Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Fabrício Biguá

[Motores de popa] Saiba como usar, armazenar e muito mais...

Posts Recomendados

Ola galera comprei meu primeiro motor essa semana já li muita coisa a respeito da lubrificação do motor.s 

Motor yamaha 15 hp refrigerado a agua.

então já li muito e não á cheguei a lugar algum hauhuahhua.

Fiquei foi mais com duvidas.

Ovi falar que não pode ser oleo 2 T, VERDADE?

Estou usando o lubrax nautico,é uma boa?

Detalhe ano 2012 o motor quem puder me ajudar,pois estou com medo de diminuir a vida do meu motor.

quem puder me ajudar.

abraço turma...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Use sempre oleo 2T náutico( tcw3)  de marcas de renome, na proporção 50:1.   Oleo 2t pra moto ou motores refrigerados a ar pode se usar numa urgencia onde não se acha o náutico, porém se fizer uso continuo carbonizará cabeça de pistão a médio prazo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

depende, teu motor é 2t ou 4t ?

 

se for 2t, tem q usar oleo 2t... se for 4tempos obviamente se usa o oleo 4t... porem num reservatorio proprio...

 

ate onde eu sei, a diferenca entre oleonautico e de motor normal é apenas quanto ao efeito higroscopio, ou seja, tanques que estao sempre perto da agua, tendem a condensar mais agua, no oleo nautico isso é amenizado.

 

nao havendo relacao em qto a queima, visto que sao motores praticamente identicos .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem várias diferenças entre óleo náutico e não, uma delas é que um motor náutico a principio tem melhor refrigeração que uma moto como exemplo, assim sendo o óleo p motos e motores estacionários é diríamos "mais forte" e como disse o Guto, pode carbonizar. Procure usar os óleos TCW-3 Two Cicles Waters.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem várias diferenças entre óleo náutico e não, uma delas é que um motor náutico a principio tem melhor refrigeração que uma moto como exemplo, assim sendo o óleo p motos e motores estacionários é diríamos "mais forte" e como disse o Guto, pode carbonizar. Procure usar os óleos TCW-3 Two Cicles Waters.

Isso mesmo Lamana , motores de moto giram a 10.000 rpm e motor de Popa é 5.500 rpm, os náutico é mais "fraco" e tem propriedades antioxidantes .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal não sei se é o local correto para postar minha duvida, mas tenho um motor Yamaha 40h HP ano 1994 com comando a distancia no meu barco, só que quando comprei ele veio sem o corta corrente que fica no comando a distância, alguém sabe me dizer ou em foto de como instalar o corta corrente do comando até o motor?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal não sei se estou postando no local correto, mas é o seguinte...

 

Tenho um baco com motor Yamaha de 40 HP ano 1994 com comando a distância, mas quando comprei não notei e ele veio sem o corta corrente que fica no comando. 

 

Alguem pode me ajudar para fazer essa instalação...?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal não sei se estou postando no local correto, mas é o seguinte...

 

Tenho um baco com motor Yamaha de 40 HP ano 1994 com comando a distância, mas quando comprei não notei e ele veio sem o corta corrente que fica no comando. 

 

Alguem pode me ajudar para fazer essa instalação...?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bão D+!!! Ótimo tópico!

Esclareceu e me auxiliou em mtas dúvidas, além de me instruir melhor para o uso do meu motor...

o ruím... é que lí só dps do primeiro uso... e não sabia da dica de lavar o tanque com gasolina antes do uso doeu::

No mais, acho que fiz os procedimentos corretos, pois boa parte me foi passado na entrega técnica. ::bassboat::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, tenho uma dúvida, tenho um marfim 6.0 clx com motor mercury 60 hp 2t elpto, no caso vi algumas pessoas comentando que nesse motor eu teria que andar em rotações entre 5500 e 6000 rpm, que é a especificação do fabricante, mas isso não seria o rpm máximo?? Não aumenta muito o consumo andando nesse rpm?? vi algumas pessoas comentando também que se andar em rpm menor danifica o motor, geralmente ando à 3500 e 4000 rpm ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

