Ir para conteúdo
Fabrício Biguá

Vc aposta em produtos nacionais? O q falta? Deixe sua opinião e seu voto.

Vc aposta em produtos de pesca nacionais? O q falta? Vote.  

44 votos

  1. 1. Qual a origem dos produtos de pesca que adquire?

    • Sempre no mercado exterior, não importa o preço.
      0
    • Não importa a origem. Procuro sempre o melhor pelo menor preço.
      37
    • Sempre origem nacional (mesmo q sejam construídos na China e etc), uma vez que gosto dos nossos produtos.
      2
    • Não vou votar nas opções acima. Darei minha opinião abaixo.
      5


Posts Recomendados

Amigos...hj ocorreram duas coisas interessantes aqui no fórum.
 
A primeira foi ver que alguns amigos q acham "ruim" (sem entrar no mérito, ok!??! )...mas, amigos q não gostam de ver propagandas de produtos nacionais em nossas revistas de pesca. 
Entendo e respeito as opiniões, até pq, há pouco tempo atrás, revistas misturavam (e ainda misturam um pouco), o seu papel como formadores de opinião e fabricantes/vendedores de produtos de pesca.
 
Segundo, pesquisando sobre o produto desta mesma empresa na internet, encontrei uma matéria q achei bem legal.
Como essa matéria não está vinculada ao site do lojista (q é anunciante do fórum), tomei a liberdade de mostrá-la a vcs.
Confesso q me surpreendi em ver o tamanho da loja (do estoque) e, principalmente dos resultados atingidos por eles em nosso mercado nacional.
 
Ah, e é claro, tomei um susto ao ver o Nelsão na foto....kkkk....(zueira, Nelsão...rsrsr..).
 
 
Mas vamos lá...Temos, e eu me incluo aí, o hábito de supervalorizar produtos gringos e, naturalmente, desvalorizar produtos nacionais (ou estou mentindo??!?!).
Fato é q a China hoje produz 99% de tudo o q é bom e ruim no mundo..rsrs...E Japão, EUA, Brasil e outros países, exportaram quase toda a sua produção pra lá - as razões?!?! todos já sabem.
 
Então, olhem só os dados na entrevista e o tamanho do estoque da loja O Boto... blink::  blink::  blink::
 
pesca.jpg
 
 

Com 40% de seu faturamento proveniente de marca própria, O [/size]Boto é um dos líderes no comércio online de artigos para pesca, náutica, camping e atividades outdoor no Brasil. Criado em 2008, o e-commerce, que atua diretamente na importação e desenvolvimento de produtos exclusivos, expandiu sua abrangência para todo o Brasil e se consolidou dentro e fora de centros urbanos.[/size]
Entre o mix de itens disponíveis estão carretilhas, varas, molinetes, sonares portáteis e acessórios produzidos no exterior, mas idealizados aqui, como explica Nahor Gustavo, fundador do e-commerce. “Levamos em consideração tanto o meio ambiente e as espécies daqui, quanto os hábitos dos pescadores brasileiros e a nossa realidade socioeconômica”, conta ele.
O objetivo do desenvolvimento de produtos é obter o melhor custo-benefício para o mercado, fidelizando consumidores. “60% das vendas são para clientes recorrentes. Muitos deles já fizeram mais de 20 pedidos no site”, afirma Gustavo. O ticket médio da empresa é 30% superior ao do segmento em geral.
Cerca de 65% das compras são feitas por moradores do interior ou de regiões afastadas dos grandes centros urbanos. O Boto aposta ainda em consumidores que estão dando os primeiros passos no hobby, e presta uma espécie de consultoria, com indicações dos melhores equipamentos para começar a praticar a pesca esportiva.
“A pesca esportiva é uma ótima maneira de preservar os rios e mares. É um investimento em cadeia que leva capital e recursos a locais onde antes a população tinha como principal fonte de renda a pesca predatória”, explica o idealizador da loja.
Desde sua fundação, o e-commerce mantém crescimento anual superior a 100%. Para 2015, devido à retração da economia brasileira, a expectativa é aumentar o faturamento em 45%. “E isso vendendo produtos para a diversão e preservação do meio ambiente. Pescar faz você se sentir parte da natureza, e não o dono dela”, finaliza Gustavo.

