui para nossa região para pesca de tucunas amarelos e azuis pode usar uma multi num diâmetro menor, eu uso a 0,24 MM e dependendo do lugar até a 0,20 MM que já dá conta do recado...uma multi um pouco mais fina associada com uma vara também de baixa libragem (tipo uma de 12 a 14 Lbs)  vai lhe facilitar em arremessos mais longos usando iscas mais leves.
  9. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Kid M em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Me parece que estamos constantemente desejando "mudar" algo que já satisfaz, ou pelo menos "cumpre sua função".
    Entendo que o importante é ter um conjunto equilibrado, onde a linha é um dos componentes desse material.
    Já uso Power Pro há anos, e o máximo que fiz foi passar de 4x para a Slick.
    Vai de cada um, tal qual acreditar na maior eficácia de modelos e cores das iscas.
  10. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Fabrício Biguá em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Eu sou fã da PP para amazônia...agora, para os azuis aqui de Serra da Mesa (q podem passar dos 4Kg) eu super recomendo a Triump 40lb (4 fios). Pense numa linha resistente?!?! Ela é mais.
    Já usei de tudo...de linhas baratas, linhas 8 fios, linhas caríssimas, e etc...Essa Triump é imbatível.
     
    E o mais engraçado....a mesma Triump 60lb não presta para a amazônia.
     
     
  11. Upvote
    Henrique Rossini recebeu reputação de Diego Juliana em Ajuda com as Melhores Multifilamentos   
    Comprei hoje na iscaecomanhia a Sufix 832 0,24mm. 
    Vai fazer conjunto com uma Abu Garcia MGX2 e uma vara Venator SE 5'6 12lbs! Acho que vai ficar bom. kkkk
    Obrigado pela ajuda amigos! 
  12. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Angelo Roberto em O Que é um Bom parceiro de Pesca?   
    Me pego pensando nos parceiros de pesca que já tive, quantos foram parceiros realmente.
    Na verdade digo que teriam 3 tipos; o parceirão, o convidado e o encosto.
     
    O Parceirão é aquele que todos gostariam de ter;
    -Pontual
    -Colaborativo
    -Gosta de pescar
    -Ajuda na preparação
    -Racha toda conta
    -Não é fominha
    -Tudo está bom
    -Na dúvida pergunta
    -Tira fotos legais
     
    O convidado é aquele que gostaríamos de transformar em Parceirão, mas nem sempre dá pois arrumamos cada abacaxi.
     
    O Encosto é a pior coisa que acontece na vida do pescador;
    -Não se importa com nada na organização
    -Não é pontual
    -Na hora da conta sempre esqueceu a carteira
    -Enquanto vc arruma as tralhas ele fica bebendo
    -Na hora de pescar pede tudo emprestado
    -Se quebra algo teu fica com cara de panela
    -Reclama de tudo
    -Paquera a esposa do dono da pousada
    -Suja o barco inteiro
    -Reclama da marca da cerveja
    -Não sabe tirar fotos
    -Bate cinzas de cigarro no tapete do carro
    -Não tem educação
    -Fala alto
    -Bebe demais
    -Fica com todos os peixes pescados
    ......Cansei.
     
    Dificilmente o Encosto não estará lendo isto pois já é também o sabe tudo e a opinião dos outros não importa, não raramente é ptista.
     
    O Paceirão estará lendo e estará preocupado em ser melhor ainda.
     
    Para o pescador que realmente gosta de pescar sempre sobrará a dúvida, levo alguém? Tenho alguém pra levar? Ou nem arrisco mais.
    Está certo que pescar com gente boa é uma delicia, então quem quer ser convidado  que se comporte bem, nunca esqueça que quem
    esta te convidando já gastou uma boa grana com barco, motor e tudo mais, procure ser cortez e participativo.
     
    Como é ou são teus parceiros?
     