boas fabricio excelente topico,so esta em falta uma duvida que tenho pois tenho de mudar a junta da cu-laça onde leva as velas e nao sei qual o torque de aperto dos parafusos pois se nao ficarem com o aperto certo vai dar problema na junta 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bom dia pessoal. tenho um mercury 15 super e no carburador do lado contrário a bomba tem um parafuso bem baixo na cuba, presumo que serve para drenar o combustível residual para guarda-lo .alguém sabe dizer se serve mesmo para isso? porque moro fora e só uso meu motor de dois em dois anos e talvez essa informação poderia ajudar a drenar o combustível porque não gosto de marcar os parafusos e porcas para desmontar o carburador e ajudaria na hora de guarda-lo por mais outros anos sem uso e sem entupir as galerias do carburador. obrigado.  comprei ele em 2013 ,usei umas cinco vezes e na hora de guardar fiz como está indicado no tópico, usei óleo de máquina dentro do carburador e das câmaras  e quando fui usá-lo dois anos depois montei no cavalete , enchi a perinha, puxei o afogador e pegou na primeira, esse motor é simplesmente um espetáculo. abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

só p/ contrariar  um pouco  AS TEORIAS AQUI   kkkk....  

usamos oleo  2 t  P/  motor refrigerado a =    AR      ;  

 em uma moto  de competiçao   =  HUSQVARNA   REFRIGERADA A     =   AGUA  ;que exige muito mais;  que um motor de popa ;  e vira muito mais  tambem  ;   por um longo periodo ;  e por varios  anos  sem problemas ....

impressionante o desempenho   do motor   = e  como é  bem melhor  esse oleo  ; do q o especifico   ;  que é p/ motores refrigerados a AGUA  KKKK... 

tambem vemos muito aqui;   o pessoal  usar oleo 2t p/ motor refrigerado  ; a AR  ;

em motores refrigerados a agua  ; e motores de popa  = e sem problemas  tambem ;   msmo ñ sendo especifico  / 

qto  aos  2 tipos de oleos citados  = ñ tem nada haver c/ carbonizaçao  = os 2 vai carbonizar  ; sendo mais;  ou menos  /

 todos motores dois tempos  ;  independente do  oleo  = vai carbonizar   ; ñ tenha duvidas ;  é fato / 

antigamente  ; usavamos um oleo p/ motores a ar  =  AGIP  PERFORMANCE  ;que  carbonizava muito pouco  o motor  ; exelente  oleo 2t  ; nunca mais achamos  esse oleo aqui  no brasil /

tambem existe uma linha nautica ;  se ñ me engano da  agip =   oleos  fabricado na italia  ok /

qto aos oleos   p/ motor refri.  a ar ;  ou   a agua   ;  ñ tem nada haver de fundir motor  =  motor funde;  por erro de mix  x fuel  ; ou combustivel ;  que tem de tudo  = menos gasolina  :gorfei:

ou seja = oleo 2t  p/ gasolina  = que ñ se mistura c/ o grande teor de alcool  ; que está presente no combustivel   ;  solventes de borracha ; e derivados  ;

que sao acrescentado;  em grandes quantidades ;  p/ fazer  render a gasolina   ::nada::

sobre isso que citei   =     foi  apenas p/ vçs terem uma ideia  ; de como funciona  a coisa  ; ñ vao fazer em seus motores ok  joia:::

_______________________________________________________________________________________________________________________________________

  galera  ; sempre use  oleo recomendado pela fabricante;   e seguir as orientaçoes do manual  ; do motor

 e especificaçoes  = isso sim é  ;  o correto ;  e o melhor p/ seu motor ok / 

abraço :good:

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 24/03/2009 em 13:03, Fabrício Biguá disse:

 

Tutorial de uso, armazenamento, funcionamento e manutenção de motores de popa de baixa cilindrada.

 

Percebi q vários usuários do fórum tem dúvida de como usar, armazenar, funcionar e manutenir corretamente seus motores de popa de baixa cilindrada. (15hp a 60Hp - todos 2T)

Tentarei criar um tutorial, com a ajuda de vários usuários do fórum, ainda na versão 1.0, para tentar ajudar na medida do possível, já q eu tb não sou especialista no assunto. Se tais passos forem levados em conta 95% dos problemas encontrados pelo utilizador do motor de popa poderão ser evitados/sanados.

Uma providência q julgo de extrema importância é a compra de um horímetro. Esse aparelho é facilmente instalado ao motor e tem por finalidade o registro do tempo de uso, em horas, do seu motor de popa. Com isso vc pode programar toda a manutenção dele.