Fonte: E-Commerce News
22/Out/2015
http://ecommercenews.com.br/noticias/lancamentos/e-commerce-de-pesca-esportiva-se-destaca-no-setor-com-marca-propria

 
 
 
 
Com base nestas informações e na entrevista acima, resolvi criar uma enquete.
Por favor respondam...É rápido e ajudará muito a entendermos melhor como está o nosso mercado atual.
 
Depois postaremos a nossa análise.  ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício, importante essa enquete, mas convenhamos que os produtos nacionais ainda precisam melhorar muito ainda.

Quando resolvo comprar, compro aqui mesmo, ou seja nos sites nacionais, porém escolho boas marcas, incluindo as nacionais, a exemplo de iscas, varas.

Quanto ao site em si, já fiz várias pesquisas e minha opinião é de que seus preços são elevados em relação a outros e não sei o porquê disso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Independente do voto já estabelecido, alguns rápidos comentários...

 

1. O material comercializado no Brasil tem custo bem mais elevado por conta da carga tributária, daí sua pouca competitividade com os estrangeiros (naquilo que tem semelhança).

 

2. A depender do material, os produzidos aqui, ou focados na pesca brasileira (tropicalizados) são excelentes e saem por um custo mais em conta !

 

3. As iscas "ditas brasileiras" (se bem que existem diversas verde amarelas mesmo) estão em patamar igual ou superior às americanas (e algumas japonesas).

 

4. Desenvolvimento e pesquisa na indústria brasileira são pequenos diante das "gigantes multinacionais", mas encontram boas soluções para nossas necessidades.

 

5. Com a "globalização" e as ações de customização profissionais que temos acesso, não há porque ficar em busca de um produto "estrangeiro" ! É caro, mas é bom !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio, fiquei com uma dúvida na sua enquete. O que vc chama de produto nacional? Um produto desenvolvido e fabricado no Brasil, um produto desenvolvido no Brasil e fabricado no exterior ou um produto encomendado no exterior com uma marca nacional?

Sent from my iPhone using Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Enquete díficil... votei e exclui duas vezes...kkkk, até que cheguei a conclusão que minha resposta é mista, ou seja:

 

1- Iscas Artificiais: Não considerando 5 ou 6 iscas coringas estrangeiras, no geral nossas iscas são ótimas e as prefiro independente do preço(estaria dentro da terceira opção)

2- Varas: Não me adapto aos modelos comercializados no mercado americano(local que mais tenho acesso), portanto, sempre compro aqui independente do preço(estaria dentro da terceira opção)

 

No mais estaria dentro de "procuro sempre o melhor pelo menor preço".

Pelas minhas convicções, gostaria de afirmar que "Sempre no Brasil, uma vez que gosto dos nossos produtos"... mais infelizmente isso é impossível no momento uma vez que esbarramos e preço, impostos e etc.

 

Misturando um pouco as bolas, diria que assino um canal de TV de pesca e não assisto, assino ou compro todas as publicações de pesca do mercado a mais de 25 anos e leio menos de 30% do conteúdo e procuro comprar o máximo possível meus equipamentos e lojas brasileiras e de preferência física apenas pelo fato de achar que tenho que fazer a minha parte para apoiar este mercado... mais falta muito para 100% de "Sempre no Brasil, uma vez que gosto dos nossos produtos"

 

Acho que é isso (se é que entendi bem a enquete...kkkk).

Abraço a todos,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sempre acreditei na capacidade de produção nacional (povo brasileiro), porém a industria nacional não tem como competir nos patamares de países do 1º mundo devido a pesada carga tributária.