     
  13. Like
    Henrique Rossini recebeu reputação de Leandro Gofert em Bad Frog da Badline   
    Também comprei um frog da badline a alguns meses atrás, também achei o anzol muito pequeno, a "espinha" da isca é maior que a curva do anzol, e na batida da traíra ficou muito difícil de fisgar por conta disso, a boca dela na minha opinião não chega até o anzol, já usei em lagoas e até hoje não fisguei uma, batia levava pro fundo mais não conseguia a ferrada. Obs: 96% das minhas pescarias são de tucunaré, pesco traíra de vez em quando nas lagoas, talvez é falta de experiência com traíra da minha parte.
    As vezes (sempre) esqueço que traíra tem que fisgar kkkkk
  14. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Marcel Werner em Modelos de iscas X anzóis Inline - na prática!   
    Olá, amigos!
     
    Este tópico contém a parte prática sobre os anzóis Inline nas iscas artificiais. Para quem não acompanhou, a discussão sobre os motivos está em outro tópico, consulte em caso de dúvida.
     
    O único aspecto que eu não falei no tópico da discussão foi que a isca arranha menos. Eu menosprezei a importância deste fator, mas aqui é Brasil, uma simples Bonnie custa o olho da cara, toda economia é bem vinda. Inclusive, você pode usar uma Sará Sará, que é top e baratinha, por muito mais tempo. 
     
    Cabe lembrar que eu não tenho qualquer patrocínio, vivo da minha operação de pesca, portanto tudo que está aqui é sincero, são as coisas que eu realmente uso, que compro com meu dinheiro e acredito ser o melhor. 
     
    Vou separar em duas partes: iscas amazônicas e iscas não amazônicas. A intenção é que este tópico seja colaborativo, então sofrerá atualizações e adições, com os devidos créditos. Portanto, após um tempo, revisite, pois você pode ter algo a contribuir, tirar uma dúvida nova ou ainda encontrar algo que não tinha visto antes.
     
    ISCAS AMAZÔNICAS
     
    Quase sempre, iscas parecidas receberão os mesmos anzóis. Também há muito menos modelos de anzóis do que de garatéias, então foi mais fácil encontrar o melhor, que até o momento em que escrevo é o Decoy Sergeant Jigging'n Single.
     
    Vocês vão notar que tem anzóis de outras marcas nas fotos, são ainda dos testes, eu insistirei com eles até que todos abram, assim posso ver suas fraquezas. Quando eu falar de varas de 20 lb para algumas iscas, abro a possibilidade de uso do Owner 3/0 e Decoy 2/0. Para varas de 25 lb, somente Decoy 3/0 em diante.
     
    Vamos começar pelo principal. T20, Realis Pencil 110, Sará Sará 120, as principais iscas de superfície usadas na Amazônia vão todas muito bem com o 3/0. Vale também para Vaprax, João pepino da KV, Entre outras de 11/12 cm. 
     

     

     

     
    Algumas iscas são mais fininhas, o 3/0 fica grudando nas costas. Para estas iscas, anzol 2/0 e varas de 20 lb, em lugares onde a quantidade de peixes é o maior atrativo, e não o tamanho. É o caso da Sticknina 110, Hunter Bait, Sammy 115, Giant Dog-X, e, provavelmente, da Bonnie 107, só saberemos quando alguém testar e postar aqui o resultado.
     

     
    O PopQueen 105, considerado o popper mais eficiente para os Açus, também vai de 2/0, assim como os mais acessíveis Barracudinha e Stick Popper, ambos da Borboleta. Vou experimentar este ano o popper do momento, que é o Feed Popper, da Tackle House, no tamanho 130 com 3/0, queria também um do tamanho 100 com 2/0, mas não encontrei na cor que eu gostaria.
     

     
    Algumas zaras mais compridas, entre 13 e 14 cm, estilo Super Spook, são bem populares, mas eu particularmente só gosto da Bowstick. Ela pega anzóis 3/0, assim como a maioria das iscas deste perfil. Já iscas mais volumosas como Miss Carnä 140 e Red Pepper Magnum vão melhor com 4/0. 
     