Procure no Google por horímetro, Sendec, e veja se consegue adquirir um.

160585_400x400.jpg

Vale a dica.

Outra q considero importante é a compra de um "orelhão" ou "telefone" q nada mais é q uma peça onde vc conecta a mangueira de água ao motor para refrigerá-lo, quando fóra da água.

Imagem Postada

1 - Mangueira ligada.

2 - Orelhão ou telefone.

3 - "Mijada"

Vamos ao q interessa.

Para facilitar a leitura de um tópico tão grande e complexo, dividi o assunto nos seguites ítens:

Nas Dicas de utilização, armazenamento e funcionamento eu falo:

- Para quem não está habituado a manipular motores de popa.

- Para usuários que já manipual bem seus motores de popa.

- Como calcular o arrasto ideal do seu motor.

- Como saber a velocidade máxima alcançada pelo seu motor: (teóricamente

- Como saber se a hélice do seu motor é a mais apropriada para o seu barco?

Enquanto nas Dicas de manutenção eu falo sobre:

- Como trocar o óleo da transmissão

- Se o seu motor cair na água

- Como descarbonizar seu motor

- Como saber se seu motor está precisando ser retificado?

Dicas de utilização, armazenamento e funcionamento

arrow::Para quem não está habituado a manipular motores de popa:

1 - Leia atentamente o manual do usuário antes de utilizar o seu motor pela primeira vez.

2 - Esteja devidamente habilitado (arrais amador) antes de utilizar seu motor em águas "públicas".

3 - Jamais, nunca, nem pense em pilotar embriagado.

4 - Apesar de vc estar motorizado ande sempre com o remo, jogo de ferramentas e salva-vidas a bordo.

5 - Utilize sempre gasolina de boa procedêcia e faça a mistura correta de óleo 2T/Gasolina. A mistura ideal de óleo 2T e gasolina deve ser de 1 litro de óleo 2T para 40 litros de gasolina. Para motores novos essa mistura é diferente, mais "gorda/rica", normalmente 1 litro de óleo 2T para apenas 25 litros de gasolina. Consulte o manual específico do seu motor e cheque a mistura ideal para motores novos.

6 - Antes abastecer seu tanque jogue um pouco de combustível dentro, balance o tanque e jogue fora esse combustível com prováveis resíduos do tanque.

7 - Cheque se o motor está corretamente afixado na embarcação.

8 - Use sempre o salva motor, que nada mais é q uma corda amarrada ao mesmo e presa na embarcação. Se por acaso o motor se soltar da embarcação, e isso acontece pode apostar, vc não perderá seu motor.

9 - Use a chave de ligar presa ao braço.

10 - Evite navegar com o acelerador totalmente aberto. Navegue a 80%. Além da diferença de velocidade não ser grande, o consumo de combustível será muito maior.

11 - Navegue sempre com o motor de popa destravado. (cuidado quando for dar marcha-ré).

12 - Mantenha a bordo uma reserva mínima de combustível. Se o piloto vacilar e se esquecer de conferir o tanque e o combustível acabar, uma reserva de 2 litros conseguirá tirá-lo do sufoco.

13 - Proporcionalmente quanto maior a cilindrada de um motor de popa maior será o consumo, né?!?! Essa resposta está ERRADA. Mas pq??? Porque a distância percorrida por um motorzão é muito maior q a pelo motorzinho....então, se um motorzinho for andar aquela mesma distância, com certeza gastará mais combustível. Por uma questão de peso de motor, tipo de embarcação, necessidade de percorrer grandes percursos, tática comercial e afins, ERRONEAMENTE se acredita q motores pequenos são mais econômicos.

14 - ATENÇÃO - Quando o seu motor estiver no cavalete (suporte de motor) funcionando com o auxílio do "orelhão" vc não deve acelerá-lo acima dos 1.500 RPM. A pressão da água na mangueira tem q fazer o seu motor "mijar" durante o funcionamento. Caso contrário ele irá aquecer.