 

Coincidência ou não, más todo equipamento TOP que temos em nossa traia é produzido fora.  joia:::

 

Independente do valor do dólar, alguns itens continuarão sendo comprado dos gringos  diabo::

 

:amigo:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seguindo o pensamento do  Renato eu sou assim tb  custo x benefício, e vou atrás do que dá certo, se iscas nacionais são boas compro elas, se as carretilhas nossas não prestam compro as importadas.  Não adianta, os Asiáticos dominam o mercado, até nossos Iphones são feitos lá, nunca uma carretilha concebida e fabricada aqui chegará ao custo das importadas, principalmente pela mão de obra cara e falta de incentivo do governo nosso.  O que vai dar certo aqui em termos de pesca são produtos artesanais que atingem produção em larga escala como iscas , varas e acessórios

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Comprei pouquíssimas vezes equipamentos no exterior. Tento privilegiar o mercado interno o máximo possível.

 

Quanto a iscas, gosto muito (e também acho que são de ótima qualidade) das iscas da Zagaia e da Yara, ambas nacionais!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hj em dia com os produtos OEM  vindos da China Coréia e outros países , se tornou quase impossível a concorrência , alguns produtos muito específicos como varas ou até  carretilhas e molinetes customizados se tornam atrativos porém caros em relação aos produtos de combate temos as grandes marcas sendo importadas e muitas outras , para não dizer todas , estão fora do país localizadas no vizinho PY aonde existe um relaxamento fiscal para importação de produtos e por conta disso uma maior facilidade de importação , incrível dizer tb que muitos desses contêineres com material de pesca são recebidos no Brasil e seguem por caminhões sentido PY , ridículo né , muitas empresas hj em dia estão de mudança para lá tb, por conta das tributações extorsivas do nosso maravilhoso país.

Enfim fora algumas iscas feitas com esmero e mesmo assim pouco competitivas ao mercado externo linhas de baixa qualidade praticamente não vejo fabricação de nada mesmo.

E isso se torna cada vez mais comum , se o dolar hj começar a abaixar de novo , com certeza o mercado dos importados prevalecerá em relação aos poucos produtos nacionais .

O que vejo sim é um despontamento nas categorias de produtos mais top considerados entre os melhores , e isso se dá a um refinamento no nosso esporte e a escolha começa a ficar clara e não tão cara assim , essa turma tem tido sim um sucesso frente aos outros do mais , infelizmente dependemos das importações muitas vezes individuais.

Pena, pois realmente sou patriota ,mas daí tb falar que sou idiota fica meio puxado .

Pena o nosso país ter a terceira maior cobrança de tributos do planeta e ser um dos últimos em resultado e retorno .

Pena a nossa moeda ser mais das moedas mais fortes do mundo e ter que desvalorizar ela para acertar a maldita balança comercial , para apresentar um pib positivo literalmente para inglês ver e com isso aumentar a nossa despesa e diminuir o nosso ganho.

Pena mesmo que o nosso pais mais uma vez continua desgovernado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício , vou responder sem ler as respostas acima.

 

Eu fiz um mix tremendo.Tenho até isca polonesa e canadense.Americana e japonesa nem se fala.Não uso e-bay.Compro de algum lojista nacional ou importaVA direto de alguma loja de fora.Parei de comprar ,também, nos escambos da vida material de segunda mão.

 

Temos excelentes fabricantes de iscas: Deconto , KV , Borboleta (nas hardbaits)Zebalo ,Jornei,Camarão Flex(nas softs), me atendem muito bem.Já comprei muita, mas MUITA isca importada. Parei.Iscas ,agora, só nacionais e Dadá Lures.. :gorfei:  :gorfei:  :gorfei:

 

Varas e linhas são mais complicados. Linha só estou utilizando a G-Soul 8 fios pra tucunaré e a Varivas Casting PE pra robalos. Ambas são japonesas.Compradas em lojistas daquí. Não confio em nenhuma outra tanto quanto nestas.Varas estou abastecido até a próxima encarnação.Com exceção da ENZO(China), as outras são customizadas com blank Lamiglass e componentes Fuji.

 

Snaps e split ring do Glico.