     
    Abro agora um espaço para uma observação extra. Sei que muitos estavam ansiosos para eu falar qual anzol vai na Rover e Bonnie 128, seja porque gostam muito dessas iscas, seja porque já notaram que elas possuem uma diferença. Eu tenho aqui uma isca com a mesma característica, chamada Iron Mouth. Os pitões dela são ortogonais ao maior eixo da isca, ao invés de longitudinais. Em palavras mais fáceis, eles são cruzados ou virados. A foto abaixo deixa bem claro. Devemos lembrar que precisamos de um anzol forte e um split ring forte (vale frisar que é importante usar 1 split ring, nem 2, nem 0), e que o anzol precisa ter um olho largo o suficiente para a argola se movimentar livremente. Depois de muitas buscas, encontrei o Owner SJ41, foto abaixo. É caro, porém funciona, é leve e de bom formato. O 1/0 funcionou bem na Bahia, agora vou testar o 3/0 na amazônia.
     

     
    Saindo da superfície, temos as twitch baits, a maioria pega anzol 2/0, como a Perversa e a SubWalk 09, além da Curisco 110. Na verdade, caso use algum modelo forte de anzol 3/0 que não se cruze facilmente, poderá usar estas iscas com mais chances de tirar um peixe grande. Desculpem a sinceridade, mas eu não gosto destes modelos de isca, nenhum desse tipo, mesmo já tendo usado e comprovado sua altíssima produtividade, os 3 citados.
     
    Eu prefiro usar iscas de barbela. Toda a sensualidade da Saruna 125F e até da 147MAX são dispensáveis na amazônia. São iscas fantásticas, mas o Açu não está nem aí pra elas, se recolher direto pega mais do que ficar trabalhando sofisticado. Assim, acaba que uma reles Inna 135 é super eficiente, assim como Juana da Borboleta e, claro, as iscas tops de meia água, Maria The First 140F, Aile Magnet, K-Ten etc. Todas essas grandonas pegam 4/0, o que é ótimo. Já a Saruna 125, eu usaria com vara de 20 lb - lembrando: Decoy 2/0 ou Owner 3/0 como na foto abaixo. Power Minnow e a maior das Raptor também são excelentes iscas.
     

     

     
    HÉLICES
     
    Estas merecem um capítulo à parte. Vou começar relembrando um princípio: a isca deve ser facilmente abocanhada, para que fisgue dentro da boca do peixe ou nos seus lábios. O anzol contribui para isto acontecer. Mas isso também significa que, quando a isca não entrar na boca do peixe, terá mais perdas, e é aí que o pescador tem que analisar o que quer. Se reduzir a isca, vai ter mais peixes fisgados. Se não reduzir a isca, vai perder a maioria dos peixes pequenos e também alguns ataques de peixes grandes. Se o peixe grande estiver ativo, ele vai atacar de novo, então não tem problema e dá mais emoção ainda, na pior das hipóteses você vai ver muitas porradas, ainda que não pegue o peixe. Se estiver manhoso na hélice, opinião minha, você está usando a isca errada. Simples assim.
     
    Jet 120, pegadeira demais, apesar do visual controverso. Já peguei um peixe de 82 cm no Lago do Maçarico com esta isca e ela mata a pau no Vazzoleri Camp também. 3/0 nela, mas por ser fininha tem que ter atenção para o anzol não laçar a isca.
     

     
    Também tenho usado a Rip 4.25"e a Caribe de 4.5", já tem até uma Dojô parecida com esta Caribe. Todas precisam da substituição dos pitões pelos CCM, exceto no pitão da hélice, desde que você tenha uns de reserva, não precisa ser tão grosso, porque você nunca irá colocar anzol ali, então pode aguentar até ele ficar fininho. Anzol apenas na barriga, em tamanho 4/0, Decoy ou Owner. O interessante dessas iscas pequenas é que não cansam o pescador. Tive uma cliente que arrebentou da ripzinha e pegou até de 16 lb, assim como um garotinho de 11 anos que só conseguia pescar com esta isca de hélice, pegando peixes de até 14 lb. Falta eu testar com o Açu, mas devido à hélice ser igual à da Rip 5.25", acredito que terá o mesmo bom desempenho. Essa isquinha só com 1 anzol grande fica muito matadeira e quase não gira o corpo. E o peixe pode levar pra onde ele quiser, que não vai enroscar.
     