15 - CUIDADO - Não é aconselhável engatar o motor funcionando no cavalete, mas se o fizer certifique-se de que ele está bem preso, não existam pessoas próximas a hélice e não acelere muito. Caso contrário vc poderá ficar sem uma perna.

arrow:: Para usuários que já manipulam bem seus motores de popa

1 - Se o seu motor estiver parado a vários meses/anos, antes de funcioná-lo vc deverá desmontar todo o carburador e checar o estado das juntas, giclês e etc. Se vc aplicou óleo de máquina, (ensinaremos como fazer isso mais abaixo) tem tudo para o sistema estar em boas condições de uso. Ainda assim é interessante dar uma limpada em tudo com querosene ou gasolina.

Retire a(s) vela(s), aplique um pouquinho de óleo (pode ser de máquina tb) na cabeça do pistão(ões) e puxe (algumas vezes) levemente a "cordinha" da partida. Se for guardar o motor muito tempo vc tb poderá fazer a mesma coisa. Tal procedimento tem por finalidade manter a integridade dos anéis, camisa(s) e pistão(ões). Como nosso combustível geralmente é de péssima qualidade, os resíduos de uma má queima podem gerar oxidação de tais peças, e vc, ao tentar ligar o motor sem seguir essa dica poderá riscar a camisa e comprometer a vida útil do motor.

2 - A hélice do motor deve estar sempre em ótimas condições. Amassados, quebrados, trincas e tals farão a transmissão vibrar, perdendo performance e comprometendo a durabilidade e vida útil.

3 - As dimensões da hélice devem ser proporcionais ao tipo de embarcação e sua utilização. Para entender a hidrodinâmica da hélice acesse o link abaixo.

http://www.nautibras.com.br/suporte/texto-007.htm

Antes de ligar o motor:

4 - Conecte a mangueira apenas no tanque já abastecido. Enfie com cuidado uma chave de fenda na esfera do encaixe da mangueira (na outra estremidade) e bombe a "perinha" para q o combustível novo passe limpando toda a mangueira.

5 - Conecte a mangueira no motor...bombe novamente a "perinha" até q ela fique cheia de combustível (dura). Puxe o afogador, acelere um pouquinho e tente a partida.

Antes de guardar o motor:

6 - Jamais guarde o seu motor com resíduos de água suja (barrenta ou salgada) no sistema de refrigeração dele. Dê um jeito de funcioná-lo em água limpa antes de guardá-lo. (orelhão, balde, piscina, etc.)

7 - Deixe-o funcionando até apagar desconectado da mangueira de combustível.

8 - Abra o capacete, retire o copinho/cuba do carburador e puxe a "cordinha" da partida para q todo o resíduo de combustível da tubulação seja "cuspido" fóra.

9 - Solte a mangueira de combustível q entra no carburador e aplique um pouquinho de óleo fino (tipo Singer de máquina) na tubulação. Esse óleo tem por finalidade lubrificar as juntas do carburador e evitar ressecamentos. Quando vc for ligar o motor novamente pela primeira vez ele funcionará muito mais facilmente.

arrow::Como calcular o arrasto ideal do seu motor:

1 - De acordo com o representante e importador dos motores Suzuki no Brasil, qualquer motor carburado, independente do numero de Hps, funcionando em stand by (funcionando parado), gasta 0,275 ml por HP/Hora:

15 Hp x 0.275 ml = 4,13 L/Hora

25 Hp x 0,275 ml = 6,88 L/Hora

40 Hp x 0,275 = 11 L/Hora

2 - Para se chegar ao Arrasto ideal da embarcação, usa-se a regra de 22 a 28 Kg por Hp do motor:

28 Kg x 15 Hp = 420 Kg

28 Kg x 25 Hp = 700 Kg

28 Kg x 40 Hp = 1120 Kg

Então vamos tentar exemplificar essa conta: (aproximadamente)

Barco de Alumínio 5m = 100Kg

Motor de Popa 15Hp = 30Kg

Caixa de Gelo = 20Kg

Motor Elétrico = 4Kg

Bateria 60Amp = 25Kg

Caixas de Isca (3) = 30Kg (já incluído máquina fotográfica, e toda a tralha)

Tanque de Combustível = 25Kg

Pescadores (3) = 240Kg (80Kg cada um)

Total aproximado = 474Kg

....ou seja...vc estará navegando com 54Kg a mais de peso q o ideal...Sua embarcação está sobre carregada, gerando um gasto de combustível maior, e navegando numa velocidade um pouco abaixo da "recomendável". Tenha paciência.

arrow::Como saber a velocidade máxima alcançada pelo seu motor: (teóricamente)

1 - Vamos usar uma fórmula básica.