 

Carretilhas: as Abu Revo vão ficar pros meus bisnetos usarem. As Curado e Alphas...idem...Molinetes Pflueger, Abu , Daiwa pros meus tataranetos. 

 

Portanto , com exceção das linhas...só pretendo comprar produtos fabricados ou montados aquí.

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

um pouco de tudo, a exemplo das pescarias deste ano:

Sara Sara (isca nacional, aceita garateias maiores, mantendo o trabalho - superou em muito a T20 Rebel); Jigs do Flavio

isca Mauro Nakatani - helices - excelente (recebi esta semana as do Charles, que logo irão para agua)

varas (mixto - blanks e materiais estrangeiros e produção - customização nacional "by marco")

roupas - "King"

e por ai vai, havendo produto similar nacional, a preços competitivos estamos la

abc

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nao tem como comparar os mercados, o trabalho de pesquisa, materiais, recursos tecnológicos, financeiros, publico-alvo, etc...

Eu sempre compro as iscas nacionais, que muitas vezes são cópias ou iscas semelhantes as gringras consagradas, com a vantagem de cores mais atrativas para nossos peixes, e grande desvantagem pelo acabamento e mtas vezes o nado, ação e som muda muito...

Geralmente compro uma gringa, quando gosto...procuro uma brasuca imitação, testo...se curtir compro em diversas cores...

Axo que mta gente faz isso hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

só não entendi o tema , produtos nacionais com a menção ao e-comerce do Boto . me pareceu propaganda forçada . não tenho nada contra , só me pareceu isso 

a carretilha em questão não é nacional e sim importada .

você quis dizer : industria brasileira x contrabando ? é isso ?

sempre dou preferencia a compra legal , com nota e tudo , independe de onde é a procedência .

 

se a questão é a loja O Boto , 

eu frequentemente vou a SP a serviço , prefiro barganhar nas lojas físicas , acho muito mais vantajoso 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado a todos pelas respostas.

 

E aqui no fórum vale postar qualquer posicionamento...mesmo q eu pense diferente de alguns...é claro...

 

Quando me referi a produtos nacionais, não quer dizer que eles precisem de ser criados e produzidos aqui...Vale ser criado e desenvolvido aqui, mas construído na China, PY e etc.

Vou mudar a enquete lá acima para q isso fique explícito.

 

Voltando...Vou postar meu ponto de vista...

Acredito q postando abertamente, ninguém diga q estou amarrado a algum fabricante ou anunciante do fórum.

99% da minha tralha é importada.

Já comprei de tudo lá fora. Só no Ebay tenho compras em mais de 10 países...compras q vão de iscas, linhas, passando por carretilhas e etc.

E me perguntam...pq vc compra lá fora?!?!

Pq lá é (ou era) muito mais barato e de melhor qualidade.

 

Culpa do lojista?!?!

 

Em parte...mas o maior culpado de tudo é o nosso Governo maldito (assunto pra outro tópico).

Pagou tudo certinho aqui no Brasil....puts, as chances de quebrar são enormes...

 

Então, com o dólar barato, aproveitei pra trocar toda a minha tralha. Pintou a chance de um brasileiro "conhecer" as coisas boas do mercado mundial de pesca. Comprei mesmo.

Cheguei a comprar Jummping Minow por $1 (ou R$ 2,00), comprei carretel de Power Pro nos EUA por R$ 50,00, carretilhas Zillion por R$ 400,00,  camisas Titanium da Columbia por R$ 30,00...então, como não cair em tentação e chutar o balde e sair comprando de um a tudo?!?!?

Tenho tralha (sem uso) guardada no meu guarda roupas há 2 ou 3 anos...Tralha q está lacrada. 

Passei mais de 5 anos sem comprar NADA no Brasil.

Comprei apenas Firestick e Biruta...(e olha, eles não são anunciantes do fórum...é pq são top mesmo...rsrs).  Estou fazendo propaganda ou apenas informando?!?!

 

Voltando...

 

Não tem como comparar o mercado de pesca brasileiro com o americano, por exemplo.