     
    Já no tamanho mais comum, que é 5.25", anzóis 5/0, ou até 6/0, pode ser Decoy ou Owner (acho que o Owner até 5/0 só, o 6/0 é meio exagerado até para iscas de quase 20 cm). Você deve testar isca por isca para achar o equilíbrio. Algumas iscas podem receber um pitão extra no corpo, outras não. Com 2 anzóis na barriga é melhor para quem gosta de puxar hélice bem rápido.
     

     

     

     
     
    ISCAS NÃO AMAZÔNICAS
     
    Agora, as iscas que usamos nas pescarias de tucunarés fora do paraíso. 
     
    Para varas de 17lb: anzóis Decoy e Owner, mas notem uma coisa muito importante. O menor Decoy é 2/0 e tem tamanho intermediário entre os Owner 1/0 e 2/0. Portanto, você deverá usar a sua sensibilidade e fazer as alterações que julgar necessárias, pois você provavelmente não tem o equipamento idêntico ao meu e nem trabalha a isca exatamente como eu. Essas diferenças naturais entre as pessoas vão provocar pequenas diferenças na preferência, mas nada que seja muito distante, a ponto de alterar o equilíbrio das iscas.
     
    2/0 da Owner ou Decoy: Bonnie 95, Giant Dog-X, Sammy 100, Aile Magnet 105, Borá 10 (contribua)
     

     
    Ideais para Owner 1/0: Saruna 110F, Fakie Dog 90, Sledge 6F, Silent Assassin 99F, Queen 90, The First 90, Firestick, Red Pepper 10cm, X-80, Dog-X Speed Slide & One Knocker,  (contribua)
     

     
    Para varas de 14 lb e 12 lb: Aqui, o VMC 7237 #1 ganha destaque, devido a ser resistente, com ótimo formato e, o que pesa mais, o fator preço. Sim, é absurdamente mais barato que os já comentados até aqui. Por isso, e para nossa sorte, a maior das listas de iscas para tucunarés azuis e amarelos é justamente com esse anzol.
     
    VMC #1: T10, Bonnie 85, Realis Pencil 85, Water Moccasin, Mudscuker 80, Dog-X S ou W antiga, Wavy 85S, Saruna 95F, X-rap 08, X-80JR, Squad Minnow 80, Vision 95, Bream Pencil, Fakie Dog 70, 
    Rozante 77, MS Raptor 70, Brava 77 (contribua)
     

     

     
    Para varas de 10 lb: aqui entram as iscas específicas para pescarias de amarelinhos. Eu prefiro molinete nesta categoria. Os anzóis da Gamakatsu são bem caros, mas são finos, fortes, afiadíssimos (nunca fisgue o tucunaré com esse anzol, ele já vai se fisgar só de triscar na isca, é incrível como entra fácil no peixe) e bem leves para não alterar o nado da isca. Basicamente, uso apenas 2 tamanhos.

    O Gamakatsu 53SALT #2 em todas as iscas que eu testo e aguentam. Dog-X JR, Wavy 65S, Saruna 80F, Rozante 63, Athlete F7 "gordinha" (contribua)
     

     
     
    E o Gamakatsu #4, o menor que uso, para iscas miudinhas que o #2 fique grande: X-70, Athlete F7 "magrinha", e outras miudezas que não lembro direito, acho que são poucas nessa lista, quando falamos de tucunarés. Mas contribua se souber de algum que não falei.
     

     
    EXCEÇÃO: a Realis Pencil 65, apesar do #2 se cruzar com relativa facilidade, eu achei que fica perfeitamente equilibrada, então uso #2 mesmo com esse inconveniente. Se você não gostar, diminua o anzol.
     