2 - Normalmente os motores de 15hp, 25hp e 40hp tem a relação da engrenagem da rabeta de 2.00:1, ou seja, a cada 2 voltas completas do eixo principal da transmissão a hélice dá 1 volta completa em torno do seu eixo. (os Mercury/Mariner são assim. Já o Sea Pro tem relação de 1.92:1. Cheque a relação do seu motor no manual do usuário)

3 - Usarei o Mercury Sea Pró de 25 Hp para exemplificar:

5600 x 0,521 x 13 x 0.0009469 = 35.91 milhas por hora x 1,85200 = 66,5 Km/h.

Essa é a velocidade máxima do motor navegando sozinho, sem piloto, barco ou outra coisa pra arrastar..kkkkk...

arrow:: Como saber se a hélice do seu motor é a mais apropriada para o seu barco?

Aqui está um dos maiores segredos em como tirar o máximo desempenho do seu motor/barco e garantir uma longa vida útil do seu motor. Tentarei usar uma linguagem o mais simples possível.

Para fazer esse teste vc precisará de um tacômetro instalado ao motor para saber o giro alcançado.

1 - Coloque o motor na sua embarcação + tanque cheio + 2 pescadores (+ ou - 150Kg).

2 - Já de motor quente acelere ao máximo e veja qual a rotação máxima atingida.

No caso de muito giro.

No caso de pouco giro.

3 - Normalmente o diâmetro e o passo da hélice vem escrito na lateral dela. O Sea Pro da Mercury, por exemplo, está vindo de fábrica com a hélice 9.9 x 13.

9.9 = diâmetro

13 = passo

4- Faça as contas e veja qual a ideal para o seu motor.

Dicas de manutenção

Obs: O ideal é fazer a manutenção do seu motor a cada 50 horas de uso. (1ª revisão com 20h de uso)

Se precisar abrir o capacete do motor e mexer na parter mecânica dele durante a pescaria o faça perto da margem. É super comum ao se mexer (retirar parafusos, velas, cabos, e etc) deixar cair alguma coisa dentro d'água, então, o faça na margem, é beeeemmmm mais fácil recuperar algo q cair, além de estar melhor apoiado, mais pessoas poderão te auxiliar.

arrow::Como trocar o óleo da transmissão

1 - É ideal trocar o óleo da transmissão a cada 100 horas de uso (eu recomendo metade disso) ou a cada 6 meses de uso.

2 - Esteja com todas as ferramentas e o óleo específico de transmissão a mão. (vasilha para coletar o óleo, chave de fenda grande, seringa e estopas)

3 - Normalmente se indica óleo 90 para a transmissão, mas procure pelos óleos API-GL4 ou GL5. Vários óleos 90 são tipo GL3 ou GL2....ou seja, menos "tecnológicos". Compre o importado.

4 - Retire o parafuso do óleo da transmissão (o de baixo)....deixe todo o óleo escoar. Não jogue o óleo na água. O meio ambiente agradeçe.

5 - Depois retire o parafuso do óleo da transmissão da parte superior.

6 - Os parafusos geralmente são imantados, limpe-os antes de colocá-los novamente no lugar.

7 - O ideal é q vc tenha uma motolínea ou bomba de óleo q consiga "empurrar" o novo óleo de baixo para cima, assim evita-se a formação de bolhas dentro da transmissão, mas empurre o óleo de baixo para cima até q ele escoe pelo orifício superior. Feche os parafusos e pronto.

8 - Caso vc não tenha essa bomba, não tem problema. Feche o parafuso inferior e com uma seringa (sem agulha) coloque lentamente o óleo pelo orifício superior até q ele escoe. Feche e pronto.

arrow::Se o seu motor cair na água

1 - Retire as velas e vire-o de cabeça pra baixo para escoar a água q por ventura estejam na câmara de combustão.

2 - Jogue um pouco de gasolina (pode ser temperada) dentro do(s) cilindro(s), e ainda sem as velas, puxe a partida levemente e lentamente para q seja limpa e lubrificada a(s) câmara(s) de combustão. Repita o procedimento umas 3 vezes.