Nos EUA a pesca movimenta mais de 40 BILHÕES de dólares por ano...Aff..é muito dinheiro....Como eles consomem muito mais, tem maiores incentivos, um Governo decente e preços justos...a tendência é q os produtos sejam melhores...mas isso tb é assunto pra outro tópico.

É isso.

 

E agora, com a alta do dólar, comprar lá fora passou a ficar inviável...Naturalmente deixamos de comprar as "vaidades" e passamos a usar a funcionalidade...e é aí q o mercado nacional cresce novamente.

 

Quanto a pergunta/resposta do amigo Luciano,...eu digo q pra mim e pro fórum, divulgar bons resultados, seja de qualquer lojista, mercado, revista, pescador, programa e etc...é e será sempre um grande prazer. Lembremos sempre q esse daqui é um fórum DE PESCA...e ele precisa de todos estes segmentos da pesca funcionando bem. Eu milito em prol da pesca.

Divulgar, pelo menos pra mim, não é a mesma coisa q fazer "propaganda".

Informar é diferente de "marketar".

 

E mais, se eu puder divulgar bons resultados de empresas q anunciam aqui, melhor ainda...uma vez q existe uma relação mútua entre fórum e a empresa. Mas se vc vê como propaganda forçada...não tem problema, não tenho nada contra, só me pareceu isso...rsr. Só será difícil agradar vc, uma vez q teria q me calar frente a qualquer posicionamento postado dos anunciantes do fórum...Pergunto, e dos que não anunciam?!?! Poderia falar deles?!?! Será q minha intenção é atraí-los para torná-los anunciantes?!?!....ou seja, tô lascado...rsrs.

Fato é q não corri atrás da loja O Boto (como não corro atrás de nenhuma). Todos os nossos anunciantes que procuraram o fórum. Nunca mandei proposta pra ninguém...mesmo tendo centenas de usuários do fórum q são lojistas, guias profissionais, e etc.... 

 

Assim como gosto de divulgar bons resultados, matérias, recordes, boas empresas, e etc... eu vejo q vc gosta de analisar nas entre linhas de vários textos pra depois dar a sua "cutucada" - uma vez q a grande maioria dos seus posts estão sempre ligados ao q vc considera "forçado"....Mas volto a dizer, não tem problema...No fórum todos são livres pra postar o q quiserem. E de nada adiantaria tb eu espernear aqui e não conseguir convencer ninguém...rsrs. Se todos não comentam nada, mas pensam como vc, minhas palavras foram em vão.

A ideia não é essa. Como disse em outro tópico, por R$ 150,00 mensais ninguém compra a opinião de ninguém..rsrs...sou um pouquinho mais caro. Tá na hora de nos preocuparmos mais com a informação e deixamos a análise dos lucros/vantagens gerados com ela em segundo plano.

 

...mas um dia debatemos numa pescaria. Daí vc me conhecerá melhor...Sem estress.

 

Voltando...

 

Excelentes contribuições de todos. Confesso q me surpreendi com o resultado da enquete. Pra mim o mercado nacional, apesar de estar com produtos melhores, estava em baixa tendência.

Vamos continuar postando. Toda resposta é válida... ::tudo::

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio , deixa eu deixar bem claro  

 

Não sou contra esse tipo de marketing/propaganda/tópico , ou sei lá o quê , fórum vive disso e EU acho super normal se tivesse fazendo marketing/propaganda da loja , apesar de compreender que não foi o caso . eu faria a mesma coisa , propaganda é a alma de tudo 

MAS , é o que me pareceu , pelo título do tópico , e pela referencia à carretilha e a loja ..... e pela forma que foi formulada a pergunta . eu não poderia ter essa impressão e comentar ?  

e tenho certeza que muitos também acharam , apesar de nada comentarem . compreendeu ? , não sou contra isso , deixo bem claro , só deixei minha impressão 

 

quanto aos produtos nacionais  , compra-se tudo lá fora , etiqueta-se e vende por aqui , isso pra min isso não é produto nacional 

vem de fora , voce dá emprego a gente de fora , dá lucro a empresas de fora , aqui fica uma ínfima parte 