     
     
    Só lembrando: este tópico sofrerá acréscimo de fotos e modelos de isca com o passar do tempo, para que sirva como livro de referências. Eu mesmo tenho centenas de iscas para postar, mas você pode me ajudar. Envie fotos que eu vou acrescentando no tópico inicial, com os devidos créditos.
     
    Espero que tenha sido útil.
     
    Forte abraço a todos e boas pescarias.
     
    IMG_6135.HEIC IMG_6134.HEIC IMG_6130.HEIC IMG_6133.HEIC
  15. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Pedro Dib em NOVA LIGER   
    Fala Renato! Dos meus amigos q compraram, todos gostaram mto tbm.
    Acredito q se seu foco for usá-la pra iscas leves, hj é o melhor custo x benefício.
    Tô pensando em comprar uma pra pescar de caiaque. Ergonomia mto boa, e especificações que fazem dela uma carreta interessante.
    Tem um vídeo do Augusto Mestieri aqui do forum arremessando isca de 4g com ela, aliás, tem alguns vídeos dela no canal dele, sugiro dar uma conferida.
    E tbm do Marcelo, do pesca verdade, que botou ela pra teste tbm.
     
    PS: Coloquei do lado da aldebaran mgl 30 e perdeu feio em distância dos arremessos, mas aí já é uma carretilha de pelo menos o dobro do valor da liger.
     
     
     
     
  16. Like
    Henrique Rossini recebeu reputação de Renato Barreto em NOVA LIGER   
    Fala Renato, blz? Cara, todos amigos meus que compraram estão falando muito bem dessa Liger, dizem que arremessa demais, muito leve e não cansa, muito confortável. Eu só peguei em mãos e é uma put@ carretilha cara, lembra muito a Aldebaran MG7.
    Única coisa que eles estão meio com o pé atrás é em questão a durabilidade dela!
    Eu quase comprei uma semana passada, mas acabei pegando uma Abu Garcia MGX2.
  17. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Renato Barreto em NOVA LIGER   
    Aê galera, quem comprou e já usou essa nova Liger poderia nos passar um feedback...se valeu a pena o investimento...vou no final deste mês para o Paraguai e tou querendo pegar uma.
  18. Like
    Henrique Rossini recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em Abu Garcia MGX2, Liger 2019 ou BW?   
    Fala pessoal, queria uma ajuda de vocês para me ajudar a escolher uma das 3!
    É para pesca de tucuna azul somente.
    Queria saber qual a melhor entre elas sobre arremesso, durabilidade e desempenho!
    Se tiverem outras sugestões, meu orçamento é de 850 reais.
    Obs: Já tive a curado 71, quero inovar!
     