3 - Leve seu motor o mais rápido possível para um mecânico especializado.

4 - Caso vc esteja em plena pescaria e não tem outro motor, outra saída, e precisa desse, limpe as velas com combustível e deixe-as secar.

5 - Assopre e seque as cabeças dos cabos de velas.

6 - Retire a cuba do carburador, escoe a água/combustível de dentro e com a mangueira do tanque conectado ao motor, bombe a "perinha" e acelere o motor até "cuspir" gasolina nova. Tal procedimento tem por finalidade retirar a água do sistema.

7 - Seque todas as conexões elétricas do motor.

8 - Instale as velas no lugar.

9 - Feche tudo e tente a partida. Caso não dê certo repita todo o procedimento.

10 - Normalmente não entra água no óleo da transmissão, mas vale a pena checar. Se tiver como vc comprar óleo de transmissão nas proximidades ótimo, troca logo, caso contrário seu motor estará em risco. Retire o parafuso de escoamento do óleo da transmissão e veja se o óleo está esbranquiçado (sinal de água misturada com óleo).

arrow:: Como descarbonizar o motor

Obs: Vc irá na verdade descarbonizar a câmara de combustão. (pistão, anéis e cilindro)

Geralmente a cabeça do pistão é porosa e como nossa gasolina é "ótima", a má queima gera resíduos (carvão)...e esses resíduos se aderem na cabeça do pistão. Durante o funcionamento do motor esse carvão fica encharcado de combustível e como a temperatura da câmara é altíssima ele fica incandecente, gerando ainda mais calor a queima e consequentemente uma pré-ignição da mistura ar/combustível. Motor trabalhando mais quente menor será a vida útil. Lembrando q qualquer volume sólido dentro da câmara, no caso o carvão, aumentará a compressão do motor, aquecendo-o e diminuindo tb a vida útil.

1 - Esteja com todas as ferramentas a mão. (descarbonizante de boa qualidade - Wurtz e etc -, chave de vela e pano limpo. Lembrando q descarbonizante pode agredir plásticos, borrachas, amianto, a pintura do motor e outros componentes mais macios)

2 - Funcione o motor até q ele fique quente.

3 - Retire as velas e aplique o desengripante na cabeça dos pistões.

4 - Deixe o desengripante agir por 12h.

5 - Jogue gasolina dentro da câmara. Simule a partida levemente e lentamente (SEM AS VELAS). Alterne o ponto morto superior e inferior do outro pistão e jogue combustível novamente dentro da câmara. (lembrando q quando um pistão está no topo da câmara o outro está embaixo, alterne-os para fazer a limpeza).

6 - Quando vc simular a partida o pistão irá jogar todo o combustível sujo pra cima, uma melequeira só de carvão e gasolina, esteja com muito pano/estopa a mão para não deixar escorrer pelo exterior de todo o motor de popa.

7 - Repita essa lavagem até q saia apenas gasolina limpa da câmara.

8 - Deixe secar por por alguns minutos.

9 - Enquanto a câmara seca aproveite para limpar as velas e deixe-as secar.

10 - Instale novamente as velas e tente a partida.

arrow::Como saber se seu motor precisa ser retificado?

1 - A ferramenta para se checar a compressão do motor é chamada de relógio comparador de pressão de cilindros, ou medidor de compressão.

2 - Leve o seu motor até uma oficina mecânica ou adquira um medidor desses nas lojas de ferramentas.

3 - Retire uma vela do motor e rosqueie o medidor ao cilindro. (as outras velas continuam no lugar)

4 - Simule a partida como se fosse ligar o motor (rapidamente e com força). Claro q a chave de ignição deve estar fora do motor.

5 - Cheque no relógio o máximo de pressão conseguida. Se for inferior a 85PSI seu motor está precisando de trocar os pistões. E se estiver acima de 140PSI ele está com o cabeçote rebaixado, ou com muito carvão sobre o pistão indicando carbonização excessiva.

6 - Repita tal procedimento em todos os outros cilindros e se a diferença entre eles for maior q 10% vc tb deverá retificar o motor.

Bem...espero q tais dicas tenham sido úteis. Deu trabalho, aff. :good:

Grande abraço.

Fabrício Biguá

Muito bom.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...