é uma bola de neve , ou voce dá subsídios à industria nacional para que possa competir , comercialmente e tecnologicamente ,

ou vai ver a industria nacional cada vez mais no buraco , e nós temos também parte da culpa 

visando somente o bolso , estamos fazendo parte dessa bancarrota , 

conhecí uma fabrica de blank nacional , maquinário e tudo , tá parada , não faz nada , dinheiro perdido .

não compensa financeiramente fazer , não vende , consumidor compra de fora 

quem é a culpa ? não sei de quem , mas sei que todos tem 

 

 

* minhas repostas na maioria das vezes , não é sempre , é pela hipocrisia de alguns , muito puxa-saquismo e critérios subjetivos , opiniões sem base nenhuma , só do achismo ou porque leu post anterior . ou omitem opinião sem entender direito a colocação da resposta  , não estou me referindo a este tópico 

eu disse a tí que me PARECEU forçado , se não foi , maravilha , já foi explicado 

até voce entendeu que a pergunta não foi bem colocada , 

fui claro ? 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio , deixa eu deixar bem claro  

 

Não sou contra esse tipo de marketing/propaganda/tópico , ou sei lá o quê , fórum vive disso e EU acho super normal se tivesse fazendo marketing/propaganda da loja , apesar de compreender que não foi o caso

MAS , é o que me pareceu , pelo título do tópico , e pela referencia à carretilha e a loja ..... e pela forma que foi formulada a pergunta .

e tenho certeza que muitos também acharam , apesar de nada comentarem . compreendeu ? , não sou contra isso , deixo bem claro

 

quanto aos produtos nacionais  , compra-se tudo lá fora , etiqueta-se e vende por aqui , isso pra min isso não é produto nacional 

vem de fora , voce dá emprego a gente de fora , dá lucro a empresas de fora , aqui fica uma ínfima parte 

é uma bola de neve , ou voce dá subsídios à industria nacional para que possa competir , comercialmente e tecnologicamente ,

ou vai ver a industria nacional cada vez mais no buraco , e nós temos também parte da culpa 

visando somente o bolso , estamos fazendo parte dessa bancarrota , 

conhecí uma fabrica de blank nacional , maquinário e tudo , tá parada , não faz nada , dinheiro perdido .

não compensa financeiramente fazer , não vende , consumidor compra de fora 

quem é a culpa ? não sei de quem , mas sei que todos tem 

 

Prezado Luciano

 

Obrigado por sua participação na enquete e pelos seus comentários.

 

Após seu segundo post, julgamos ser necessário fazermos um esclarecimento.

 

A grande maioria das marcas aqui do nosso país, vai muito além do simplesmente "etiquetar" o produto. E lamentável, mas para alguns, tornou-se lugar comum criticar e desvalorizar as empresas que tentam fazer algo diferente pela pesca no Brasil.

 

Diversas empresas nacionais, têm investido quantias consideráveis em projeto e desenvolvimento de produtos.

 

Sobre sua afirmação "quanto aos produtos nacionais  , compra-se tudo lá fora , etiqueta-se e vende por aqui , isso pra min isso não é produto nacional 

vem de fora , voce dá emprego a gente de fora , dá lucro a empresas de fora , aqui fica uma ínfima parte ",   esta sua afirmação mostra claramente um desconhecimento do sistema tributário, mercadológico e principalmente do cenário econômico como um todo.

 

Vamos lá: Entre Imposto de Importação, o chamado II e os demais que seguem (IPI, PIS / Cofins, ICMS) mais despesas aduaneiras, um produto destinado à pesca esportiva, recolhe em média 115% do seu valor na origem, só pra entrar no Brasil.

 

Na hora da venda, novamente recolhem-se os tributos inerentes à comercialização da mercadoria.