    Muito obrigado a todos.
  19. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Pepe Melega em + sobre multifilamentos   
    Respondendo há um tópico sobre multifilamento usei o texto abaixo - que completei com outras informações, por considera-lo interessante ao grupo em relação ao assunto motivou-me a abrir esse tópico.
    O que temos nessas informações são fruto de pesquisas diversas, diálogo com conhecedores do assunto e membros do staff internacional da Seaguar (@fishseguar - linhas de pesca), além do amigo querido Marcos Okamoto - o Marquinhos da YGK (Wakoku) 
    Não é uma regra estabelecida, não é um norma inflexível e sim um descritivo de experiências vividas por mim e outros relatos em que estive presente.
    Primeiro é que Bitola é a largura determinada pela distância medida entre as faces interiores das cabeças de dois trilhos ou carris em uma via férrea. Diâmetro distâncias entre dois pontos de um subconjunto de um espaço métrico. Apesar do hábito de se falar bitola para linhas de pesca, não é correto de forma nenhuma mencionar esse termo. Diâmetro - apesar de as vezes as linhas não serem redondas e ou espessura é o mais adequado. Isso sim deveria ser um regra inflexível - pois se trata de nossa língua: o português (BR)
    As linhas possuem especificações de resistência em seu alongamento - ou seja prende-se em dois ponto - normalmente pinças de um dinamômetro hidráulico e essas vão puxando para lados opostos até se romperem (esse é o padrão). Esse procedimento é em parte semelhante ao que acontece quando já fisgamos o peixe e estamos na briga para embarca-lo. Porém há pescadores que procedem fisgadas bem vigorosas e há peixes predadores que atacam nossas iscas em uma intensidade que muitas vezes desacreditamos, como também há o ato do arremesso. Nessas situações o que ocorre é um impacto seco em nossas linhas - e elas não são testadas dessa forma. O teste de resistência é relativo ao alongamento até a ruptura!
    As marcas fazem recomendações em seus sites e ou embalagens quanto ao uso de linhas para a pratica de pesca de arremesso (bait casting) indicando espessura e ou diâmetro do fio compatível ao peso (isca) que vai ser lançado. Apesar de serem mais fortes - no alongamento até a ruptura, os multifilamentos e mesmo os monofilamentos de fluorcarbon não possuem a elasticidade dos monofilamentos confeccionados em náilon (poliamida) que ajudam a absorver o impacto provocado no ato do arremesso nas linhas atuais que usamos. 
    Assim sendo não é um problema de linha, não é a aquisição de uma linha falsificada e sim o fato de ignorarmos muitas vezes a recomendação dos fabricantes para o uso desse material e depois culpamos as diversas marcas.
    Lembrete 1: Detalhe importante - há vários tipos de confecção - maneiras de extrusão, dos micro fios de PE ( Polietileno ) que foram batizados de Spectra (ROCKEWELL, DOW), Dyneema, Izanas (TOYOBO) que estão na mãos de dois ou três grandes conglomerados da industria química e há outras três ou quatros empresas (OM) que são os que tecem - processo têxtil,  esses fios para o formato que conhecemos - as linhas de multifilamentos. É lógico que eles possuem um gama de ofertas muito grande  - onde as diversas marcas existentes fazem suas escolhas de acordo com a faixa de preço que querem atuar e isso influência na resistência e diâmetro do fio que adquirimos. 
    Há uma recomendação de resistência x peso para a pratica da pesca de arremesso, ela é baseada na experiência de vários staff (s) de marcas que pescam diversos espécimes em todo mundo:
    Peso          Resistência
    1-5 gr           10 - 15 lb
    5-7 gr           20 lb
    8-14 gr         25 - 30 lb
    15-20 gr       35 lb
    21-40 gr       40 lb
    41-60 gr       50 lb
    61-80 gr       65 lb
    81-100gr       80 lb
     
    Lembrete 2: Há arremessos que usamos que causam pouco impacto a linha para ser executado onde precisamos usar um fio de baixa espessura mesmo usando um peso maior do que o indicado, que é o caso do flipping e pitching.  Ou seja, em caso de pesca "de fundo" com jigs, head jigs, e diversas montagens onde muitas vezes temos a necessidade de usar diâmetros finos para evitar um arrasto da linha maior há soluções de arremesso que podem nos ajudar.
     
     
    Lembrete 3: Como eu uso os multifilamentos - pesca de fundo com necessidades de usar diâmetro fino dou preferência para multi de 4 fios  entre 20 e 30 lb de resistência. Pesca de arremesso com iscas de até 15 gr uso multi de 8 fios de 30 e ou 35 lb. Acima de 15 gr uso multi de de 8 fios de 40 lb. Há situações que uso 50 e ou 65 lb, mas pela defesa do diâmetro maior em relação a abrasão de obstáculos como troncos de árvores - normalmente na região do rio Negro (bacia amazônica).
     