 

Geram-se empregos em toda a cadeia [portos, despachos aduaneiros, fretes (porto - depósito - cliente final), empacotadores, entregadores, entre outros indiretos (agências de marketing, publicações do segmento, contadores, faxineiros, copeiros, porteiros, vigilantes, empresas de material de embalagem, etiquetas, serviços financeiros, entre outros)].

 

Só como exemplo, em média, um produto destinado à pesca esportiva que você consumidor paga R$ 100,00 e que foi produzido no exterior:

 

R$ 25,00 Custo na fábrica

R$ 28,75 Impostos para nacionalização

R$ 15,00 Impostos para comercialização

 

Aí sobram aproximadamente R$ 31,25, que é para remunerar TODA a cadeia mencionada anteriormente e SE sobrar alguma coisa, remunerar a empresa, que bancou toda a operação, no intuito de inovar e tentar ter algum lucro, afinal ninguém quer trabalhar de graça né...

 

E você ainda acha que só gera riqueza pro Brasil quem de fato fabrica alguma coisa aqui ? 

 

Seguindo a sua lógica, quem presta serviços ou trabalha com comércio também não agrega valor à economia nacional.

 

Não é nosso intuito promover um embate com o colega pescador, mas antes de simplesmente criticar, vale conhecer um pouco mais sobre o segmento, de modo a evitar continuarmos repetindo uma história que nem de longe retrata a realidade dos equipamentos destinados à Pesca Esportiva.

 

Nos colocamos aqui à disposição se desejar conhecer melhor nossa empresa e nossos produtos.

 

"Simbora pescar".

 

Abs,

 

Gustavo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre sua afirmação "quanto aos produtos nacionais  , compra-se tudo lá fora , etiqueta-se e vende por aqui , isso pra min isso não é produto nacional 

vem de fora , voce dá emprego a gente de fora , dá lucro a empresas de fora , aqui fica uma ínfima parte ",   esta sua afirmação mostra claramente um desconhecimento do sistema tributário, mercadológico e principalmente do cenário econômico como um todo.

 

Vamos lá: Entre Imposto de Importação, o chamado II e os demais que seguem (IPI, PIS / Cofins, ICMS) mais despesas aduaneiras, um produto destinado à pesca esportiva, recolhe em média 115% do seu valor na origem, só pra entrar no Brasil.

 

mas foi exatamente isso que eu quis afirmar Rogerio 

o lucro , ou o que resta ao proprietário da loja / ou e-comerce , é muito pequeno !

a alta carga tributária é justamente , na intenção do  governo , salvaguardar a industria brasileira 

só que ela não dá incentivo nenhum a quem de fato quer investir nisso

eu trabalho na area financeira do BB , carga tributária e imposto eu sei muito bem o que é isso

e se te dissesse o que eu escuto nas reuniões periódicas , voce já estaria morando fora do país 

 

* voce sabia que até louça sanitária nós importamos da Colombia ? , e voce achando que é feito aqui ?

cadê as fabricas nacionais ? , oque aconteceu com as fábricas brasileiras ? por que compramos tudo de fora ? é correto dizer que é produto nacional só porque foi desenvolvido/embalado aqui ?

 

abraço e boa sorte !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Luciano....foi claro sim...rsrs

E não me senti melindrado nem nada...Vc foi perfeito nas colocações, educado e é isso q vale... Divergências?!?! Ah, essas sempre ocorrerão.

 

Apenas pra vc entender um posicionamento meu perante aos nossos poucos anunciantes...Todas as vezes q discuto com lojistas, fabricantes e tals, sempre discuto essa ideia de NÃO se forçar a barra nos anúncios e postagens.

É CERTO q ao invés de ajudar, esses puxa-sacos fazem é prejudicar a marca. Quanto mais calado eu ficar, mais a marca vende. Tenho certeza q vc vê da mesma forma...Então, o pouco q posto, tento não ser tendencioso ao máximo. Isso é postura minha.

 

E valorizo muito quem fala diante do silencio de outros. Alguns não tem desenvoltura pra contestar argumentos (sejam certos ou errados)....então, vamos sempre chegar num entendimento. Fechou.

 

Bem, o tópico acabou descambando pra outro lado...A ideia era ter um feedback dos usuários sobre o q estão comprando e o q está faltando no nosso mercado.

Agora a coisa virou propaganda pra O Boto...uma vez q tópicos "polêmicos" geram milhares de acessos...rsrss...No fundo, vc fez mais propaganda q eu...rsrs....Mas de boa, não estou aqui te criticando...é q uma virgula postada aqui gera desdobramentos q ninguém imagina...rsrsrs.

 

Bom tb q o Gustavo veio e esclareceu alguns pontos q nem eu mesmo sabia.

 

Na verdade eu considero o produto nacional, sim...Pq?!?!

Pq o nosso sistema tributário obrigou nossas empresas a buscarem a melhor forma de produzirem seus produtos. O lojista/fabricante precisa sobreviver...Se o Governo não dá condições de produzir aqui, ou fecho as portas ou dou um jeito de produzir onde compense.

 

Fato é q quem menos perdeu com toda essa mudança foi o próprio Governo. Vamos ver onde isso vai parar?!?!

 

E vamos debatendo aí pra baixo.... ::tudo::

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Globalização e Capitalismo, simples,  o Fabrício mesmo deu exemplo da movimentação da pesca nos EUA.  Vão numa loja lá e vejam quantas coisas são made in USA? É td China , Korea  e Japão. Até marcas autenticas americanas como a Lews, Penn e motores Mercury  hoje em sua maioria são  produzidos fora do país e alguns com apenas a adesivagem de desenvolvimento.  Nosso mercado já é protegido demais , acho que quanto mais aberto e liberal,  melhor, mais $$, mais movimentação economica, mais empregos, mais opções pra gente escolher.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  movimentação da pesca nos EUA.  Vão numa loja lá e vejam quantas coisas são made in USA? É td China , Korea  e Japão. Até marcas autenticas americanas como a Lews, Penn e motores Mercury 

isso é muito interessante Guto ,

americano é super nacionalista  , só dá valor ao que é deles .

um dia escutei um deles falar pra mim , só compro Quantum , é americano !  prefiro dar valor ao que é fabricado aqui .

só que 90% do material da Quantum é coreano/chinês !!!

 

????

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que com raríssimas exceções, os produtos que usamos são importados. As varas são fabricadas na China, Coreia ou Japão e importadas pelas MS, Maruri, Sumax e etc. As carretilhas também. 

 

Dos produtos nacionais temos as iscas assinadas pelo Nakamura, Borboleta, De Conto e outros poucos e são muito bons fabricantes com produtos de qualidade.

 

Carretilha, nem imagino ser fabricado no Brasil.

 

Linhas de multifilamento idem.

 

As linhas de mono daqui são de qualidade inferior, portanto não atingem o mercado de pesca esportiva, e sim de pesca amadora.

 

Motores de popa é até uma piada, só gringo.

 

Barcos tudo bem, são projetos copiados e mal acabados se comparados aos gringos, e pode ser o melhor fabricante daqui, não dá pra comparar com os gringos, por que os assessórios são muito menos resistentes, ou são importados. Para mim são verdadeiros heróis os donos de estaleiros que se dispuseram a fabricar principalmente os Bass Boats. 

 

Acho que a industria brasileira direcionada a pesca, se resume em fabricante de redes de pesca, tarrafas, linhas de mono (nylon), iscas e barcos. No mais tudo é gringo e xingueling.

 

Não dá pra falar que MS, Maruri, Sumax e etc sejam nacionais. Eles nem tem assistência técnica no Brasil. Toda hora vejo tópico de pessoas querendo saber onde arrumar motor elétrico. Agora mesmo tem um sobre assistência e peças de Maruri, uma vergonha.

 

Quase me esqueci, tem o pessoal que faz roupa, da Faca na Rede e Fishing CO (tem uma linha de camisas bem legal e baratas) e o pessoal da King. 

 

Quer saber, não precisa fabricar nada no Brasil, mas se tivesse assistência técnica nas principais capitais, já seria um bom começo.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×