    Abraços
  20. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Eduardo Chedid em Abu Garcia MGX2, Liger 2019 ou BW?   
    2 excelentes carretilhas, ambas fabricadas pela doyo, a mgx 2 é muito top mesmo, a liger chegou com aquele jeitao de aldebaran, pessoalmente pesquei com as 2 originais, a mgx 2 rende mais, mas a maciez da liger é ergonomia é melhor, de qq maneira, 2 excelentes opções pelos internos e peso que oferecem. 
  21. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Walter Lembi em Abu Garcia MGX2, Liger 2019 ou BW?   
    Sob meu ponto de vista, se a grana der vai nessa ordem:
     
    1 lugar: Abu Garcia MGX (excelente carreta, leve, parruda, arremessa demais)
    2 lugar: Liger (modelo novo, ótima tb, muito leve e tb boa de arremesso, mas um pouco abaixo da MGX)
    3 lugar: Black Widow (essa fica pra trás das duas primeiras, inclusive custa menos tb)
     
     
  22. Thanks
    Henrique Rossini deu reputação a Kid M em Cota zero para o Tucunaré em SP !!!   
    Esta é uma situação bastante curiosa ! Muito se teme pela extinção dos peixes (sejam quais forem), mas a mãe natureza sempre reverte essa situação...
    Claro que também sou favorável a não retirada dos peixes silvestres (exóticos ou não) dos nossos rios. Falaram na industria americana faturar bilhões de dólares na atividade e é verdade.
    Esqueceram tão somente que "não existe" pesca comercial de peixes silvestres. Há uma cota que não é ultrapassada por quem quer que seja !
    Mais do que a "regra obedecida", o foco mesmo é a conscientização do que é certo e do errado... estamos novamente falando de conscientização x necessidade alimentar !
    É um jogo perverso esse pois a necessidade alimentar de milhões de ribeirinhos impede qualquer progresso na exemplificação do processo !
    Não quero hipocrisia no comentário, mas a simples presença de botos (como estão hoje) reduzem a sobrevivência dos peixes mais que o próprio pesque e solte !
    Boto é um exemplo, mas o que dizer das redes e comercialização intermunicipal e mesmo interestadual de toneladas capturadas !
    Algo pode parecer simples mas tem consequências se avaliadas por outras óticas e/ou práticas. Não vejo como tratar de um processo sem resolver o outro !
    Os canais de Miami são repletos de tucunarés (entre outros peixes), mas lá o pesque e solte é natural, e quem for pescar tem sua licença emitida pelo guia... 
    Sou de um tempo onde a fartura de peixe no Pantanal era um absurdo ! Cardumes na subida para a desova no Araguaia eram perseguidos por até 200 botes (já vi isso acontecer).
    Já que se mencionou os Estados Unidos, é bom que saibam que os black bass de lá andaram próximos da extinção e somente após muito incentivo e foco no problema isso se reverteu !
    Claro que tem interesse econômico nisso, mas talvez por conta disso é que termine funcionando de forma adequada. Não se trata de "privilégio", mas de sensatez !
    Apenas meus pontos de vista que não precisam ser rebatidos, pois não irei mudá-los ! Precisamos também praticar o "ouvir alheio" mesmo que sejam posicionamentos inversos ! 
  23. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Miron Júnior em Cota zero para o Tucunaré em SP !!!   
    só para esclarecimento,acho que esses cardumes a que se refere nao é pra desova e sim migração trófica...
  24. Like
    Henrique Rossini deu reputação a Marcelo Terra em Cota zero para o Tucunaré em SP !!!   
    Sei que existe, más não participo e não tenho contato...
  25. Upvote
    Henrique Rossini deu reputação a Marcelo Terra em Cota zero para o Tucunaré em SP !!!   
    Nem todo mundo teve a felicidade de descobrir os prazer proporcionado pela pesca esportiva... SÓ QUEM PRATICA MESMO 
    eu tbm penso assim: é bom saber que tem alguém levantando a bandeira!!! 
    É MUITO IMPORTANTE QUE VENHA A VIGORAR ENQUANTO OS RIOS AINDA SOBREVIVEM, PQ NORMALMENTE SÓ IMPLANTAM ESSE TIPO DE LEI QDO O RIO ESTÁ AGONIZANDO 
    um dia as coisas mudam... por aqui já tem muito pescador esportivo e a tendencia é aumentar 

×
×
  • Criar Novo...